Senhor das Estrelas (Marvel Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde março de 2014).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Senhor das Estrelas
Outro(s) nome(s) Peter Jason Quill
Espécie Híbrido (Humano/Spartoi)
Afiliações Império Spartax
Frente Unida
Guarda Imperial[1]
Saqueadores
Equipe de Comando de Peter Quill
Guardiões da Galáxia
Família J'son de Spartax (pai), Meredith Quill (mãe, falecida), Victoria (meia-irmã), Kitty Pride (esposa)
Terra Natal Montanhas Rochosas, Colorado
Criado por Steve Englehart
Steve Gan
Primeira aparição Marvel Preview #4
(Janeiro de 1976)
Editora(s) Marvel Comics
Espécie Híbrido (Humano/Spartoi)
Terra natal Montanhas Rochosas, Colorado
Afiliações Império Spartax
Frente Unida
Guarda Imperial[1]
Saqueadores
Equipe de Comando de Peter Quill
Guardiões da Galáxia
Base de operações Ilha Monstro, Knowhere
Parentesco J'son de Spartax (pai), Meredith Quill (mãe, falecida), Victoria (meia-irmã), Kitty Pride (esposa)
Situação presente Ativo
Codinomes conhecidos Lorde das Estrelas, Garoto do Espaço
Habilidades
  • Auge dos atríbutos humanos
  • Longevidade
  • Grande estrategista
  • Líder eficaz
  • Conhecimento universal
  • Ótimo atirador
  • Mestre em combate corpo-a-corpo

Com o traje:

  • Suporte de pressão
  • Voo
  • Suprimento de oxigênio

Senhor das Estrelas (Star-Lord, no original) é um personagem fictício que aparece nas histórias em quadrinhos publicadas pela Marvel Comics. Criado por Steve Englehart e Steve Gan, o personagem apareceu pela primeira vez em Marvel Preview #4 (Janeiro de 1976) filho de mãe humana e pai alienígena da raça Spartoi.

O personagem tem um papel importante nos eventos da saga Aniquilação: A Conquista (2007), e se torna o líder da equipe de super-heróis espaciais Guardiões da Galáxia no relançamento da história em quadrinhos no ano de 2008.

Ele foi apresentado em uma variedade de produtos da Marvel, incluindo séries animadas de televisão, brinquedos entre outros produtos. Chris Pratt interpreta Peter Quill como o personagem principal nos filmes dos Guardiões da Galáxia.

Biografia ficcional do personagem[editar | editar código-fonte]

Infância[editar | editar código-fonte]

Peter Quill foi concebido como resultado do amor entre a terráquea Meredith Quill e o Imperador Spartoi da época, J'son. J'son deixou a Terra logo após a concepção de Peter, a fim de continuar sua guerra intergaláctica, deixando Meredith na Terra para protegê-la. Nove meses mais tarde, durante um fenômeno astronômico raro, quando muitos dos planetas estavam alinhados, Peter nasceu e pouco tempo depois sua mãe Meredith, por razões que ela não conseguia explicar, teve o desejo de levá-lo para fora e apresentá-lo para as estrelas. Durante dez anos, Quill foi criado por Meredith, a qual permaneceu uma mãe solteira, mas teve a ajuda de sua melhor amiga Lisa Chang e a filha dela Monica. Peter logo começou a desenvolver um grande interesse em programas de sci-fi, e após uma visita a um parque de diversões onde ele ficou impressionado com as maravilhas do espaço, ele decidiu que queria ser um astronauta quando crescesse. No entanto, ele mais tarde acabou ficando um pouco desapontado após descobrir que os alienígenas no passeio não eram reais.

Um dia, Peter retornou para casa, ferido por tentar impedir um valentão. Enquanto ele estava lavando as mãos para jantar, sua mãe viu uma luz brilhante e dois alienígenas Badoon surgiram. Jurando acabar com a "linhagem Spartoi", eles mataram Meredith. Após Quill ver os alienígenas e sua mãe morta, ele entrou em pânico e correu. Enquanto os alienígenas o perseguiam, ele pegou uma espingarda e conseguiu os matar com ela. Ele então encontrou um misterioso dispositivo em um armário. Vendo uma luz brilhante, ele fugiu da casa, pouco antes da nave alienígena a destruir.

Quill foi colocado em um orfanato, onde ele teve muita dificuldade para se adaptar e encontrar um lar adotivo. No entanto, ele nunca perdeu seu desejo de se tornar um astronauta, deixar a Terra e encontrar os alienígenas que mataram sua mãe. Eventualmente, Lisa, agora uma comandante da NASA, arranjou para ele um emprego como mecânico na Instalação de Lançamento da NASA na Califórnia. Estando lá, Peter começou a treinar em segredo com os simuladores durante todo o seu tempo livre. Um dia, após uma discussão com um astronauta importante, Lisa não teve escolha a não ser remover Peter de sua posição na Instalação. Sentindo que essa era sua última chance de chegar ao espaço, ele roubou uma nave Kree, conseguindo passar pela segurança da estação, e deixou a Terra.

Não muito tempo depois de ter deixado o seu planeta natal, a nave Kree que Peter roubou teve mau funcionamento. Ele ficou preso em órbita durante três dias até que a tripulação pirata comandada por Yondu o encontrou e tentou roubar sua nave. Peter conseguiu ser mais esperto que todos os membros da tripulação e até mesmo nocauteou Yondu antes de capturá-lo. Após despertar, Yondu conseguiu se libertar e atacou Peter, dando a ele a escolha entre ser lançado no espaço ou ser morto ali mesmo. Peter em vez disso pediu para se juntar a sua tripulação. Yondu não gostou muito da ideia, mas depois de descobrir que Peter era como ele, um garoto sem lar, Yondu mudou de ideia e o deixou ficar na nave com sua tripulação de piratas como o garoto da limpeza. Peter decidiu ficar e tentar aprender tudo o que podia do espaço enquanto era parte da tripulação pirata.

Yondu eventualmente ouviu Peter falar sobre o Astério Um, a nave de Lisa Chang, e exigiu que ele o ajudasse roubá-la para os Saqueadores. Peter ficou em dúvida no início, mas Yondu prometeu dar a ele uma joia que continha a localização da nave Badoon que matou sua mãe. Consumido por vingança, Peter ajudou Yondu a embarcar no Astério Um e capturar toda a tripulação dentro. Peter, o qual tinha segundas intenções, conseguiu roubar a joia de Yondu e estava se preparado para deixar Lisa e a tripulação para trás para realizar seu desejo de vingança. No entanto, ele percebeu que não era o que sua mãe iria querer para ele e retornou para libertar a tripulação e expulsar Yondu. Ele decidiu desistir de sua perseguição por vingança e, assim que a Colônia Astério foi estabelecida no planeta Xerxes, ele partiu para encontrar o seu destino nas estrelas como o "Senhor das Estrelas".

Senhor das Estrelas[editar | editar código-fonte]

Dois anos depois que ele começou sua viagem, ele conheceu Ma Savage e começou a financiar o orfanato dela. Ele também, em algum momento, conheceu seu pai J'son de Spartax, o segundo filho do Imperador galáctico, o qual agiu como Senhor das Estrelas antes dele.[8] Ele descobriu sobre sua herança e seu direito de nascença de se tornar o Senhor das Estrelas, mas o encontro não acabou bem, já que J'son queria que ele se tornasse o príncipe de Spartax e governasse ao seu lado, enquanto Peter não gostava da ideia de alguém ser o dono da galáxia, preferindo vê-la livre. Os dois partiram brigados. Peter também se encontrou com uma nave senciente chamada "Nave", com quem ele viajou pela galáxia durante algum tempo.[2]

Não muito tempo depois, o Senhor das Estrelas encontrou um arauto de Galactus, o Desventurado e quase é morto ao derrotá-lo. Ambos são presos na prisão intergaláctica Kyln, de onde o Senhor das Estrelas é libertado pelo herói Nova durante a Aniquilação. Mais tarde, ele atuou como conselheiro militar do general Kree Ronan, O Acusador, que lutava contra a raça alienígena Phalanx. Quando a terra natal de Kree: Hala foi conquistada pelos Phalanx, Peter liderou um grupo de rebeldes contra os invasores até o término da guerra.

Guardiões da Galáxia[editar | editar código-fonte]

Após Ultron e Phalanx serem derrotados, o Senhor das Estrelas formou os novos Guardiões da Galáxia. O universo estava em um estado muito frágil após os eventos da Aniquilação e uma série de outras fissuras na realidade estavam começando a se formar e se espalhar. A fim de prevenir o colapso do universo que estava próximo, Mantis telepaticamente convocou Adam Warlock, Phyla-Vell, Rocket Raccoon, Drax O Destruidor e Gamora para se juntar à sua equipe. O grupo estabilizou uma base na cabeça decepada de um Celestial chamado Lugar nenhum. Quando a farsa Senhor das Estrelas foi descoberta Mantis saiu da equipe em desgosto e partiu em suas próprias missões. O Senhor das Estrelas intimação dos Kree e ficou chocado ao ver que eles estão reconstruindo o Espiral de Phalanx para proteger o espaço Kree. Ao discutir com Ronan ele é jogado na Zona Negativa. Ele foi então forçado a ajudar o governador recém-nomeado da Zona Negativa, o rei Blastaar a assumir a "Super Prisão 42" para que ele pudesse ter acesso ao seu portal para a terra.

O Senhor das Estrelas foi então enviado à Super Prisão 42 afim de convencê-los a abrir a porta e se render. Uma vez lá dentro, ele falou com os líderes não oficiais de 42 e disse-lhes para não se render, mas apenas Jack Flag concordou com ele. As portas foram abertas e o exército de Blastaar foi desencadeado. Ao saber de sua traição, Blastaar enviou seus homens para encontrar e matar o Senhor das Estrelas. Correndo pelas suas vidas, o Senhor das Estrelas e Jack Flag localizaram um telepata em 42 para pedir ajuda aos Guardiões, mas antes disso eles conseguiram fugir.

Guerra dos Reis[editar | editar código-fonte]

Depois que voltou para Luganenhum, Quill descobriu que Rocket tinha montado uma nova equipe, composta por Besouro, Groot e Mantis.

Sua primeira ordem era para tentar acabar com a Guerra dos Reis, o que causaria danos irreparáveis ​​ao universo. Peter levou sua equipe para Hala para falar com os Inumanos. Mesmo depois de dizer-lhes sobre os perigos de sua guerra, eles se recusaram. Filos, que agora se chamava Mártir, tinha outras ideias de negociação e levou Cristalys como refém. O Senhor das Estrelas não poderia libertá-los e eles foram teletransportados de volta para Luganenhum .

Após o seu retorno, eles logo viram-se no meio de uma batalha entre os Inumanos e a Guarda Imperial. Após resgatar Cristalys, os Inumanos fugiram e os Guardiões foram deixados para enfrentar a Guarda Imperial, que desejava assumir o comando. Durante a batalha, Starhawk escapou da prisão e levou Senhor das Estrelas, Mantis, Bugman, Jack Flag e Cosmo ao seu futuro.

No futuro sombrio de Starhawk, ela finalmente foi capaz de convencê-los de que ela havia dito o tempo todo era verdade. A fissura enorme estava consumindo o universo, e ele tinha que ser interrompido. As duas equipes de Guardiões trabalharam juntos para tentar enviar uma mensagem de volta no tempo para avisar que a fissura, conhecida como Falha, foi realmente causado durante a Guerra dos Reis por Black Bolt.

Com a sua máquina do tempo quebrada, eles formaram um novo plano. Os Badoon governaram o pouco que restava do universo, escravizaram os Celestiais e criaram o que foi chamado de Motor Celestial, usado para manter a fissura na aberta. Eles enviam de volta a mensagem e destruíram o alinhamento do Motor Celestial, causando a destruição deste futuro.

Para a surpresa de Senhor das Estrelas, isso não os matou. Eles se encontraram em um momento diferente, com um conjunto diferente dos Guardiões. Outra surpresa: ele era velho o suficiente para ser seu próprio avô. Starhawk deste futuro recebeu mensagens de seus 'eus' anteriores e soube da verdade. A equipe estava à deriva no tempo, o que estava causava mudanças também. Eles formaram um plano para encontrar uma máquina do tempo sob a Mansão dos Vingadores, uma vez que eles chegaram lá eles vagaram pelo tempo por várias e várias vezes.

Eles finalmente chegaram a um futuro alternativo, regido pelo Mago da Igreja Universal da Verdade. Enquanto lutava contra os membros da Igreja, tiveram um convidado inesperado: Kang, o Conquistador. Ele os trouxe aos seu tempo normais e os levou para a sua base. Ele explicou a todos que os futuros estavam se tornando um caos causados por Magus e foi até Senhor das Estrelas para pedir impedir que isso acontecesse.

Kang deu a Peter um Cubo Cósmico e disse-lhe que o futuro deveria ser salvo a qualquer custo. Eles foram enviados de volta para o momento em que Adam se tornaria Magus ao reparar a falha. Senhor das Estrelas tentou falar com Adam, mas o estrago já estava feito. Ele havia se mudado as linhas de tempo e o que Quill não sabia era que Adam tinha se tornado Magus há meses.

Adam se transformou e começou sua batalha contra os Guardiões que estavam todos reunidos. Depois de destruir Major Victory, Mantis, Cosmo, Gamora e Filos, Senhor das Estrelas finalmente conseguiu agarrar o Cubo e usá-lo para reverter a transformação de Adam. Adam disse que ele decidiu se suicidar para o bem de todos, Senhor das Estrelas atirou e o matou. O universo tinha sido salvo, mas o preço havia sido muito alto.

A Imperativa Thanos[editar | editar código-fonte]

Adam conseguiu evitar sua morte, e Magus continuou sua servidão ao seu Senhor Mar-Vell. Mar-Vell era de um universo onde a morte tinha perdido e a vida triunfado, resultando em um universo de monstros imortais. Os habitantes do universo Cancerverse do Senhor Mar-Vell sairam pela Falha , a fim de destruir o universo 616. Peter Quill juntamente com o resto dos Guardiões,Nova e Thanos viajaram para Cancerverse a fim de deter Mar-Vell e seus servos. Drax , porém, ficou louco devido ao fato de que ele era um avatar de vida em um universo onde a vida havia triunfado, e tentou matar Thanos que por sua vez o vaporizou. Os Guardiões e Thanos se uniram com a resistência das máquina, os habitantes robóticos não vivos do Cancerverse que tinham sido imune a conversão de Mar-Vell e que lutavam para detê-lo desde então. Eles informaram Thanos e os Guardiões que Mar-Vell estava planejando uma necropsia, na qual ele mataria o Avatar da Morte (Thanos) matando assim a própria morte. Thanos parecia ter traído os Guardiões quando subestimou Mar- Vell, e este foi atrás de Thanos com uma espada mas Dona Morte apareceu e pois foi convocado por Thanos e esta matou todo o Cancerverse e induziu os Anciões em um coma que durou um longo tempo. Morte no entanto se recusou a levar Thanos com ela e ele ficou furioso prometendo destruir o Universo. Peter e Nova no entanto, distraíram o Titã assim conseguindo mantê-lo no Cancerverse tempo suficiente para que o seu colapso conseguisse matar os três. Os sobreviventes saudaram Peter e Nova como heróis e uma estátua foi erguida em sua homenagem no planeta dos Kree.

Retorno[editar | editar código-fonte]

Através de caminhos difíceis, Senhor das Estrelas conseguiu escapar do Cancerverse e voltou aos Guardiões da Galáxia em um novo traje semelhante ao seu primeiro. Logo depois ele se juntou aos Vingadores para lutar contra os Thanos. O Titã conseguiu o Cubo Cósmico, com o qual ele escapou para Moord, o planeta dos Badoon . Os Guardiões foram até a Torre Stark e informaram os Vingadores sobre a situação. Eles se juntaram os Guardiões para combater Thanos e os Badoon . Depois de Thanos aparentemente matar os Anciões do Universo, para impor a sua supremacia, tomou o Cubo Cósmico e matou os Vingadores e os Guardiões também. Mas na verdade, eles foram enviados para o Cancerverse pelos Anciões do Universo, lá Tony Stark descobriu que arma de Thanos não era realmente um Cubo Cósmico e sim um objeto idêntico. Eles negociaram com O Colecionador, em troca de uma arma capaz de desativar o "Cubo" e retornar à Terra, os Vingadores e os Guardiões deixaria Thanos para ser derrotado pelos Anciãos . Com a ajuda de outros membros dos Vingadores, Thanos foi derrotado e enviado para ser punido pelos Anciãos. Depois de ser alertado por seu pai Jason que o conselho de impérios galácticos tinha decidido que a Terra deveria ser deixada intocado por todos, os Guardiões travaram uma batalha contra a invasão dos Badoon na Terra. Este consegui escapar das forças Spartoi após um confronto tornando-se fugitivo do Império Spartoi.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

  • Hibrido (Humano/Spartoi): Peter Quill é filho de uma humana e um Spartoi, e sua fisiologia hibrida fornece a ele habilidades no auge humano, como:
    • Auge da Força Humana: Peter Quill nasceu com força física no auge do potencial humano. A força física de Peter está acima de um ser humano normal.
    • Auge da Resistência Humana: o corpo de Peter é mais resistente a danos físicos, em níveis variáveis, do que o um ser humano normal. Ele parece capaz de receber vários tiros e perfurações, bem como ser espancado, e ainda permanecer de pé.
    • Auge da Agilidade Humana: a agilidade, equilíbrio e coordenação motora de Peter estão em níveis que estão além dos limites físicos naturais de até mesmo do melhor atleta humano.
    • Auge do Vígor Humano: o corpo de Peter elimina o acumulo excessivo de fadiga em seus músculos e sua musculatura gera menos toxinas de fadiga do que os músculos de um ser humano comum, concedendo a ele níveis sobre-humanos de vigor em todas as atividades físicas.
    • Auge do Processo Mental Humano: Peter nasceu com um desempenho mental aprimorado, permitindo que sua mente processe informações de forma rápida, dando a ele uma aptidão de aprendizagem acelerada. Ele dominou várias línguas e costumes alienígenas com facilidade.
    • Longevidade: os Spartoi têm uma vida útil três vezes maior do que um ser humano da Terra. Quando seu pai tinha 100 anos, ele parecia como se estivesse em seus 30 anos. Devido à sua natureza híbrida, não é certo como ele irá envelhecer, mas ele provavelmente será a uma taxa desacelerada.

Habilidades[editar | editar código-fonte]

  • Ótimo Atirador: o Senhor das Estrelas é bem versado no uso de armas de fogo de toda a Galáxia.
  • Mestre em Combate Corpo-a-Corpo: o Senhor das Estrelas é um especialista combatente corpo-a-corpo, sendo muito hábil em vários estilos de luta.
  • Grande Estrategista: o Senhor das Estrelas é um mestre estrategista e em resolver problemas e hábil em técnicas de luta.
  • Piloto: o Senhor das Estrelas é um talentoso piloto de naves espaciais.
  • Conhecimento Universal: o Senhor das Estrelas possui um amplo conhecimento sobre vários costumes, sociedades e culturas alienígenas, bem como vários conhecimento sobre entidades abstratas, como o Esquecimento.

Equipamento[editar | editar código-fonte]

  • Implante Tradutor: Peter tem um implante tradutor em seu pescoço, o qual lhe permite compreender várias línguas alienígenas.
  • Botas a Jato: um par de sapatos flutuadores movidos a jato que permitem a Quill sustentar voo e levitar, podendo se locomover em várias direções a uma velocidade média.
  • Arma Elemental: uma pistola capaz de evocar um dos quatro elementos.
  • Capacete Espacial: tendo abandonado a sua armadura Kree, Quill pegou um novo capacete alienígena avançado e uma máscara facial com inúmeros efeitos especiais.
    • Alteração de Tamanho: o capacete pode ser encolhido em um espaço desconhecido em sua cabeça.
    • Suprimento de Oxigênio: possui um sistema de respiração atmosférica que permite Quill sobreviver ao vácuo do espaço.
    • Suporte de Pressão: o capacete protege o rosto do usuário de mudanças bruscas na pressão do ar.[2]

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Age of Ultron[editar | editar código-fonte]

Durante a Era de Ultron, Wolverine e Susan Storm acidentalmente criam uma linha do tempo alternativa onde eles voltam no tempo e assassinam Hank Pym antes que ele possa criar Ultron. Na nova realidade, Senhor das Estrelas é visto como membro dos Defensores, que substituíram os extintos Vingadores.

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Desenhos Animados[editar | editar código-fonte]

  • O Senhor das Estrelas (ao lado dos outros Guardiões da Galáxia) aparece em The Avengers: Earth's Mightiest Heroes no episódio "Michael Korvac".
  • O Senhor das Estrelas aparece novamente em um episódio da série Ultimate Spider-Man: "Guardiões da Galáxia". Ele é visto como um membro dos Guardiões da Galáxia.
  • Peter Quill é um dos personagens principais da série animada lançada em 2015, Guardiões da Galáxia.

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • O Senhor das Estrelas faz uma aparição sem fala no filme animado Planeta Hulk

Universo Marvel Cinematográfico[editar | editar código-fonte]

O Senhor das Estrelas é interpretado por Chris Pratt, nos filmes do Universo Cinematográfico da Marvel.[3]

  • Em sua primeira aparição no filme, Guardiões da Galáxia (2014), Peter Quill é um fora-da-lei que está em busca de um Orbe, que possui grande valor no mercado negro espacial, mas ao perceber o perigo do artefato, ele é obrigado a se juntar a outros quatro foras-da-lei para salvar a galáxia.
  • Em Guardiões da Galáxia Vol. 2 (2017), Peter descobre a verdadeira indentidade de seu pai em meio a uma grande e perigosa jornada pela galáxia.
  • Chris Pratt retornará como o personagem em Vingadores: Guerra Infinita e na sua sequência ainda não intitulada.[4]

Videogames[editar | editar código-fonte]

  • Senhor das Estrelas está disponível via DLC para LittleBigPlanet, como parte do "Marvel Costume Kit 5".
  • Senhor das Estrelas aparece em Lego Marvel Super Heroes.
  • Senhor das Estrelas aparece com personagem jogável em Disney Infinity 2.0.
  • Senhor das Estrelas aparece como personagem jogável em Marvel Heroes 2015.
  • Senhor das Estrelas aparece em LEGO Marvel Avengers em uma cena pós crédito.
  • Senhor das Estrelas foi confirmado como um personagem jogável em Lego Marvel Super Heroes 2 ao lado de outros Guardiões da Galáxia como Rocket Racum e Groot.
  • Senhor das Estrelas é um personagem jogável (e um dos mais cobiçados) no game mobile Marvel Torneio de Campeões, que também contém outros Guardiões da Galáxia, alguns, como Peter, em sua versão cinematográfica.

Brinquedos[editar | editar código-fonte]

  • Senhor das Estrelas foi destaque na linha de brinquedos Marvel Universe como uma estátua n° 3 (numa escala de 3/4), em seu uniforme da Guardião. Ele foi vendido em um pacote com Drax , o Destruidor, Rocket Raccoon , e um mini Groot.
  • Também foi lançado três "Action Figures" da linha Marvel Legends, no tamanho de 6 polegadas, uma da versão cinematográfica (Chris Pratt) e mais dois na versão dos quadrinhos, o primeiro como um "pack" juntamento com restante da equipe dos guardiões (Gamorra, Groot, Dax e Rocket Raccoon, exclusivo da EntertainmentEarth) e o segundo lançado como um pack exclusivo da San Diego Comic Con de 2014.

Referências

  1. Thanos #8
  2. a b «Senhor das Estrelas no Marvel Wiki». Consultado em 6 de maio de 2017 
  3. Jr, Mike Fleming (5 de fevereiro de 2013). «Chris Pratt Getting 'Guardians Of The Galaxy' Lead». Deadline (em inglês) 
  4. Almeida, Diego (10 de abril de 2016). «Vingadores 3 e 4 | Thor e Senhor das Estrelas são confirmados nos filmes | Observatório do Cinema»