Junta Governativa Provisória de 1930

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Junta Pacificadora. Se a fusão não for óbvia, por favor crie um espaço de discussão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Em marcações antigas é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e leve toda a discussão quando levar o caso para a central. (desde maio de 2017)
Junta Governativa Provisória de 1930
Da esquerda para a direita: Augusto Tasso Fragoso, Isaías de Noronha e João de Deus Mena Barreto
Presidente do Brasil
Período 24 de outubro de 1930
a 3 de novembro de 1930
Antecessor(a) Washington Luís[nota 1]
Sucessor(a) Getúlio Vargas
Dados pessoais
Nascimento 28 de agosto de 1869 (Augusto Tasso Fragoso)
6 de julho de 1874 (Isaías de Noronha)
30 de julho de 1874 (João de Deus Mena Barreto)
São Luís, Rio de Janeiro e Porto Alegre
Morte 20 de setembro de 1945 (Augusto Tasso Fragoso)
29 de janeiro de 1963 (Isaías de Noronha)
25 de março de 1933 (João de Deus Mena Barreto)
Rio de Janeiro
Profissão militares
Serviço militar
Serviço/ramo Exército, Marinha e Exército.

A Junta Governativa Provisória de 1930, também conhecida como Primeira Junta Militar ou Junta Pacificadora, foi um triunvirato governamental composto por

Assumiram o governo brasileiro de 24 de outubro (dia em que Washington Luís foi deposto) a 3 de novembro de 1930 (data da posse de Getúlio Vargas), impedindo a posse Júlio Prestes, que ocorreria no dia 15 de novembro.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Júlio Prestes deve figurar na galeria dos Presidentes, mas não é considerado antecessor no cargo, já que não o exerceu efetivamente

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Júlio Prestes
Brasil.
Presidente do Brasil

1930
Sucedido por
Getúlio Vargas