Pitarelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pitarelli
Informações pessoais
Nome completo Adriano Pitarelli
Data de nasc. 9 de março de 1975 (44 anos)
Local de nasc. Jales (SP),  Brasil
Altura 1,93 m
canhoto
Apelido Pitarelli
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1990-1994 Brasil Guarani
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1994-1995
1996
1996-1999
1999
2000
2000-2002
2002
2003
2003
2004
2004
2005
2005
2006
2007
2007
2007-2008
2009
2009
2010
2011-
Brasil Guarani
Brasil Mogi Mirim
Brasil Guarani
Brasil Sport
Brasil Portuguesa Santista
Brasil Santos
Brasil Gama
Brasil Mogi Mirim
Portugal Marco
Brasil Oeste
Brasil Avaí
Brasil União Barbarense
Brasil América
Brasil CENE
Brasil Rio Preto
Brasil Sertãozinho
Brasil Rio Preto
Brasil Francana
Brasil Ituano
Brasil Francana
Brasil Santacruzense
23 (0)
13 (0)
45 (0)
19 (0)
33 (0)
34 (0)
37 (0)
53 (0)
38 (0)
30 (0)
25 (0)
27 (0)
28 (0)
22 (0)
27 (0)
39 (0)
31 (0)
35 (0)
28 (0)
26 (0)
15 (0)
Seleção nacional
1994-1996 Brasil Brasil (Sub-21) 3 (0)

Adriano Pitarelli, mais conhecido como Pitarelli, (Jales, 9 de março de 1975) é um ex-futebolista brasileiro que atuava como goleiro[1][2].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pitarelli nasceu em 9 de março de 1975, atualmente tem 43 anos. Está aposentado da carreira de goleiro. Foi um goleiro de muita qualidade técnica e possuía uma grande visão de jogo. Tinha uma grande facilidade de reposição de bola, armando contra-ataques para a sua equipe. O goleiro Pitarelli é um exímio defendedor de penalidades máximas. Desde os tempos de categorias de base se dava bem em penais, tanto que na disputa da Copa São Paulo de 1994, foi o responsável direto pelo título conquistado pelo Guarani FC. Pitarelli defendeu três penalidades e o Bugre levantou pela primeira e única vêz o troféu de campeão. Nesta mesma Copa São Paulo ganhou o troféu revelação da competição e em seguida foi convocado para a Seleção Brasileira pré-olímpica (Atlanta/96). Profissionalizou-se no próprio Guarani e depois jogou em grande clubes do futebol brasileiro, tendo o ápice no Santos F.C. entre 2000 e 2002. Jogou também na Europa quando disputou o Campeonato Português, pelo Futebol Clube do Marco, na Liga de Honra em 2003.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Pela experiência que tem, se torna um líder nato dentro das quatro linhas durante as partidas. Trabalhou com os mais renomados treinadores do Brasil: Oscar Bernardi, Candinho, Levir Culpi, Carlos Alberto Silva, Sérgio Ramirez, José Carlos Serrão, Vadão, Geninho, Muricy Ramalho, Abel Braga, Lula Pereira, Estevam Soares, Fito Neves, Ricardo Gomes, Marinho Perez, Giba, Cabralzinho, Carlos Alberto Parreira, Celso Roth, Emerson Leão, Hélio dos Anjos, Luiz Carlos Winchi, Luiz Carlos Ferreira, Mazolla e Luís Carlos Martins.

Pitarelli começou sua carreira no Guarani em 1990, onde ficou até 1999. Os maiores clubes em que jogou foram Guarani, Sport, Portuguesa e o Santos.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Categorias de Base[editar | editar código-fonte]

Guarani

Profissional[editar | editar código-fonte]

Mogi Mirim
Guarani
Rio Preto F.C
União Barbarense
Santacruzense
Cene

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.