Sonic Rivals 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sonic Rivals 2
Sonic rivals 2.png
Sonic Rivals 2
Produtora Backbone Entertainment
Sega Studio USA (supervisão)
Editora(s) Sega
Escritor(es) Takashi Iizuka (também como designer conceitual)
Plataforma(s) PlayStation Portable
Data(s) de lançamento
    Gênero(s) Corrida, Ação
    Modos de jogo Single player, Multiplayer
    Classificação Inadequado para menores de 6 anos i ESRB (América do Norte)
    Permitido para todas as idades i OFLCA (Austrália)
    Inadequado para menores de 7 anos i PEGI (Europa)
    Média UMD, download

    Sonic Rivals 2 (ソニックライバルズ2, , Sonikku raibaruzu 2?) é um jogo eletrônico da série Sonic the Hedgehog, e sequência de Sonic Rivals. O jogo foi desenvolvido pela Backbone Entertainment e supervisionado pela Sega Studio USA. Foi lançado no dia 13 de Novembro de 2007 na América do Norte exclusivamente para o videogame portátil PlayStation Portable. Assim como o original, Sonic Rivals 2 não foi lançado no Japão.

    Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

    Asim como o original, o jogo segue o estilo plataforma 2D. Sonic Rivals 2 possui gráficos totalmente 3D.[1]

    O jogo contém os modos Single Player (1 jogador), Multiplayer (de 2 ou mais jogadores).

    Single Player[editar | editar código-fonte]

    • Story Mode: Modo história. O jogador pode progredir no jogo, vencendo corridas contra um rival (conforme o decorrer da história) em 3 atos, ao fim desses 3 atos, enfrenta um chefe, com exceção da fase final. Os personagens são divididos em quatro times (Sonic and Tails, Shadow e Metal Sonic, Silver e Espio, Knuckles e Rouge) e cada personagem tem o seu enredo, totalizando 8 diferentes rumos.
    • Free Play: Similar aos jogos clássicos Sonic, é um novo modo de jogo, onde o jogador pode competir sozinho em um estágio normal, sem adversário, podendo competir em time attack ou encontrar os 10 Chaos escondidos nas fases.
    • Cup Circuit: O jogador pode competir em circuitos ou sequências de fases pré-determinadas e chefes, para conquistar cards (cartas) do jogo.

    Multiplayer[editar | editar código-fonte]

    • Knockout: Os jogadores começam com 3 argolas, e basicamente quem fizer mais “knockouts” ao seu adversário ganha. Perde o jogador que não possuir nenhuma argola e for atingido.
    • Rings Battle: Em uma corrida, um tempo é determinado para coletar argolas; vence quem tiver mais argolas no final do tempo determinado.
    • Capture the Chao: Os jogadores tem o objetivo de capturar os Chaos do inimigo e trazê-los para a sua base, e ao mesmo tempo, tentar manter os seus Chaos protegidos. Possui o mesmo conceito de capture the flag.
    • Laps Race: O objetivo do modo é ser o primeiro a dar um determinado número de voltas na pista.
    • King of the Hill: Deve-se chegar ao topo do nível, e ganha pontos por se posicionando embaixo do Omochao. Ganha quem tiver mais pontos.
    • Tag: É um tipo de mistura entre "batata-quente" e "pega-pega". Cada jogador tem um tempo limite que surge quando eles segurarem a bomba. O jogador deve passar a bomba atacando o oponente. O primeiro que tiver o tempo expirado, perde.

    Personagens[editar | editar código-fonte]

    Sonic Rivals 2 possui os mesmos cinco personagens que o jogo original possui além da adição de novos três. Todos eles têm as habilidades Homing Attack e Spin Dash. Cada personagem pode usar o "Signature Meter" (movimento especial). Este movimento especial tem a mesma função do item "estrela" presente em Sonic Rivals. Para conseguir efetuar este movimento, deve-se completar uma barra (coletando argolas, destruindo inimigos), chamada "Signature Meter".[2]

    Protagonistas[editar | editar código-fonte]

    Coadjuvantes[editar | editar código-fonte]

    • Dr. Eggman: O principal vilão da série, mas desta vez é um vilão coadjuvante. Eggman Nega se disfarça de Dr. Eggman para enganar 4 dos 8 personagens principais, no entanto, o verdadeiro Eggman está dando instruções para Shadow e Metal Sonic para que suas determinadas missões sejam cumpridas.
    • Eggman Nega: O principal antagonista do jogo. O jogador deve batalhar com ele no fim de cada fase (zona), no entanto, ele está fantasiado de Dr. Eggman. Durante a história, ele contrata Rouge para encontrar as Chaos Emeralds para ele e cria Metal Sonic 3.0, uma versão avançada de Metal Sonic.
    • Ifrit: Uma fera gigante de fogo envocada por Eggman Nega. Ele ataca o jogador que o ataca e o outro personagem que está sobre seu controle.
    • Metal Sonic 3.0: Uma versão mais avançada de Metal Sonic. Ele é criado por Eggman Nega e o ajuda a libertar Ifrit no final do jogo. O jogador deve lutar com ele durante a história de Metal Sonic.
    • Espírito de Sonic/Tails: Um fantasma que imita a aparência dos outros. Na fase Mystic Haunt, ele ataca Sonic e Tails e toma as suas respectivas aparências.
    • Vector the Crocodile: Ajuda Espio e aparece como holograma no início e no final do jogo.

    História[editar | editar código-fonte]

    As "formas de vida" (apresentadas em Sonic Adventure) raptaram os Chaos. Eggman Nega, disfarçado de Eggman, planeja pegar os Chaos e dá-los como alimento a uma besta chamada “Ifrit”, que precisa deles para se tornar mais forte; ao mesmo tempo, necessita das Chaos Emeralds para abrir um portal, que liberará Ifrit. O enredo é dividido por duplas, de certa forma semelhante a Sonic Adventure 2, porém cada personagem tem o seu próprio roteiro:

    Sonic e Tails: Após saberem do que aconteceu aos Chaos, Sonic e Tails forma uma dupla, para procurar e resgatá-los de Eggman.

    Knuckles e Rouge: Knuckles parte à procura da Master Emerald que desapareceu novamente. Rouge foi contratada doi Nega para procurar pelas Chaos Emeralds, formando assim uma dupla com Knuckles.

    Silver e Espio: Silver regressa do futuro, e descobre um passado destruído por um demônio chamado Ifrit. Ele precisa levar alguns Chaos para salvar o futuro e assim é ajudado por Espio que está na procura dos Chaos desaparecidos.

    Shadow e Metal Sonic: O verdadeiro Eggman, manda Metal Sonic a procura de Shadow, para contar-lhe sobre os planos de Eggman Nega tem para roubar os Chaos e as Esmeraldas do Caos. Logo, os dois formam um time para procurar as esmeraldas antes de Nega.

    Fases[editar | editar código-fonte]

    O jogo possui 6 estágios, sendo cada um divido em 3 atos e um chefe no final, do mesmo como em Sonic Rivals.[3] Os atos 1 e 3 são sempre corridas, e o ato 2 sempre uma batalha. No modo Story (história), as corridas podem ser substituídas por missões individuais de cada personagem, como "time attack", "Colete um número X de argolas", e outros desafios. Alguns estágios podem ser pulados na história, dependendo da escolha de personagem.

    Blue Coast Zone[editar | editar código-fonte]

    É uma zona aquática com ruínas e é aonde todas as equipes começam. Chefe: Egg Liner, um grande veículo que usa uma bola com espinhos para atacar o personagem.

    Sunset Forest Zone[editar | editar código-fonte]

    Um estágio dentre penhascos e muito similar a fase Falls Zone de Sonic Rivals. Chefe: Egg Crawler, uma minhoca robô gigante.

    Neon Palace Zone[editar | editar código-fonte]

    Um grande cassino, dando a possibilidade do jogador passar por caça-níqueis para a coleta de argolas. Chefe: Egg Dealer, um robô caça-níquel.

    Frontier Canyon Zone[editar | editar código-fonte]

    Fase no estilo Velho Oeste, e muito similar à Colosseum Highway Zone de Sonic Rivals. Chefe: Egg Bull, um touro robô gigante.

    Mystic Haunt Zone[editar | editar código-fonte]

    Um castelo mal-assombrado. Chefe: Egg Phantom, um robô fantasma.

    Chaotic Inferno Zone[editar | editar código-fonte]

    Fase final, repleta de fogo e lava. Chefe final: Ifrit.

    Música[editar | editar código-fonte]

    Foi revelado no site oficial de Jun Senoue (produtor musical da Sega) que ele trabalharia em conjunto com Ted Poley na música tema "Race To Win". Esta não é a primeira vez que Ted Poley e Jun Senoue trabalharam juntos; aparecendo trabalhos em conjunto deles nos jogos Sonic Adventure, Sonic Adventure 2 e Sonic Heroes. O restante das músicas do jogo foram compostas por Chris Rezanson.

    Recepção[editar | editar código-fonte]

    O jogo recebeu vários reviews de grandes revistas e websites. Os rankings gerais do jogo correm em cerca de 63%.

    Em março de 2009, Sonic Rivals 2 foi cerificado como parte do Sony's Greatest Hits (Maiores Vendas da Sony), representando as vendas na América do Norte com cerca de 250.000 cópias vendidas.[4]

    Ver também[editar | editar código-fonte]

    Referências

    Ligações externas[editar | editar código-fonte]