Paragominas Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paragominas
Paragominas Futebol Clube
Nome Paragominas Futebol Clube
Alcunhas Jacaré do Norte
Time Verde
Verdão do Norte
Alvi-Verde
Verdão
Mascote Jacaré
Fundação 6 de março de 2012 (8 anos)
Estádio Arena Verde
Capacidade 15.000 pessoas[1]
Localização Paragominas, PA
Presidente Paulo Toscano
Treinador Júlio César Garcia
Patrocinador Posto Roda Viva
Prefeitura de Paragominas
Banpará
Governo do Estado do Pará
Material (d)esportivo Super Bolla
Competição Campeonato Paraense

Brasileirão - Série D

Website www.paragominasfc.com
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Paragominas Futebol Clube é uma agremiação poliesportiva, da cidade de Paragominas, no estado do Pará. É também conhecido como "Jacaré do Norte" e seu estádio é a Arena do Município Verde.

Em seu primeiro ano de atividades profissionais no meio futebolístico, o PFC, conseguiu a conquista da segunda divisão paraense, ao vencer o também estreante Santa Cruz de Cuiarana nos pênaltis por 4 a 3, ao perder a primeira partida em casa por 2 a 1, e vencer em Cuiarana também por 2 a 1.

História[editar | editar código-fonte]

O clube foi fundado em 6 de março de 2012,[2] segundo o presidente do clube, Jorge Coqueiro, pois ele não queria que o recém-inaugurado estádio da cidade, Arena do Município Verde, que havia sido inaugurado em janeiro, ficasse "abandonado" devido a falta de um clube na região para representá-lo.

No mesmo ano em que foi fundado, a equipe ganhou campeonato paraense da segunda divisão e chance de disputar a primeira divisão do Campeonato Paraense.[3]

Em 2013, na sua primeira participação na fase principal do Campeonato Paraense, o Paragominas conseguiu se classificar em quarto lugar no primeiro turno do torneio, ganhando o direito de disputar as semi-finais deste turno. Contra um Remo embalado pela ótima campanha na fase classificatória, o Paragominas foi eliminado depois de um empate em 2x2 no primeiro jogo na Arena Verde e de uma derrota por 2x0 no Mangueirão.

Já no segundo turno da competição, a equipe que contara com menos de um ano de vida, surpreendeu a todos a fazer uma excelente campanha na fase classificatória. Desbancando os favoritos da capital, o Paragominas conseguiu se classificar em primeiro e ganhou, além do direito de jogar as semi-finais, a vantagem de decidir em casa e de jogar por dois resultados iguais contra os seus adversários nesta fase final.

Depois de uma heróica classificação para a final contra a Tuna, depois de um 0x0 em Belém e um 2x1 em Paragominas, o Jacaré conseguia fazer história ao alcançar, em apenas um ano de vida, uma inédita classificação para a Copa do Brasil de 2014.

Mas a torcida de Paragominas queria mais, e assim, teve pela frente na grande final do segundo turno, novamente, o respeitável time do Remo. Jogando com a vantagem de dois resultados iguais, o Paragominas sucumbiu no primeiro jogo em Belém por 1x0, resultado que ainda mantinha as esperanças dos torcedores do município verde pela conquista da taça.

Assim, no dia 05/05/2013, o Jacaré do Norte conseguiu em um jogo memorável, a vitória por 3x1 e a histórica classificação do time não apenas à final do Campeonato Paraense, mas também à Série D do Campeonato Brasileiro,[4] desbancando assim o tradicional time do Remo, e realizando um feito que dificilmente será repetido por algum outro time com tão pouco tempo de vida.[5]

Em 2020 o Paragominas volta a ser destaque no futebol Paraense, iniciando o campeonato sob o comando de Rogérinho Gameleira e posteriormente com Róbson Melo, o clube conseguiu classificação para a fase final do Campeonato Paraense e consequentemente classificação para a Série D 2021 [6]. O jacaré foi eliminado do estadual pelo Paysandu pelo placar de 2x0 após ter vencido o 1º jogo pelo placar de 3x2, sendo esta a 1ª vitória oficial do clube diante dos bicolores. [7]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações em 2021
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P Aumento R Baixa
Pará Campeonato Paraense 9 Vice-campeão (2013) 2013 2021
Segunda Divisão 1 Campeão (2012) 2012 1
Brasil Série D 2 18º colocado (2013) 2013 2021
Copa do Brasil 1 1ª fase (2014) 2014
Copa Verde de Futebol Copa Verde 1 Oitavas-de-final (2014) 2014

Temporadas[editar | editar código-fonte]

Últimas temporadas
Brasil Brasil BandeirasNorteBrasil.gif Norte Pará Pará
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Copa Verde Campeonato Paraense
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Fase Máxima Div. Pos.
2012 D Não Classificado 2D
2013 D 18º 11 8 5 2 1 15 7 1D
2014 D Não Classificado 1F R16 1D
2015 D Não Classificado 1D
2016 D Não Classificado 1D
2017 D Não Classificado 1D
2018 D Não Classificado 1D
2019 D Não Classificado 1D
2020 D Não Classificado 1D
2021
(detalhes)
D Não Classificado 1D Ad


Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Rebaixamento
     Acesso

Títulos[8][editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
PAtrophy.png Taça Estado do Pará 1 2013
PAtrophy.png Campeonato Paraense - 2ª Divisão 1 2012

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Histórico de fornecedores[editar | editar código-fonte]

Material esportivo
Período Fornecedor
2019- Brasil Jacaré
2017-2018 Brasil Kick
2016 Brasil Super Bolla
2015 Brasil Golkiper
2012-2014 Brasil Super Bolla

2020[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''

2019[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''

2018[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''

2017[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''

2016[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''

2015[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''

2014[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''

2012-2013[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
''

Elenco[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 2 de março de 2020

Goleiros
N.º Jogador
' Brasil Gustavo Pires
' Brasil Redson
Defensores
N.º Jogador Pos.
' Brasil Welisson Z
' Brasil Yan Z
' Brasil Renan Z
' Brasil Leonardo Z
' Brasil Railton Z
' Brasil Matheus LD
' Brasil Wellington Silva LD
' Brasil Rallyson LD
' Brasil Ribeiro LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
' Brasil Biro V
' Brasil Galvão V
' Brasil Alan Marley V
' Brasil Neto V
' Brasil Felipe Corrêa M
' Brasil João Neto M
' Brasil Thiago M
' Brasil Caio Vox M
Atacantes
N.º Jogador
' Brasil Edgar
' Brasil Robson
' Brasil Erivelton
' Brasil Heuler
' Brasil Buiu
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Róbson Melo T

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Ordem cronológica[editar | editar código-fonte]

Treinador entrada saída J V E D GP GC % Títulos
Brasil Fran Costa 12/09/2012 [9] 03/02/2013 [10] 23 12 7 4 54 31 62,31 Campeonato Paraense (Segunda Divisão) 2012
Brasil Róbson Melo (Interino) 07/02/2013 1 1 0 0 1 0 100
Brasil Charles Guerreiro 11/02/2013 [11] 24/05/2013 [12] 15 7 2 6 23 25 51,11 Taça Estado do Pará de 2013
Brasil Cacaio 24/05/2013 [13] 12/03/2014 [14] 20 7 8 5 31 26 48,33
Brasil Flávio Goiano 13/03/2014 [15] 13/04/2014 7 2 0 5 7 14 33,33
Brasil Fran Costa 23/12/2014 [16] 26/02/2015 4 1 1 2 5 5 33,33
Brasil Charles Guerreiro 27/02/2015 [17] 12/04/2015 6 2 2 2 7 4 44,44
Brasil Mário Henrique 14/12/2015 [18] 17/02/2016 4 1 0 3 6 10 25
Brasil Samuel Cândido 03/03/2016 [19] 12/04/2016 6 3 2 1 8 5 61,11
Brasil Cacaio 08/12/2016 [20] 23/02/2017 [21] 6 2 0 4 8 12 33,33
Brasil Carlos Alberto Costa Dias 25/02/2017 [22] 26/03/2017 [23] 3 0 1 2 3 5 11,11
Brasil Charles Guerreiro (Interino) 27/03/2017 [24] 1 0 1 0 1 1 33,33
Brasil Cacaio 11/12/2017 [25] 19/02/2018 [26] 6 1 3 2 7 7 33,33
Brasil Charles Guerreiro 19/02/2018 [27] 18/03/2018 4 1 2 1 5 5 41,66
Brasil Samuel Cândido 22/11/2018 [28] 31/03/2019 10 4 4 2 14 13 53,33
Brasil Rogérinho Gameleira 09/11/2019 [29] 02/03/2020 [30] 6 3 1 2 10 9 55,55
Brasil Róbson Melo 02/03/2020 [31] 19/08/2020 6 3 0 3 10 11 50
Brasil Júlio César Garcia 25/12/2020

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Presidente Período Fonte
Jorge Coqueiro
2012-13 [32]
Laércio Rossoni
2014-15 [33]
2016-18 [34][35]
Bill Campineiro
2019 [36]
Ivanildo Gomes
2019-20 [37]
Paulo Toscano
2021-22

Maiores goleadas[editar | editar código-fonte]

Paragominas 5 x 0 Carajás - Campeonato Paraense 2020.[38]

Paragominas 4 x 0 Plácido de Castro - Série D 2013.[39]

Referências

  1. CBF. CNEF. Arquivado em 14 de outubro de 2009, no Wayback Machine. Acesso em 24 mar 2012.
  2. Barros, Sérgio Tadeu; Quadros, Jorge. «História da Fundação do Paragominas Futebol Clube». paragominasfc.com. Consultado em 15 de novembro de 2012. Arquivado do original em 8 de outubro de 2012 
  3. «Paragominas mantém a base para chegar na Fase Principal do Paraense». GloboEsporte.com. 5 de novembro de 2012. Consultado em 15 de novembro de 2012 
  4. «Fora de casa, Paragominas estreia com empate na Série D». Portal ORM. Consultado em 1º de junho de 2013 
  5. «Paragominas vence Remo e conquista a Taça Estado do Pará». Portal ORM. Consultado em 6 de maio de 2013 
  6. «Paragominas vence Carajás de virada e vai para semifinal; Braga bate o Águia, mas fica de fora». globoesporte.globo.com/pa. 5 de agosto de 2020. Consultado em 5 de agosto de 2020 
  7. «Paragominas vence Paysandu e quebra tabu histórico». diarioonline.com.br. 12 de agosto de 2020. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  8. «Verificação de segurança necessária». pt-br.facebook.com. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  9. «Com dois acessos na carreira, Fran Costa comanda PFC na Segundinha». globoesporte.globo.com/pa. 12 de setembro de 2012. Consultado em 12 de setembro de 2012 
  10. «Fran Costa não resiste e deixa de ser o treinador do Paragominas». globoesporte.globo.com/pa. 3 de fevereiro de 2013. Consultado em 3 de fevereiro de 2013 
  11. «Paragominas confirma Charles Guerreiro como novo técnico». globoesporte.globo.com/pa. 11 de fevereiro de 2013. Consultado em 11 de fevereiro de 2013 
  12. «Charles Guerreiro revela que deixa o PFC por questões familiaresautor=». globoesporte.globo.com/pa. 24 de maio de 2013. Consultado em 24 de maio de 2013 
  13. «Reviravolta: Charles Guerreiro deixa o Paragominas. Cacaio é contratado». globoesporte.globo.com/pa. 24 de maio de 2013. Consultado em 24 de maio de 2013 
  14. «Elenco do Paragominas termina greve, mas Cacaio pede demissão». globoesporte.globo.com/pa. 12 de março de 2014. Consultado em 12 de março de 2014 
  15. «Flávio Goiano é apresentado no PFC e já comanda primeiro treino na Arena». globoesporte.globo.com/pa. 13 de março de 2014. Consultado em 13 de março de 2014 
  16. «Fran já passou por vários clubes como o Vênus, onde foi campeão da segunda divisão.». futebolinterior.com.br. 23 de dezembro de 2014. Consultado em 23 de dezembro de 2014 
  17. «Paraense: Ex-volante de Flamengo e Seleção Brasileira, Charles Guerreiro vira técnico do Paragominas». futebolinterior.com.br. 27 de fevereiro de 2015. Consultado em 27 de fevereiro de 2015 
  18. «Mário Henrique é o novo técnico do Paragominas». futeboldonorte.com. 14 de dezembro de 2015. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  19. «Samuel Cândido é o novo treinador do Paragominas na sequência do Parazão». globoesporte.globo.com/pa. 3 de março de 2016. Consultado em 3 de março de 2016 
  20. «Times do Pará anunciam treinadores para 2017; Ex-Remo assume time do interior». futebolinterior.com.br. 8 de dezembro de 2016. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  21. «Técnico Cacaio entrega o cargo no Paragominas após quarta derrota». globoesporte.globo.com/pa. 23 de fevereiro de 2017. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  22. «Ex-jogador de Bota e Vasco é o novo técnico do Paragominas no Parazão». globoesporte.globo.com/pa. 25 de fevereiro de 2017. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  23. «Carlos Alberto Dias deixa o comando do Paragominas, confirma diretoria». globoesporte.globo.com/pa. 26 de março de 2017. Consultado em 26 de março de 2017 
  24. «Charles Guerreiro comandará Jacaré do Norte na última rodada do estadual». globoesporte.globo.com/pa. 27 de março de 2017. Consultado em 27 de março de 2017 
  25. «Com Cacaio e ex-bicolores, Paragominas apresenta elenco nesta terça-feira». globoesporte.globo.com/pa. 11 de dezembro de 2017. Consultado em 11 de dezembro de 2017 
  26. «Cacaio entrega o cargo no Paragominas e é anunciado no Cametá». globoesporte.globo.com/pa. 18 de fevereiro de 2018. Consultado em 18 de fevereiro de 2018 
  27. «Após saída de Cacaio, Charles Guerreiro assume time do Paragominas». globoesporte.globo.com/pa. 19 de fevereiro de 2018. Consultado em 19 de fevereiro de 2018 
  28. «Paragominas anúncia o técnico Samuel Cândido». futeboldonorte.com. 22 de novembro de 2018. Consultado em 22 de novembro de 2018 
  29. «Rogerinho Gameleira vai comandar o Paragominas». Futebol do Norte. 9 de novembro de 2019. Consultado em 9 de novembro de 2019 
  30. «Troca-troca de técnicos: Gameleira deixa o PFC, que contrata Robson Melo, ex-Bragantino-PA». globoesporte.globo.com/pa. 2 de março de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  31. «Troca-troca de técnicos: Gameleira deixa o PFC, que contrata Robson Melo, ex-Bragantino-PA». globoesporte.globo.com/pa. 2 de março de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  32. «Paragominas Futebol Clube completa um ano de fundação». globoesporte.globo.com/pa. 6 de março de 2013. Consultado em 6 de março de 2013 
  33. «Empresário assume como novo presidente do Paragominas». globoesporte.globo.com/pa. 17 de outubro de 2013. Consultado em 17 de outubro de 2013 
  34. «Charles Guerreiro é o novo presidente do Paragominas. Time define técnico». globoesporte.globo.com/pa. 10 de dezembro de 2015. Consultado em 10 de dezembro de 2015 
  35. «Ex-jogador, Charles Guerreiro renuncia ao cargo de presidente do Paragominas». diarioonline.com.br. 20 de agosto de 2018. Consultado em 20 de agosto de 2018 
  36. «Presidente do Paragominas renuncia cargo e apresenta os dilemas de um clube do interior». globoesporte.globo.com/pa. 22 de fevereiro de 2019. Consultado em 22 de fevereiro de 2019 
  37. «Presidente do Paragominas defende encerramento do Parazão; dirigente apela aos outros clubes». oliberal.com. 30 de março de 2020. Consultado em 30 de março de 2020 
  38. 19.01.20 12h39. «Paragominas marca goleada no Carajás no jogo de estreia». O Liberal. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  39. 25.08.13 18h56. «Série D: Paragominas se despede com goleada e Plácido se classifica em 2º». O Liberal. Consultado em 25 de agosto de 2013