Rhinella schneideri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicasapo-boi
cururu
Rhinella schneideri

Rhinella schneideri
Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Família: Bufonidae
Género: Rhinella
Espécie: R. schneideri
Nome binomial
Rhinella schneideri
(Werner, 1894)

O Rhinella schneideri (antes conhecido como Bufo paracnemis e mais recentemente como Bufo schneideri) é um grande sapo nativo da América do Sul, mais especificamente da Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai. Ele é freqüentemente confundido com o sapo-cururu, tanto que é conhecido como "cururu", além de também ser conhecido como "sapo-boi". O Rhinella schneideri é tão grande quanto o cururu, embora possam ser facilmente distinguidos um do outro pela presença, no R. schneideri, de glândulas de veneno nas patas traseiras. Assim como o cururu, possui também as glândulas parotóides, que produzem veneno com bufotoxinas.

O nome "sapo-boi" se deve ao coaxar característico, que lembra o mugido de um boi. Na literatura, já foi citado por Manuel Bandeira, no conhecido poema "Os sapos".

Ícone de esboço Este artigo sobre anfíbios é um esboço relacionado ao Projeto Anfíbios e Répteis. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  • Solís, F.; Ibáñez, R.; Hammerson, G.; Hedges, B.; Diesmos, A.; Matsui, M.; Hero, J.-M.; Richards, S.; Coloma, L.A.; Ron, S.; La Marca, E.; Hardy, J.; Powell, R. (2006). Bufo schneideri. 2006 IUCN Red List of Threatened Species. Página visitada em 28 de agosto de 2007.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies