Ilhas Egeias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ilhas Egéias)
Ir para: navegação, pesquisa
A divisão dos sete grupos das Ilhas Egeias.

As ilhas Egeias (em grego: Νησιά Αιγαίου, transl. Nisiá Aigaíou; em turco: Ege Adaları) são um grupo de ilhas no mar Egeu, perto da Grécia (oeste e norte) e Turquia (leste); A ilha de Creta delimita o mar ao sul. A antiga denominação do mar Egeu, 'Arquipélago' ("Mar Principal", em grego), mais tarde aplicou-se às ilhas que ele contém e é agora utilizada de forma mais geral, para se referir a qualquer ilha do grupo. As ilhas Egeias gregas são, tradicionalmente, divididas em sete grupos, do norte ao sul:

Quase todas as ilhas Egeias pertencem à Grécia, e são divididas em nove periferias administrativas. Entre as possessões turcas na região estão Imbros (Gökçeada), Tenedos (Bozcaada), e oito outras ilhotas próximas à costa ocidental da Turquia.

A territorialidade no que diz respeito ao mar e algumas das ilhas, bem como o espaço aéreo sobre elas, é fonte de uma disputa em andamento entre os dois países. O termo ilhas Egéias italianas (em italiano: Isole Italiane dell-’Egeo) é, por vezes, utilizado para se referir às ilhas do mar Egeu que foram conquistadas pela Itália durante a Guerra Ítalo-Turca de 1912, e que foram anexadas por aquele país através do Tratado de Lausanne, de 1923 a 1947: o Dodecaneso, incluindo Rodes e Castelrosso (Kastelorizo).

Província romana[editar | editar código-fonte]

Provincia Insulae
Nήσοι
Província das Ilhas
Província do(a) Império Romano e do Império Bizantino

323–séc. VII
 

 

Location of Ilhas Egeis
Província das Ilhas num mapa da Diocese da Ásia (ca. 400)
Período : Antiguidade Tardia
 -  Reformas de Diocleciano e Constantino 325
 -  Adoção dos sistema dos themata século VII
 -  Perda definitiva da região depois da Batalha de Miriocéfalo século XII

Durante as reformas de Diocleciano e Constantino, as Ilhas Egeias foram separadas da antiga Ásia e organizadas numa nova província romana chamada de Insulae ("Ilhas"), subordinada à Diocese da Ásia na prefeitura pretoriana do Oriente. A província persistiu até o século VII, quando foi substituída pelos novos themata do Mar Egeu, Samos e Cibirreota.

Sés episcopais[editar | editar código-fonte]

As sés episcopais da província que aparecem no Annuario Pontificio como sés titulares são[1] :

Referências

  1. Annuario Pontificio 2013 (Libreria Editrice Vaticana 2013 ISBN 978-88-209-9070-1), "Sedi titolari", pp. 819-1013

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Aegean Sea, The Columbia Encyclopedia, 6ª edição. 2001-05.