Mamilo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde março de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Mamilo
Wifesbreasts.jpg
Mamilos de uma lactante
Latim Papilla mammaria

Mamilo (do latim mamilla) compreende a junção dos ductos mamários, a abertura para saída do leite e a aréola, parte mais escura ao redor da abertura.

A aparência dos mamilos está relacionada a vários fatores com a cor da pele, tamanho das mamas, taxa de gordura, exposição ao Sol, estado emocional, sensação de frio, idade, fase de amamentação (lactação).

uma das formas de se descobrir algum sintoma de câncer da mama é fazer o auto-exame, apalpando-se os mamilos. Aperte suavemente o mamilo de cada mama, com os dedos polegar e indicador. O aparecimento de secreção abundante ou sanguinolenta deverá ser relatado imediatamente a um médico.

Os médicos alertam o perigo de se furar os mamilos para colocar piercing. Trata-se de uma área muito sensível, podendo causar problemas futuros, principalmente na época da amamentação. O sucesso de um piercing no mamilo obriga a alguns cuidados com a operação: piercings de material bio-compatível (Ouro, PTFE, titânio e nunca aço dito cirúrgico), nunca limpar com água e sal como recomendam alguns "piercers" (Uma solução tipo Rinomer ou Cetrimide e Chlorhexidine é muito mais aconselhável) e contar com um tempo de cicatrização nunca inferior a qualquer coisa entre 9 e 12 meses. Desse modo é possível ter piercings nos mamilos sem maiores complicações.

Mamilo nos machos[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mamilo

Desde a concepção e até a 14ª semana de gestação, todos os fetos mamíferos têm a mesma aparência, independentemente do sexo. Depois deste período, os fetos geneticamente machos passam a produzir hormônios masculinos como a testosterona. Como a fêmea é o ponto de partida básico para os mamíferos, até a 14ª semana, os mamilos já estão formados.

A partir de então, os mamilos dos machos não se desenvolvem, todavia, alguns podem apresentar uma condição denominada ginecomastia, em que tecidos de gordura formam-se ao redor dos mamilos, dando-lhes um aspecto similar ao peito feminino. Isto pode ocorrer sempre que os níveis de testosterona baixam, seja por motivos medicamentosos, seja por causas naturais, como o envelhecimento, obesidade ou puberdade.

Ver também[editar | editar código-fonte]