Sven-Göran Eriksson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sven-Göran Eriksson
Sven Goran Eriksson.jpg
Informações pessoais
Nome completo Sven Göran Aune Eriksson
Data de nasc. 5 de Fevereiro de 1948 (66 anos)
Local de nasc. Torsby,  Suécia
Informações profissionais
Clube atual República Popular da China Guangzhou R&F
Posição Treinador de futebol
Times que treinou
1977-1978
1979-1982
1982-1984
1984-1987
1987-1989
1989-1992
1992-1997
1997-2001
2001-2006
2007-2008
2008
2009-2010
2010
2010-2011
2013-
Suécia Degerfors
Suécia Göteborg
Portugal Benfica
Itália Roma
Itália Fiorentina
Portugal Benfica
Itália Sampdoria
Itália Lazio
Flag of England.svg Inglaterra
Inglaterra Manchester City
Flag of Mexico.svg México
Inglaterra Notts County
Flag of Côte d'Ivoire.svg Costa do Marfim
Inglaterra Leicester City
República Popular da China Guangzhou R&F

Sven Göran Eriksson (Torsby, 5 de fevereiro de 1948), treinador sueco de futebol. que atualmente comanda o Guangzhou R&F.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira como treinador no Degefors IF clube suéco. Ao longo de sua carreira passou pelo IFK Göteborg, onde ganhou a Taça UEFA, a taça nacional sueca e o campeonato nacional, no Benfica, onde foi à final da Taça UEFA e da Liga dos Campeões quando la esteve pela segunda vez, ganhou três campeonatos nacionais e uma Taça de Portugal bem como uma Supertaça Cândido de Oliveira. Treinou também em Itália a AS Roma, a Fiorentina e Lazio onde ganhou a Taça das Taças.

Foi o treinador da seleção inglesa de 2001 até a final da participação da equipe na Copa do Mundo de 2006. Foi substituído no comando da seleção inglesa por Steve Mclaren. Durante o período que esteve frente ao comando do time inglês quase foi demitido depois de dar uma entrevista para um falso sheik (que era um repórter) em que tecia comentários sobre os jogadores ingleses, em que chamava, entre outros, o zagueiro Rio Ferdinand de "meio preguiçoso". A Federação Inglesa preferiu mantê-lo no cargo.

Em Junho de 2008 deixou o cargo de treinador do Manchester City FC, equipa da Liga Inglesa de Futebol para treinar a Seleção Mexicana de Futebol. Em abril de 2009, Eriksson foi dispensado da seleção do México. Em Julho, foi anunciado como diretor para o futebol do Notts County, da League Two, a Quarta Divisão do futebol da Inglaterra. Mas em março de 2010, Eriksson foi anunciado como o novo treinador da Seleção da Costa do Marfim. Esta foi a terceira Copa do Mundo dele, que já havia treinado a Seleção da Inglaterra nas Copas de 2002 e 2006, e que acabou eliminado na primeira fase na África do Sul.[1] . esteve após o fracasso na Copa do Mundo, Eriksson acertou com o Leicester City, da segunda divisão inglesa, um contrato de dois anos.

Esteve em 2013, como coordenador técnico do Al-Nasr, do Emirados Árabes. ficando pouco tempo nesse cargo e clube[2] . pois em junho do mesmo ano, foi anunciado como o novo treinador do Guangzhou R&F[3] .

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.