Sonic Adventure

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Sonic Adventure
Capa da versão Norte Americana para Dreamcast
Desenvolvedora Sonic Team
Sonic Team USA (internacional)
NOW Production[1] (equipe adicional para o DX)
Sega Studios Shanghai (360/PS3 ports)[2]
Publicadora(s) Sega
Sega PC (Windows)
Diretor Takashi Iizuka
Designer Takashi Iizuka (Designer de Fase)
Escritor(es) Akinori Nishiyama
Compositor(es) Jun Senoue (Diretor de Som)
Kenichi Tokoi
Fumie Kumatani
Artista Kazuyuki Hoshino (Diretor de Arte)
Yuji Uekawa (Design de Personagem)
Plataforma(s) Sega Dreamcast
Série Sonic the Hedgehog
Conversões/
relançamentos
Nintendo GameCube, Microsoft Windows, Zeebo, PlayStation 3 (PSN), Xbox 360 (XBLA)
Data(s) de lançamento Dreamcast:

GameCube:

Windows:

Xbox Live Arcade:

PlayStation Network:
Gênero(s) Plataforma
Modos de jogo Single player, two player
Número de jogadores 1
Classificação Permitido para todas as idades i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 6 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 8 anos i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 3 anos i PEGI (Europa)
Permitido para maiores de 3 anos, especialmente a faixa de 3-10 anos ELSPA (Reino Unido)
Mídia GD-ROM, GameCube optical disc, CD-ROM, Download
Requisitos mínimos Windows XP ou mais atual, 1.2 GB de espaço livre no disco rígido, drive de CD
Controles Gamepad, teclado
Hardware
CPU Pentium III de 800 MHz
Vídeo Geforce 2de 32 MB ou Radeon SDR
Último
Último
Sonic & Knuckles
Sonic Adventure 2
Próximo
Próximo

Sonic Adventure (ソニックアドベンチャー,, Sonikku Adobenchā?) é o primeiro jogo em 3D da série Sonic, lançado pela Sega em 1998 (Japão) e 1999 (internacionalmente) para o Dreamcast.

Em 2003, foi lançado o remake Sonic Adventure DX: Director's Cut, para Nintendo GameCube e PC.

Em 15 de setembro de 2010, o jogo é re-lançado para Xbox 360, não em DVDs, mas na Xbox Live Arcade, para ser baixado. Em 21 de setembro da mesma forma é lançado para PlayStation 3, através da PlayStation Network.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

As duas versões do jogo Sonic Adventure DX são distintas. A versão para PC falhou um pouco na jogabilidade, pelo fato do jogo de câmeras, e a alta resolução dificultarem a jogabilidade em algumas fases, tornando os movimentos mais lentos (dependendo da configuração de seu computador), o que não ocorre na versão do GameCube, nem no Adventure original para Dreamcast.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A história dos dois jogos é idêntica. Alguns anos após Sonic e Knuckles terem derrotado Eggman na Death Egg, a cidade de Station Square é ameaçada por uma besta, o Chaos, que se alimenta das esmeraldas do caos, e cada uma o torna maior e mais perigoso. O Dr. Eggman, sabendo disso, vai em busca das 7 esmeraldas para destruir, com a ajuda de Chaos, a Station Square e construir em suas ruinas, a Robotnikland ou Eggmaland , como nos OVA's e animes do Sonic . Cabe aos heróis do jogo, que são as personagens jogáveis, conseguir as esmeraldas antes do cientista do mal.

O jogo é formado por seis personagens, cada uma com a sua história, mas que se entrelaçam entre si. São eles: Sonic the Hedgehog, Tails, Knuckles, Amy Rose, Big the Cat e E-102 Gamma.

No início só é possível jogar com o Sonic, mas à medida que o jogo vai avançando, os outros personagens aparecem na história, e torna-se possível jogar com eles. Cada um dos personagens tem uma missão e um final diferente. O Sonic e o Tails, tentam conseguir as esmeraldas do Caos, procurando-as pela Station Square e a Mystic Ruins, que é a zona de floresta do jogo. Knuckles tenta recuperar os vários pedaços em que a Master Emerald se partiu, por causa de Chaos, fazendo a ilha flutuante (Angel Island) cair no oceano.

Amy tenta fugir de um robô de Eggman, o ZERO (aka. E-100 Alpha); e ajudar um passarinho, que se tornou seu amigo, a encontrar sua família. Big é um gato que gosta de pescar, e tenta encontrar seu amigo Froggy, um sapo. Finalmente, o E-102 é um robô do Eggman, que se torna bom e tem como missão "libertar" seus robôs irmãos.

E-102 Gamma era da família do passarinho que a Amy estava ajudando.

Este último passarinho e o Froggy, são importantes no jogo pois ambos engoliram uma esmeralda do caos. Depois de terminar o jogo com os seis personagens, pode-se jogar com o Super Sonic.

Houve ainda uma história paralela relatando uma civilização, a dos Equidnas, que queria as esmeraldas por causa do seu poder. Tikal, a filha de Pachacamac, líder equidna, tentou impedir. Contudo, foi em vão. Pachacamac ordenou seus soldados avançarem até as Chaos Emeralds, ignorando Tikal e os chaos no caminho (e ferindo-os gravemente). Isso causou a fúria de Chaos, que surgiu diante de Pachacamac e seus soldados, e usando o poder das Chaos Emeralds, se transformou em Perfect Chaos, destruindo a civilização equidna. Tikal ao recuperar a consciência, usou a Master Emerald para selar Chaos dentro da Master Emerald, mas foi selada junto com ele. O Chaos, que anteriormente havia destruído a civilização dos Equidnas quase na sua totalidade (restando somente as suas ruínas e alguns sobreviventes), depois de tomar a sétima esmeralda, se tranforma no Perfect Chaos, e começa a destruir a Station Square. Tails percebe que Chaos só absorveu o poder negativo das esmeraldas, Sonic, então usa o poder positivo, e se transforma em Super Sonic para destruir Perfect Chaos.

Nesta altura, até o próprio Dr. Eggman que "ajudou" Chaos, vê a sua nave, a Egg Carrier 2, ser destruida pelo monstro por um raio de energia ao tentar detê-lo.

Após uma batalha, Super Sonic consegue neutralizar Perfect Chaos, transformando-o em Chaos 0 de novo. Tikal aparece, e convence Perfect Chaos que a humanidade mudou, e que os chaos que ele estava protegendo viveram por gerações e vivem felizes com os humanos. Tikal então, agradece Sonic e seus amigos, e volta com Chaos para o interior da Master Emerald.

Trilha-sonora[editar | editar código-fonte]

Foi lançada em 1999 um disco duplo com todas as canções do jogo com o nome de Sonic Adventure Original Sound Track com mais de 60 músicas ao todo, o que faz com que todas as pessoas que gostaram da musica de fundo , gostem disto ![5]

Sonic Adventure DX: Director's Cut[editar | editar código-fonte]

Capa do jogo para PC.

Sonic Adventure DX: Director's Cut é um jogo de videogame estrelado pelo ouriço Sonic, um remake de Sonic Adventure para o Sega Dreamcast. Fora lançado em 2003, inicialmente para o Nintendo GameCube, e depois convertido para PC.

Existem diferenças entre o Sonic Adventure (SA) para Dreamcast e o Sonic Adventure DX (SADX). O SA foi criado em 1999 (nos EUA). O SADX foi criado em 2003, com uma melhoria gráfica não muito boa, como veremos a seguir ...

Sonic Adventure vs. Sonic Adventure DX[editar | editar código-fonte]

As principais diferenças entre as duas versões é que ao longo do jogo, jogador pode ganhar emblemas, mas somente no SADX pode-se jogar com o Metal Sonic na parte "Trial" do jogo, se completar os 130 emblemas.

O Chao Garden dos dois é também diferente. O do SADX é maior e mais completo, com o chamado "mercado negro", onde se pode comprar com os anéis adquiridos ao longo do jogo, frutas ou brinquedos para os Chaos. Estes são criaturas pequenas, parecendo-se com bebês, e que eram em tempos protegidos por Chaos. Servem como um mini jogo, que não tem muita relação com o jogo, mas servem para conseguir emblemas, com as corridas entre chaos. Para isso precisam ser "bem cuidados", alimentados e acariciados pelos personagens que passam pelo jardim, ao estilo de um Tamagotchi.

No SADX existem as missões, que são "tarefas" dadas aos heróis depois de o jogo ter sido acabado com todas as personagens. Esta adição aumentou a longevidade do jogo ( apesar de quase nao fazer diferença , pois nao fazia parte da história , e sómente jogava quem quiser ).

Existem ainda alguns mini games, formados pelos jogos de Game Gear do Sonic, que foram adicionados como itens a desbloquear no jogo. A cada 20 emblemas coseguidos, um novo jogo é desbloqueado.

Além disso, Cream the Rabbit faz pequenas aparições em algumas partes do jogo (como por exemplo ao terminar cassinopolis)

Já no SA de DC havia alguns conteúdos que não foram recolocados no SADX, como por exemplo havia algumas DLC's que implantavam alguns mini games extras em algumas partes do jogo, e que também alteravam o visual da Station Square & Mystic Ruins como as DLC's especiais de Natal e Ano novo na década de 90, também havia uma de agradecimento aos jogadores que escolheram o Dreamcast.

Na versão de DC também continha algo relacionado aos Chaos que não recolocaram no SADX novamente, como por exemplo era possível ter partidas online na Chao Race, e você também poderia jogar um Mini Game com seu Chao na VMU que o fazia ter mais experiência ao retornar ao jogo.

DLC Content[editar | editar código-fonte]

As versões Xbox360 e PlayStation 3 do jogo têm DLC baixáveis na XBLA e PSN. Em ambos, a DLC trás as 60 missões presentes no SADX e ainda o Metal Sonic jogável.

Referências

  1. GDRI. Game Developer Research Institute (em Inglês). Página visitada em 12 de outubro de 2010.
  2. Anoop Gantayat (30 de junho de 2010). Sega Considering Saturn Download Releases (em Inglês). Adriansang. Página visitada em 12 de outubro de 2010.
  3. Coming soon to the Xbox LIVE Marketplace (em Inglês). Major Nelson. Página visitada em 12 de outubro de 2010.
  4. Sonic Adventure Release Information for Xbox 360 (em Inglês). GameFaqs. Página visitada em 12 de outubro de 2010.
  5. Sonic Adventure Original Sound Track (em Russo). game-ost. Página visitada em 14 de julho de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]