Tesla, Inc.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Tesla Motors)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tesla, Inc.
Sede da Tesla em Palo Alto
Empresa de capital aberto
Cotação
Atividade
Gênero Incorporation
Fundação 1 de julho de 2003 (2003-07-01) (como Tesla Motors) em Delaware, Estados Unidos
Fundador(es)
Sede Palo Alto, Califórnia, Estados Unidos
Área(s) servida(s) Mundo
Proprietário(s) Elon Musk (18,9%)[1]
Pessoas-chave
Empregados 33 000[4] (2017)
Produtos
Subsidiárias
  • SolarCity
  • Tesla Grohmann Automation
Lucro Aumento US$ -674,9M[5] (2016)
LAJIR Aumento US$ -667,3M[5] (2016)
Faturamento Aumento US$ 7,00B[5] (2016)
Website oficial tesla.com

Tesla, Inc. (antigamente Tesla Motors, Inc.), é uma empresa automotiva e de armazenamento de energia norte americana, que desenvolve, produz e vende automóveis elétricos de alto desempenho, componentes para motores e transmissões para veículos elétricos e produtos à base de baterias.[6][7][8] Foi fundada em 2003 pelos engenheiros Martin Eberhard e Marc Tarpenning em San Carlos, Califórnia. O seu nome é uma homenagem ao inventor e engenheiro eletricista Nikola Tesla.

A Tesla é uma empresa privada de capital aberto que negocia na Bolsa de Valores NASDAQ sob o símbolo Tsla. No primeiro trimestre de 2013, a Tesla registrou lucro pela primeira vez na sua história. Em 2016, a marca estreou no ranking das 10 marcas automotivas mais valiosas do mundo, com um valor de marca estimado em 4,436 bilhões de dólares.[9]

A Tesla ganhou ampla atenção após a sua produção do Tesla Roadster, o primeiro carro desportivo totalmente elétrico. O segundo veículo da empresa é o Model S, um sedã de luxo totalmente elétrico. Os seus dois próximos veículos são os Model X e Model 3, respectivamente.

Tesla também comercializa componentes elétricos, como baterias de lítio-íon para construtoras, incluindo Daimler e Toyota. O CEO da Tesla, Elon Musk, disse que a Tesla, como um fabricante de automóveis independente, tem como objectivo oferecer carros elétricos a preços acessíveis para o consumidor de classe média. Um veículo sob 40 mil dólares foi esperado em 2017.

História[editar | editar código-fonte]

A Tesla (na altura Tesla Motors) foi fundada em 2003 por Martin Eberhard e Marc Tarpenning, que financiou a empresa até à rodada Série A de investimento. Ambos desempenharam papéis ativos na empresa antes do envolvimento de Elon Musk. Foi Musk que liderou a Série A rodada de investimento, juntando-se assim em Fevereiro de 2004 ao Conselho de Administração da Tesla como seu presidente. O principal objetivo da Tesla era comercializar veículos elétricos, começando desta forma por um carro desportivo premium destinado aos seus primeiros utilizadores, e em seguida, passar o mais rapidamente possível para veículos mais tradicionais, como por exemplo sedans e compactos acessíveis.

Em outubro de 2016, a Tesla anunciou que todos os carros que estava a produzir - o Model S, Model X e o novo Model 3, que foi lançado em meados de 2017 - teriam o hardware necessário para que o condutor não tenha de tocar no volante. Os modelos têm oito câmaras com visibilidade 360º a uma distância de até 250 metros à volta do carro e doze sensores ultra sónicos atualizados para "complementar a visão", permitindo que o novo sistema detecte objetos duros e moles ao dobro da distância do sistema anterior. Na frente, um radar com capacidades avançadas de processamento fornecerá dados adicionais sobre o que rodeia o automóvel numa frequência redundante, capaz de alimentar o sistema com informação visual mesmo que esteja a chover, faça nevoeiro ou haja poeira no ar.

A Tesla tem fábricas no Nevada, em Nova Iorque e em Xangai. Em 2019 foi anunciado que vai abrir uma fábrica nos arredores de Berlim.[10]

COVID-19[editar | editar código-fonte]

Wikinotícias
O Wikinotícias tem uma ou mais notícias relacionadas com este artigo: Elon Musk ameaça mudar a sede da Tesla

Os governos em todo o mundo pediram às montadoras e empresas aeroespaciais que ajudem a adquirir ou fabricar ventiladores e outros equipamentos médicos em meio ao crescente número de infecções pelo coronavírus. Em resposta a uma ligação do governo, os inovadores engenheiros automotivos da Tesla introduziram, em abril de 2020, uma máquina de respiração feita principalmente com peças de automóveis para ajudar hospitais a tratar pacientes com COVID-19.[11]

Valor de mercado[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2019, a Tesla ultrapassou a General Motors em valor de mercado e se tornou a montadora mais valiosa dos EUA.[12] Em janeiro de 2020, a Tesla superou pela primeira vez os US$100 bilhões em valor de mercado.[13] Assim, a Tesla superou o valor de mercado somados da Ford e da General Motors, embora tenha patamar de vendas bem inferior às duas empresas.[14]

Para a revista The Economist, a valorização da Tesla deve-se à empresa deter o mais avançado domínio da tecnologia de carros elétricos e a expectativa que, nos próximos anos, essa tecnologia possa se tornar o padrão na Indústria automobilística.[15] Conforme o jornal NY Times, a valorização da Tesla em 2020 levou ao debate entre investidores e analistas sobre se a empresa é uma Bolha especulativa.[16] Análises otimistas enxergam que a Tesla pode ser o iPhone do mundo dos carros elétricos.[17]

Produtos[editar | editar código-fonte]

Modelos Automotivos[editar | editar código-fonte]

Tesla Roadster[editar | editar código-fonte]

Tesla Roadster
Ver artigo principal: Tesla Roadster

O Tesla Roadster foi um carro elétrico do tipo esportivo, o primeiro produzido pela Tesla, tendo sua produção começada em 2008 e descontinuada no final de 2011. O carro pode andar 350 km num único carregamento total das baterias e acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos. O consumo energético do carro é de 133 W·h/km (4,7 mi/kW·h), equivalente a 135 mpg–U.S. (1,74 L/100 km / 162,1 mpg–imp). O carro foi oficialmente revelado ao público em 19 de julho de 2006 em Santa Mónica, Califórnia, num evento para apenas 350 pessoas convidadas no Barker Hangar no Aeroporto de Santa Mónica.[carece de fontes?]

Tesla Model S[editar | editar código-fonte]

Tesla Model S
Ver artigo principal: Tesla Model S

O Model S é um sedan esportivo elétrico produzido pela Tesla e foi lançado nos Estados Unidos em junho de 2012. Segundo a agência EPA, o carro elétrico pode andar 426 km (265 milhas) num único carregamento de seu pack de bateria de 85 kW/h, atingindo assim a maior autonomia de qualquer carro elétrico disponível no mundo. O modelo foi apresentado oficialmente pela Tesla em Hawthorne, California, a 26 de março de 2009. Com a última actualização, passou a ser o carro mais rápido do mundo com uma aceleração dos 0 aos 100 km/s de 2,4 segundos.[18]

Tesla Model X[editar | editar código-fonte]

Apresentação da versão de produção do Model X
Ver artigo principal: Tesla Model X

O Tesla Model X é o primeiro SUV da Tesla. O carro foi apresentado em 2012, mas só em setembro de 2015 é que começou a ser produzido.[19] Em novembro de 2013, a Tesla confirmou que as entregas do Model X, começaria com pequenas quantidades no final de 2014, com a produção de alto volume prevista para o segundo trimestre de 2015. Em novembro de 2014 a Tesla adia o início das entregas, anunciando então o início das entregas do Model X para o terceiro trimestre de 2015.[carece de fontes?]

Tesla Model 3[editar | editar código-fonte]

Tesla Model 3
Tesla Powerwall 2
Ver artigo principal: Tesla Model 3

Chegou a chamar-se Tesla Model E, porém depois de uma disputa com a Ford pelo nome acabou por se chamar Tesla Model 3. O Model 3 foi revelado no dia 31 de março de 2016, num evento organizado pela Tesla em Hawthorne, Califórnia. A sua produção estava prevista para o fim de 2017, e só em 2020 estaria disponível para aquisição. Entretanto, no primeiro trimestre de 2017 a empresa conseguiu dobrar a sua receita devido ao sucesso de vendas dos modelos X e S. Sendo assim, a companhia reiterou o lançamento de seu novo Model 3 para o final deste ano e sua produção inicial deve começar em julho.[carece de fontes?]

Baterias[editar | editar código-fonte]

Model S carregando em uma unidade supercharger em Newark, Delaware.
Ver artigo principal: Tesla Powerwall

Em abril de 2015 a empresa anunciou a sua bateria Powerwall e os packs industriais de baterias, que obtiveram reservas num valor total de 800 milhões de dólares.[20] A bateria Powerwall vem em ciclos semanais de 10 quilowatts-hora (kWh) e em modelos de ciclos diários de 7 kW/h. As células de energia foram feitas inicialmente pela Panasonic. Passando depois em 2016 a ser feitas na Gigafactory 1.[carece de fontes?]

Rede Supercharger[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Tesla Supercharger

Em 2012, a fim de permitir aos condutores carregar rapidamente seus carros para viagens mais longas, a Tesla começou a construir uma rede de carregamento rápido com 480 volts. A partir de 17 de abril de 2016, havia 616 estações que operam globalmente, com 3 644 carregadores individuais. O Supercharger fornece até 120 kW de potência em corrente contínua (DC), permitindo carregar o Model S 90 kWh totalmente em 75 minutos.[21]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Tesla Inc company | 4-traders». Consultado em 12 de maio de 2017 
  2. Martin Lamonica (21 de setembro de 2009). «Tesla Motors founders: Now there are five». CNET. Consultado em 12 de setembro de 2018 
  3. «Tesla, Inc. | Management». Tesla.com. Consultado em 16 de junho de 2017 
  4. Lambert, Fred (1 de junho de 2017). «Tesla CEO Elon Musk warns employees that they have to be 'hardcore' to fight 'Tesla Killers'». Electrek. Estados Unidos. Consultado em 25 de junho de 2017 
  5. a b c Tesla, Inc. (22 de fevereiro de 2017). «Tesla, Inc. – Tesla Fourth Quarter & Full Year 2016 Update» (PDF). Tesla, Inc. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  6. Hirsch, Jerry. Elon Musk: Model S not a car but a 'sophisticated computer on wheels'. Los Angeles Times. 19/03/2015 [cited 04/10/2016].
  7. Sage, Alexandria. Tesla delivers Model X electric SUV to take on luxury carmakers. Reuters. 30/09/2015 [cited 04/10/2016].
  8. Premium Electric Vehicles. Tesla Motos. [cited 04/10/2016].
  9. «Tesla estreia entre as 10 marcas automotivas mais valiosas» 
  10. «Tesla vai abrir a sua primeira fábrica na Europa» 
  11. «Tesla shows a prototype of its ventilator made from EV parts» (em inglês). 7 de abril de 2020 
  12. «Tesla ultrapassa GM em valor de mercado e se torna montadora mais valiosa dos EUA» 
  13. «Tesla supera pela primeira vez os U$100 bilhões em valor de mercado» 
  14. «Tesla supera Ford e General Motors, juntas, em valor de mercado» 
  15. «Car stock racing» 
  16. «As Tesla Earnings Arrive, Bulls and Bears Continue to Spar» 
  17. «Tesla é o iPhone dos veículos elétricos ou só mais uma empresa de automóveis?» 
  18. 2,4 segundos. Tesla acelera carro mais rápido do mundo
  19. «Tesla Unveils Model X at Its Southern California Design Studios». Wheels Blog. Consultado em 11 de maio de 2016 
  20. «Baterias de energia solar em sua casa? A Tesla promete mudar o mundo». Jornal Expresso. Consultado em 12 de maio de 2016 
  21. «Tesla Supercharger». Consultado em 12 de maio de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]