SP-123

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro
Identificador  SP-123 
Tipo Transversal
Legislação LEI 3.390 DE 16/06/82
Extensão 46,300 km
Trecho da -
Interseções SP-070.svg Carvalho Pinto
BR 116.png Presidente Dutra
SP-062.svg SP-62
SP-132.svg SP-132
SP-046.svg SP-46
SP-050.svg SP-50
Concessionária Bandeira do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo.png
SP-122.svg
< SP-122
- SP-125.svg
SP-125 >
Rodovias Estaduais de São Paulo

A Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123) é uma rodovia transversal do estado de São Paulo, administrada pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER-SP).[1]

Denominações[editar | editar código-fonte]

Recebe as seguintes denominações em seu trajeto:[2]

Nome: Floriano Rodrigues Pinheiro, Rodovia

Descrição[editar | editar código-fonte]

A rodovia tem seu início no final da Rodovia Governador Carvalho Pinto e Rodovia Presidente Dutra, no município de Taubaté e termina na cidade de Campos do Jordão, perfazendo 46 km.

Faz Parte da BR-383, Que Liga Conselheiro Lafaierte em Minas Gerais a Ubatuba no Estado de São Paulo.

Trata-se de uma rodovia de pista simples, com uma faixa de rolamento em cada sentido, com exceção do trecho de serra, no qual existem duas faixas (3ª faixa) para o percurso ascendente. A aproximadamente 1000m de altitude, existe um túnel, com uma curva e com pouco mais de 200m de comprimento.

Essa rodovia se caracteriza pela grande ascensão altimétrica em poucos quilômetros: em apenas 19 km a altitude varia entre 630m e 1600m. No percurso ascendente, em direção a Campos do Jordão existem marcos altimétricos a cada 100m de altitude, a partir de 800m.

No meio do percurso existem três acessos: O primeiro, no km 17 sentido Campos do Jordão, que leva ao município de Tremembé, mais conhecido como Trevo do Motel, o segundo, ainda no Vale do Paraíba, pela SP-132, que leva ao município de Pindamonhangaba e outro, já na Serra da Mantiqueira, ligando ao município de Santo Antônio do Pinhal, pela SP-46, rodovia qual é acessada pelo viaduto prefeito Geraldo Souza Dias, e restringe veículos com mais de três eixos

A rodovia corre junto em boa parte de seu percurso à Estrada de Ferro Campos do Jordão, que passa sobre o leito rodoviário através de alguns viadutos.

Em 2018, foi interditada em Campos do Jordão, pela concessionária, para obras de restauração em um viaduto. A justiça, no entanto, concedeu liminar à Prefeitura daquele município para que seu tráfego fosse novamente liberado.[3]

Principais pontos de passagem: BR-116 (Taubaté) - Piracuama - Campos do Jordão (DER/DNER)[4]

Características[editar | editar código-fonte]

Trecho da SP-123 visto do alto do Pico Agudo em Santo Antônio do Pinhal.

Extensão[editar | editar código-fonte]

  • Km Inicial: 0,000
  • Km Final: 46,300

Localidades atendidas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre SP-123

Referências

  1. «DER/SP: Pesquisa de Rodovias». www.der.sp.gov.br. Consultado em 10 de abril de 2021 
  2. «DER/SP: Denominações». www.der.sp.gov.br. Consultado em 10 de abril de 2021 
  3. «Justiça manda reabrir rodovia interditada em Campos de Jordão». R7. 8 de dezembro de 2018. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  4. «DER/SP: Relação Descritiva das Rodovias Estaduais». www.der.sp.gov.br. Consultado em 10 de abril de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma rodovia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.