Portal:Primatas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Anexos por tema · Glossários · Índice A-Z

(Atualizar Conteúdos)
Bem-vindo
ao Portal dos
Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Portal:Primatas
Este portal pretende reunir informações relacionados os Primatas
Primatas | Imagens
Comentarios na página de discussão
 ver·editar Primatas
Man of the woods.JPG

A ordem dos Primatas é um grupo de mamíferos que compreende os popularmente chamados de macacos, símios, lêmures e os seres humanos. É dividida informalmente em símios e prossímios. Os primatas surgiram de ancestrais arborícolas nas florestas tropicais; muitas das características dessa ordem são adaptações a esse modo de vida. Entretanto, alguns primatas são parcialmente arborícolas. Com exceção dos humanos, que habitam todos os continentes, a maior dos primatas vivem em florestas tropicais e subtropicais das América, África e Ásia. Variam de forma extrema em tamanho, indo desde Microcebus berthae, que pesa 30 g, até Gorilla beringei graueri, que pode pesar mais de 200 kg. De acordo com o registro fóssil, os ancestrais mais primitivos dos primatas viveram no Cretáceo Superior, há cerca de 65 milhões de anos; o mais antigo primata conhecido é Plesiadapis, do Paleoceno Tardio, entre 55 e 58 milhões de anos atrás. Estudos de relógio molecular sugerem que a origem dessa ordem é mais antiga, com estimativas ao redor de 85 milhões de anos atrás, no Cretáceo Médio.

A ordem dos Primatas tem sido tradicionalmente dividida em dois grupos: prossímios e antropóides. Prossímios possuem características dos primeiros primatas, e são os lêmures de Madagáscar, lorisídeos, e társios. Os antropoides incluem macacos e o homem. Mais recentemente, taxonomistas dividiram a ordem em Strepsirrhini, consistindo nos prossímios excluindo os társios, e em Haplorrhini, que são os társios e antropoides. Antropoides são divididos em dois grupos: Platyrrhini, ou "macacos do Novo Mundo", da América do Sul e Central, e Catarrhini, que incluem o Cercopithecoidea e o Hominoidea, da África e Ásia. Os "macacos do Novo Mundo" são, por exemplo, os bugios, os macacos-prego e os saguis; os catarrinos são, por exemplo, os babuínos, os gibões, e os hominídeos. Humanos são os únicos catarrinos a serem bem sucedidos fora da África e Ásia, embora o registro fóssil mostre que já houve primatas não-humanos na Europa. Muitos primatas foram descobertos na década de 2000.

Mais informações sobre primatas...


Commons-logo.svg
Categoria | Media
 ver·editar Artigo selecionado
Black and White Ruffed Lemur.jpg
Os lêmures de gênero Varecia são primatas Strepsirrhini e os maiores lêmures (em tamanho) existentes dentro da família Lemuridae. Como todos os lêmures, são encontrados apenas na ilha de Madagascar. Anteriormente era considerada como um gênero monotípico, mas atualmente duas espécies são reconhecidas: o Varecia-preto-e-branco, com suas três subespécies, e os Varecia-vermelhos.

Os lêmures Varecia são quadrúpedes diurnos e arborícolas, muitas vezes observados pulando através do dossel superior das florestas tropicais na porção oriental de Madagascar. São também os mais frugívoras dos lêmures malgaxe, e são muito sensíveis à perturbação do habitat. Varecias vivem em grupos com muitos machos e fêmeas e têm uma estrutura social complexa e flexível , descrita como de fissão-fusão. São altamente vocalicos, e têm chamadas estridentes.

Varecias são reprodutores sazonais e altamente incomuns em suas estratégias reprodutivas. Eles são considerados um "enigma evolutivo" pois são a maior das espécies existentes de lemurídeos, mas em contraposição, apresentam traços mais reprodutivos pelo fato de as fêmeas terem curto período de gestação (~ 102 dias) e grandes quantias de filhotes no parto (~ 2-3). Varecias também constroem ninhos para seus recém-nascidos (os únicos primatas que fazem isto), leva-os pela boca, e exibem um sistema de esconder os filhotes enquanto saem para caçar. Bebês são incapazes de se cuidar sozinhos, embora eles se desenvolvam de forma relativamente rápida, viajam de forma independente na natureza depois de setenta dias e atingem o tamanho adulto em seis meses.

 ver·editar Imagem selecionada
{{{caption}}}
Cscr-featured.svg Crédito: Muhammad Mahdi Karim

Babuíno-anúbis é uma das espécies de babuínos com a distribuição geográfica mais ampla. Ocorre em 25 países da África, desde Mali, até a Etiópia e Tanzânia.

 ver·editar Você sabia?
Gombe Stream NP Alphatier.jpg
 ver·editar Categorias
 ver·editar Espécie selecionada
{{{caption}}}
Mandrillus sphinx (Mandril)
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável

(IUCN 3.1)

O mandril (Mandrillus sphinx) é um primata da família dos Cercopithecidae (Macacos do velho mundo), parentes próximos dos babuínos e ainda mais próximos do dril. Tanto o mandril quanto o Dril eram antes classificados como babuínos do gênero Papio, mas pesquisas recentes determinaram que eles deveriam constituir um gênero a parte, o mandrillus.

O mandril é reconhecido pela sua pelagem verde-oliva e a face e nádegas multicoloridas nos machos, coloração que se torna mais intensa à medida que chega a maturidade sexual, tornando-se ainda mais pronunciada nos momentos de excitação. Nas fêmeas a coloração é mais neutra. A coloração nas nádegas, crê-se, ajuda na visibilidade entre os membros da espécie dentro da floresta e ajuda o deslocamento em grupo.

Os machos podem chegar a 35 quilogramas. Eles podem crescer até medirem cerca de um metro e podem viver até 25 anos. As fêmeas alcançam a maturidade sexual com aproximadamente 3,5 anos.

 ver·editar Listas sobre primatas
 ver·editar WikiProjetos
 ver·editar Coisas a fazer

A maior parte dos artigos relacionados a Primatas não estão com qualidade considerada satisfatória. Muitos artigos são esboços, enquanto outros sofrem de muitos problemas como falta de referências e má formatação, além de que muitos são inexistentes na Wikipédia Lusófona. Por isso sua ajuda é muito importante. Se você se interessa por temas relacionados aos Primatas, ajude a melhorar a qualidade dos artigos e criar novos, de forma a construir uma enciclopédia livre onde o conteúdo de qualidade é acessível a todos. A seguir estão algumas dicas de como você pode contribuir.

Crystal Clear action configure.png
  • Se você ainda não está familiarizado com as ferramentas de edição da Wikipédia, dê uma olhada nesse simples tutorial com dicas simples, mas valiosas;
  • Melhore a qualidade dos artigos sobre os Primatas. Muitos deles carecem de fontes, o que compromete sua credibilidade;
  • Alguns artigos são destacados. Use-os como modelo para tornar outros artigos também destacados;
  • Ajude a manter este portal atualizado. Dê sugestões de novos artigos, imagens e notícias que podem ser incluídas nas seções acima. Se quiser fazer uma crítica, sugestão ou elogio sobre o portal em geral, utilize a página de discussão.
Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Primatas.
  • Coloque a predefinição {{Portal-Primatas}} nos artigos sobre Primatas(o resultado está ao lado). Dessa forma você ajuda a divulgar este portal.
 ver·editar Wikimedia associada
Primatas no Wikispecies     Primatas no Wikiquote     Primatas no Wikibooks     Primatas no Wikisource     Primatas no Wiktionary     Primatas no Wikimedia Commons
Diretório de espécies Citações Manuais & Textos Textos Definições Imagens & Mídias
Wikispecies-logo.svg
Wikiquote-logo.svg
Wikibooks-logo.svg
Wikisource-logo.svg
Wiktionary-logo-en-35px.png
Commons-logo.svg