Sonic and the Black Knight

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Jogos eletrônicos.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para reciclagem desde 9 de novembro de 2008.

Sonic and the Black Knight
Capa da versão-norte-americana.
Desenvolvedora Sonic Team
Publicadora(s) Sega
Diretor Tetsu Katano
Produtor Tetsu Katano
Designer Morio Kishimoto (Líder de design de jogo)
Compositor(es) Jun Senoue (diretor de som)
Tommy Tallarico
Richard Jacques
Howard Drossin
Yutaka Minobe
Lennie Moore
Hikaru Tanimoto
Artista Yoshitaka Miura (diretor de arte/artista de cut scene/visuais promocionais)
Yuji Uekawa (artista de cut scene/visuais promocionais)
Motor PhysX
Plataforma(s) Wii
Série Sonic the Hedgehog
Data(s) de lançamento
  • AN 3 de março de 2009[1]
  • JP 12 de março de 2009[1]
  • EU 13 de março de 2009[1]
Gênero(s) Aventura, ação, hack and slash
Modos de jogo Single Player, multiplayer
Número de jogadores 1 a 4 jogadores
Classificação Permitido para todas as idades i CERO (Japão)
Inadequado para menores de 10 anos i ESRB (América do Norte)
Orientação dos pais recomendada i OFLCA (Austrália)
Orientação dos pais recomendada OFLCN (Nova Zelândia)
Inadequado para menores de 12 anos i PEGI (Europa)
Mídia Wii optical disc
Controles Wii Remote, Nunchuk
Último
Último
Sonic and the Secret Rings
Próximo
Próximo

Sonic and the Black Knight (ソニックと暗黒の騎士,, Sonikku to Ankoku no Kishi?) é um jogo eletrônico exclusivo para o Wii, sendo o segundo na série "livros de histórias", em sequência a Sonic and the Secret Rings.

O jogo se passa no mundo do Rei Arthur, combinando elementos da franquia Sonic com lutas de espada, fazendo ainda uso das funcionalidades do sensor de movimento do Wii Remote.

O jogo também foi exclusivo por ter quatro personagens dos jogos em suas versões fantasiosas, como: Shadow The Hedgehog (Sir Lancelot), Knuckles The Echidna (Sir Gawain), Blaze The Kat (Sir Percival) e Amy Rose (Nimue, A Dama do Lago).

História[editar | editar código-fonte]

A feiticeira Merlina invoca Sonic a ajudar a libertar o reino místico do Rei Arthur, o qual foi corrompido para governar o reino tirânico, sendo possuído como o Cavaleiro Negro. A velocidade de Sonic não é suficiente o bastante para terminar com o reinado do Cavaleiro Negro, de forma que ele passa a assumir a espada Caliburn, a fim de quebrar a maldição do Rei Arthur e salvar o reino. Ao longo do jogo, Sonic também deve enfrentar os Cavaleiros da Távola Redonda que são idênticos a seus amigos.

Depois da vitória de Sonic sobre o Cavaleiro Negro, Merlina mostra querer dominar o reino. Cabe então a Sonic e os Cavaleiros da Távola Redonda, Sir Lancelot, Sir Gawain e Sir Percival, impedir Merlina e restaurar a paz em Camelot.

Música[editar | editar código-fonte]

O compositor veterano Jun Senoue retorna a composição da trilha do jogo, remixando temas da franquia de Sonic com o estilo céltico. Em adicional, sua banda, Crush 40, ira retornar a produzir o tema principal do jogo, "Knight of the Wind".

Recepção[editar | editar código-fonte]

Sonic and the Black Knight foi duramente criticado por vários sites de videogames pelo seu mau uso do Wii Mote como uma espada, o mesmo sendo irresponsivo, sem precisão e causando frustrações, o review da GameSpot alega que Sonic encontrará uma jogabilidade rasa e frustrante o aguardando no lendário reino do Rei Arthur., o editor Matt Casamassina da IGN deu uma nota 3.8 para Sonic and the Black Knight, sendo um dos jogos do Sonic com a nota mais baixa na história do site, dizendo que Este é um daqueles jogos do Sonic que estragam tudo que fez a série se tornar interessante e adiciona abanações inúteis.

Referências

  1. a b c Sonic and the Black Knight (em inglês) GameFaqs. Visitado em 13 de outubro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]