Mandy Moore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Setembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
Mandy Moore
Mandy Moore no Gain "Love at First Sniff" concert 2009 em Chicago, LaSalle Power Co.
Informação geral
Nome completo Amanda Leigh Moore
Nascimento 10 de Abril de 1984 (30 anos)
Local de nascimento Nashua, New Hampshire
Origem Orlando, Flórida
País  Estados Unidos
Gênero(s) Pop, pop rock, dance-pop, teen pop, folk pop
Instrumento(s) vocal, violão
Período em atividade 1999-presente (cantora)
2000-presente (atriz)
Outras ocupações Cantora, compositora, atriz, modelo, Design de moda
Gravadora(s) Epic (1999–2005)
Sire (2005–2006)
EMI (2006–presente)
Página oficial Página oficial

Amanda Leigh "Mandy" Moore (10 de Abril de 1984 em Nashua, New Hampshire) é uma cantora de pop e folk, compositora e atriz. Ela cresceu na Flórida e veio para a fama na adolescência, depois do lançamento dos álbuns So Real, I Wanna Be with You, e Mandy Moore, suas vendas ultrapassam a marca de 10 milhões de cópias, onde desfrutou de um grande sucesso no final dos anos 90. Moore também entrou na carreira de atriz, estrelando no filme A Walk to Remember de 2002 e depois apareceu em outros filmes adolescentes e adultos. Dois de seus filmes, Saved! e American Dreamz, são sátiras onde Mandy faz vilãs.

Os antigos relacionamentos amorosos dela foram muito comentados pela crítica. Em 2007, depois de quatro anos sem lançar um álbum, ela lança Wild Hope, mostrando um estilo mais adulto e se distanciando totalmente da cantora adolescente de antes. Seu trabalho mais recente no mundo da música, é o álbum Amanda Leigh, lançado em maio de 2009.

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

Em Dezembro de 1999, ela lançou o seu primeiro álbum, So Real, com um estilo bubblegum pop, estreou em #31 na Billboard 200 e foi certificado Platina, vendendo aproximadamente 3 milhões de cópias nos Estados Unidos. Seu primeiro single, "Candy", alcançou número 41 no Hot 100 da Billboard e número 2 nas paradas australianas.

Em 2000, foi lançado o seu 2° álbum I Wanna Be with You, com músicas do primeiro álbum e algumas inéditas. O álbum também foi Platina que nem o seu antecessor, porém obteve mais sucesso no Billboard 200, estreiando em 21. O single "I Wanna Be with You" alcançou número 24 no Hot 100 e é o single de maior sucesso até então. No ano de 2001, foi lançado o álbum Mandy Moore, com as músicas "Cry", "In My Pocket" e "Crush". O álbum lançou em número 35 nos Estados Unidos e foi certificado Ouro, vendendo aproximadamente 1 milhão de cópias. Mandy Moore não obteve nenhum single de sucesso, apesar de "In My Pocket" ter alcançado número 106 na Billboard e "Cry" ser a música mais lembrada por estar no filme A Walk to Remember.

Em 2003, foi lançado Coverage, seu álbum de covers, muito aclamado pela crítica. Porém, a gravadora não deu muita atenção ao álbum e ele não emplacou, vendeu pouco mais de 700 mil cópias. Depois de não ter recebido a atenção suficiente da gravadora, laços foram partidos entre a cantora e a gravadora. Já que tinha um contrato para 6 álbuns as gravadoras Epic/550/Sony BMG lançaram as compilações The Best of Mandy Moore (148 na Billboard 200) e Candy.

Pouco tempo depois, a cantora anunciou o contrato com a Sire Records (Warner Music). Porém, por causa de conflitos, ela saiu da gravadora. Em 2007 foi anunciado que ela assinou com a gravadora The Firm e em Julho do mesmo ano foi lançado o CD Wild Hope que alcançou número 30 na Billboard. O álbum foi inteiramente co-escrito pela Mandy e mostra uma Mandy Moore mais madura.

Lançou em 26 de Maio de 2009, o álbum Amanda Leigh. Os singles do álbum são "I Could Break Your Heart Any Day of the Week" e "Fern Dell".

Carreira no cinema[editar | editar código-fonte]

Sua primeira aparição no cinema foi como a fútil Lana Thomas, antagonista do filme The Princess Diaries. Antes, ela havia feito uma dublagem no filme Dr. Dolittle 2. Ela também participou dos filmes How to Deal, Chasing Liberty e All I Want/Try Seventeen.

Depois, ainda participou das produções Saved! e American Dreamz como vilã, fugindo do estereótipo "atriz de filmes para adolescentes".

Em 2002, participou da produção de Adam Shankman, A Walk to Remember, onde vivia o papel de uma garota a beira da morte que se apaixona por um jovem rebelde.

Em 2007, participou dos filmes Because I Said So, License to Wed, Dedication e o filme Southland Tales, perdendo definitivamente o estereótipo adolescente.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 10 de março de 2009 se casou com o músico Ryan Adams, em uma cerimônia pequena e discreta que aconteceu na cidade de Savannah, na Georgia, Estados Unidos.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Mandy Moore