Maurice Couve de Murville

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Maurice Couve de Murville
Maurice Couve de Murville
Primeiro-ministro da França
Período 10 de julho de 1968

até 20 de junho de 1969

Antecessor(a) Georges Pompidou
Sucessor(a) Jacques Chaban-Delmas
Dados pessoais
Nascimento 24 de janeiro de 1907
Reims
Morte 24 de dezembro de 1999 (92 anos)
linkWP:PPO#França

Maurice Couve de Murville (Reims, 24 de janeiro de 1907 - 24 de dezembro de 1999) foi um político e diplomata francês.[1] Ocupou o cargo de primeiro-ministro da França, entre 10 de julho de 1968 a 20 de junho de 1969.[1] Foi embaixador da França no Egito (1950 a 1954), junto da NATO (1954), nos Estados Unidos (1955 a 1956) e na Alemanha Ocidental (1956 a 1958).[1]

Partidário de Charles de Gaulle, sob a sua presidência desempenhou os cargos de ministro dos negócios estrangeiros (1958-1968) e ministro das finanças (1968), antes de ser primeiro-ministro (1968-1969).[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Une politique étrangère, 1958-1969 (1971)
  • Le Monde en face (1989)

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Funções governamentais

  • Primeiro-ministro: 1968-1969
  • Ministro das Relações Exteriores: 1958-1968
  • Ministro da Economia e Finanças: maio-julho de 1968
  • Presidente da Comissão de Relações Exteriores da Assembleia Nacional 1973-1981.

Mandatos eleitorais

  • Membro da Assembleia Nacional da França por Paris: junho de 1968 (deixa o cargo porque é ministro) / 1973-1986
  • Senador de Paris: 1986-1995

Gabinete de governo[editar | editar código-fonte]

O gabinete de 10 de julho de 1968 - 20 de junho de 1969

  • Maurice Couve de Murville – Primeiro Ministro
  • Michel Debre – Ministro das Relações Exteriores
  • Pierre Messmer - Ministro dos Exércitos
  • Raymond Marcellin – Ministro do Interior, Saúde Pública e População
  • François-Xavier Ortoli – Ministro da Economia e Finanças
  • André Bettencourt – Ministro da Indústria
  • Joseph Fontanet - Ministro do Trabalho, Emprego e População
  • René Capitant – Ministro da Justiça
  • Edgar Faure – Ministro da Educação Nacional
  • Henri Duvillard - Ministro dos Veteranos e Vítimas de Guerra
  • André Malraux – Ministro da Cultura
  • Robert Boulin - Ministro da Agricultura
  • Albin Chalandon - Ministro do Equipamento e Habitação
  • Jean Chamant – Ministro dos Transportes
  • Roger Frey – Ministro das Relações com o Parlamento
  • Yves Guéna – Ministro dos Correios e Telecomunicações
  • Maurice Schumann – Ministro dos Assuntos Sociais

Em 28 de abril de 1969 – Jean-Marcel Jeanneney sucedeu Capitant como Ministro interino da Justiça.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Pearson, Richard (25 de dezembro de 1999). «Maurice Couve de Murville Dies». Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286. Consultado em 5 de julho de 2021 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Maurice Couve de Murville

Precedido por
Georges Pompidou
Primeiro-ministro da França
1968 - 1969
Sucedido por
Jacques Chaban-Delmas
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.