Fluoreto de sódio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fluoreto de sódio
Alerta sobre risco à saúde
Sodium-fluoride-3D-ionic.png
Nome IUPAC Fluoreto de sódio
Identificadores
Número CAS 7681-49-4
Propriedades
Fórmula química FNa
Massa molar 41.99 g mol-1
Aparência Sólido branco
Densidade 2,79 g·cm–3[1]
Ponto de fusão

995 °C [1]

Ponto de ebulição

1704 °C [1]

Solubilidade em água 42,2 g·l−1 a 20 °C[1]
Farmacologia
Metabolismo Hepático
Excreção Renal
Riscos associados
Classificação UE Hazard TT.svgMuito tóxico (T+)
Hazard X.svgIrritante (Xn)
NFPA 704
NFPA 704.svg
0
2
0
 
Frases R R25, R32,
R36, R38
Frases S S22, S36, S45
Ponto de fulgor Non-flammable.
Compostos relacionados
Outros aniões/ânions Cloreto de sódio
Brometo de sódio
Iodeto de sódio
Óxido de sódio
Outros catiões/cátions Fluoreto de lítio
Fluoreto de potássio
Fluoreto de cálcio
Fluoreto de césio
Compostos relacionados TASF reagent
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Fluoreto de sódio é um sal inorgânico, haleto alcalino, de fórmula mínima NaF, derivado do HF. Trata-se de um pó cristalino branco em condições ambientes, solúvel em água e parcialmente solúvel em etanol, apresenta densidade de 2,56 g/cm³, ponto de fusão de 993°C e ponto de ebulição de 1695°C.[2]

Formula e uso[editar | editar código-fonte]

  • Usos: É usado na prevenção de cáries dentarias, e na fabricação de pastas de dentes e inseticidas, na fluoretação de água potável, e como preservante de madeira.[2]
  • Efeitos sobre o organismo humano: por ser usado em cremes dentais, ele inibe a desmineralização dos dentes, tornando-os menos suscetíveis a cárie. Óbito pode ocorrer caso ingeridos 16 mg/kg de fluoreto de sódio, todavia, os cremes dentais de 90 g comercializados possuem cerca de 100 mg de fluoreto. Em antissépticos bucais a quantidade de fluoreto de sódio é de 0,225 mg/ml.[3]

Toxicidade sobre o organismo humano[editar | editar código-fonte]

Causa inibição enzimática, estado de choque pelas modificações da concentração de potássio, agressão a certos órgãos, principalmente os digestórios, devido a enzima do estômago, freqüentemente seguido por uma gastrite aguda causada pela formação do ácido fluorídrico.[3]

Referências

  1. a b c d Registo de Natriumfluorid na Base de Dados de Substâncias GESTIS do IFA, accessado em 18 de Dezembro de 2007
  2. a b Mayara Lopes Cardoso (27 de fevereiro de 2012). Fluoreto de Sódio (em português). InfoEscola. Página visitada em 30 de novembro de 2012.
  3. a b Diagnóstico e tratamento
Ícone de esboço Este artigo sobre um composto inorgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.