Vicente Arenari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vicente Arenari
Informações pessoais
Nome completo Vicente Arenari Filho
Data de nasc. 23 de março de 1935
Local de nasc. Natividade (RJ), Brasil Brasil
Falecido em 14 de julho de 2013 (78 anos)
Local da morte Natividade (RJ),  Brasil
Informações profissionais
Posição Treinador
(ex-Lateral-esquerdo)
Clubes de juventude
0000–1954 Brasil Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1954–1955
1956–1962
1963–1965
1966–1967
Brasil Flamengo
Brasil Bahia
Brasil Palmeiras
Brasil Nacional-SP


048 000(1)[1]
Times/Equipas que treinou









1991






Brasil Nacional-SP
Brasil Palmeiras
Brasil Botafogo
Brasil Mogi Mirim
Brasil Ferroviária
Brasil Santo André
Brasil Saad
Brasil Caxias
Brasil Esportivo
Brasil Juventude
Brasil Joinville
Brasil Figueirense
Brasil Chapecoense
Brasil Uberlândia
Brasil Americano
Brasil Goytacaz
Brasil Itaperuna

Vicente Arenari Filho, mais conhecido como Vicente Arenari (Natividade, 23 de março de 1935 – Natividade, 14 de julho de 2013), foi um treinador e ex-futebolista brasileiro, que atuava como lateral-esquerdo.[2][3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou nas categorias de base do Flamengo, onde subiu para o profissional em 1954. No Rubro-negro, assim que começou a treinar com o time titular, o jogador consagrou-se campeão, o Flamengo fechou o tricampeonato carioca (1953, 1954 e 1955). Apesar disso, Vicente não atuou em nenhuma partida. Se destacou no Bahia, clube em que atuou entre 1956 e 1962, sagrando-se vencedor do Campeonato Brasileiro de Futebol de 1959. Posteriormente, em 1963, o jogador transferiu-se para o Palmeiras, todavia sua passagem encerrou-se devido a uma séria lesão no joelho, problema o qual, para a época, era quase fatal na carreira de um atleta. Ainda assim, o jogador atuou mais dois anos pelo Nacional-SP da capital paulista.[4]

Morte[editar | editar código-fonte]

No dia 14 de julho de 2013, em uma noite de domingo, o ex-jogador Vicente Arenari faleceu aos 78 anos, vítima de um AVC.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Bahia
Palmeiras

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Flamengo
  • Rio de Janeiro Torneio Internacional do Rio de Janeiro (Torneio Gilberto Cardoso): 1955
Bahia
  • Taça da Amizade: 1959
  • Torneio Quadrangular: 1962
  • Taça Walter Passos: 1962
Palmeiras
  • México Torneio Pentagonal de Guadalajara: 1963
  • Itália Torneio de Firenze: 1963
  • Troféu Piratininga – Quadrangular dos Grandes Clubes: 1963 e 1965
  • Costa Rica Taça Saprissa: 1964
  • Copa IV Centenário do Rio de Janeiro: 1965
  • Minas Gerais Taça Independência: 1965
  • Rio Grande do Sul Taça Rio Grande do Sul: 1965
  • Rio de Janeiro x São Paulo Torneio de Classificação Rio-São Paulo: 1965

Referências

  1. UNZELTE, Celso Dario; VENDITTI, Mário Sérgio (2004). Almanaque do Palmeiras (em português) 1 ed. São Paulo: Editora Abril. 546 páginas 
  2. «Vítima de AVC, morre Vicente Arenari, campeão paulista pelo Palmeiras». GloboEsporte.com. 15 de julho de 2013 
  3. «Que Fim Levou? Vicente Arenari». TerceiroTempo.com 
  4. SANT'ANA, Marcelo (Redação Correio) (28 de janeiro de 2011). «Time dos sonhos do Bahia: Vicente, um estilo». Correio24horas.com 
  5. OLIVEIRA, Nelson (15 de julho de 2013). «Vicente, campeão da Taça Brasil pelo Bahia em 1959, morre aos 78 anos». Terra.com