Portal:Primatas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Anexos por tema · Glossários · Índice A-Z

(Atualizar Conteúdos)
Bem-vindo
ao Portal dos
Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Este portal pretende reunir informações relacionados os Primatas
Primatas | Imagens
Comentarios na página de discussão
 ver·editar Primatas
Man of the woods.JPG

A ordem dos Primatas é um grupo de mamíferos que compreende os popularmente chamados de macacos, símios, lêmures e os seres humanos. É dividida informalmente em símios e prossímios. Os primatas surgiram de ancestrais arborícolas nas florestas tropicais; muitas das características dessa ordem são adaptações a esse modo de vida. Entretanto, alguns primatas são parcialmente arborícolas. Com exceção dos humanos, que habitam todos os continentes, a maior dos primatas vivem em florestas tropicais e subtropicais das América, África e Ásia. Variam de forma extrema em tamanho, indo desde Microcebus berthae, que pesa 30 g, até Gorilla beringei graueri, que pode pesar mais de 200 kg. De acordo com o registro fóssil, os ancestrais mais primitivos dos primatas viveram no Cretáceo Superior, há cerca de 65 milhões de anos; o mais antigo primata conhecido é Plesiadapis, do Paleoceno Tardio, entre 55 e 58 milhões de anos atrás. Estudos de relógio molecular sugerem que a origem dessa ordem é mais antiga, com estimativas ao redor de 85 milhões de anos atrás, no Cretáceo Médio.

A ordem dos Primatas tem sido tradicionalmente dividida em dois grupos: prossímios e antropóides. Prossímios possuem características dos primeiros primatas, e são os lêmures de Madagáscar, lorisídeos, e társios. Os antropoides incluem macacos e o homem. Mais recentemente, taxonomistas dividiram a ordem em Strepsirrhini, consistindo nos prossímios excluindo os társios, e em Haplorrhini, que são os társios e antropoides. Antropoides são divididos em dois grupos: Platyrrhini, ou "macacos do Novo Mundo", da América do Sul e Central, e Catarrhini, que incluem o Cercopithecoidea e o Hominoidea, da África e Ásia. Os "macacos do Novo Mundo" são, por exemplo, os bugios, os macacos-prego e os saguis; os catarrinos são, por exemplo, os babuínos, os gibões, e os hominídeos. Humanos são os únicos catarrinos a serem bem sucedidos fora da África e Ásia, embora o registro fóssil mostre que já houve primatas não-humanos na Europa. Muitos primatas foram descobertos na década de 2000.

Mais informações sobre primatas...


Commons-logo.svg
Categoria | Media
 ver·editar Artigo selecionado

A evolução humana, ou antropogênese, é a origem e a evolução do Homo sapiens como espécie distinta de outros hominídeos, dos grandes macacos e mamíferos placentários. O estudo da evolução humana engloba muitas disciplinas científicas, incluindo a antropologia física, primatologia, a arqueologia, linguística e genética.

O termo "humano" no contexto da evolução humana, refere-se ao gênero Homo, mas os estudos da evolução humana usualmente incluem outros hominídeos, como os australopitecos. O gênero Homo se afastou dos Australopitecos entre 2,3 e 2,4 milhões de anos na África. Os cientistas estimam que os seres humanos ramificaram-se de seu ancestral comum com os chimpanzés - o único outro hominins vivo - entre 5 e 7 milhões anos atrás. Diversas espécies de Homo evoluíram e agora estão extintas. Estas incluem o Homo erectus, que habitou a Ásia, e o Homo neanderthalensis, que habitou a Europa. O Homo sapiens arcaico evoluiu entre 400.000 e 250.000 anos atrás.

A opinião dominante entre os cientistas sobre a origem dos humanos anatomicamente modernos é a "Hipótese da origem única", que argumenta que o Homo sapiens surgiu na África e migrou para fora do continente em torno 50-100,000 anos atrás, substituindo as populações de H. erectus na Ásia e de H. neanderthalensis na Europa. Já os cientistas que apoiam a "Hipótese multirregional" argumentam que o Homo sapiens evoluiu em regiões geograficamente separadas.

 ver·editar Imagem selecionada
{{{caption}}}
Cscr-featured.svg Crédito: Böhringer Friedrich

O chimpanzé-comum é um grande primata da subfamília Homininae que ocorre na África Central. É tido, jundo com o bonobo a espécie de primata mais próxima do ser humano atualmente.

 ver·editar Você sabia?
Varecia variegata full body curled up.jpg
 ver·editar Categorias
 ver·editar Espécie selecionada
{{{caption}}}
Homo neanderthalensis (Homem-de-neandertal)
Status iucn3.1 EX pt.svg
Extinta

(IUCN 3.1)

O homem-de-neandertal (Homo neanderthalensis) é uma espécie extinta, fóssil, do gênero Homo que habitou a Europa e partes do oeste da Ásia, de cerca de 300 000 anos atrás até aproximadamente 29 000 anos atrás (Paleolítico Médio e Paleolítico Inferior, no Pleistoceno), tendo coexistido com os Homo sapiens. Alguns autores, no entanto, consideram os homens-de-neandertal e os humanos subespécies do Homo sapiens (nesse caso, Homo sapiens neanderthalensis e Homo sapiens sapiens, respectivamente).

Esteve na origem de uma rica cultura material designada como cultura musteriense, além de alguns autores lhe atribuírem a origem de muitas das preocupações estéticas e espirituais do homem moderno, como se poderá entender a partir das características das suas sepulturas. Depois de um difícil reconhecimento por parte dos académicos, o homem-de-neandertal tem sido descrito no imaginário popular de forma negativa em comparação com o Homo sapiens, sendo apresentado como um ser simiesco, grosseiro e pouco inteligente. Era, de facto, de uma maior robustez física e o seu cérebro era, em média, ligeiramente mais volumoso. Progressos relativos a arqueologia pré-histórica e da paleoantropologia depois da década de 1960 têm revelado um ser de uma grande riqueza cultural, ainda que seja, provavelmente, sobrestimada por alguns autores. Muitas questões, contudo, permanecem sem resposta, principalmente as relacionadas com a sua extinção.

 ver·editar Listas sobre primatas
 ver·editar WikiProjetos
 ver·editar Coisas a fazer

A maior parte dos artigos relacionados a Primatas não estão com qualidade considerada satisfatória. Muitos artigos são esboços, enquanto outros sofrem de muitos problemas como falta de referências e má formatação, além de que muitos são inexistentes na Wikipédia Lusófona. Por isso sua ajuda é muito importante. Se você se interessa por temas relacionados aos Primatas, ajude a melhorar a qualidade dos artigos e criar novos, de forma a construir uma enciclopédia livre onde o conteúdo de qualidade é acessível a todos. A seguir estão algumas dicas de como você pode contribuir.

Crystal Clear action configure.png
  • Se você ainda não está familiarizado com as ferramentas de edição da Wikipédia, dê uma olhada nesse simples tutorial com dicas simples, mas valiosas;
  • Melhore a qualidade dos artigos sobre os Primatas. Muitos deles carecem de fontes, o que compromete sua credibilidade;
  • Alguns artigos são destacados. Use-os como modelo para tornar outros artigos também destacados;
  • Ajude a manter este portal atualizado. Dê sugestões de novos artigos, imagens e notícias que podem ser incluídas nas seções acima. Se quiser fazer uma crítica, sugestão ou elogio sobre o portal em geral, utilize a página de discussão.
Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Primatas.
  • Coloque a predefinição {{Portal-Primatas}} nos artigos sobre Primatas(o resultado está ao lado). Dessa forma você ajuda a divulgar este portal.
 ver·editar Wikimedia associada
Primatas no Wikispecies     Primatas no Wikiquote     Primatas no Wikibooks     Primatas no Wikisource     Primatas no Wiktionary     Primatas no Wikimedia Commons
Diretório de espécies Citações Manuais & Textos Textos Definições Imagens & Mídias
Wikispecies-logo.svg
Wikiquote-logo.svg
Wikibooks-logo.svg
Wikisource-logo.svg
Wiktionary-logo-en-35px.png
Commons-logo.svg