The Three Stooges

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Three Stooges)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Do título do curta Papagaiadas (Disorder in the Court, 1936). Da esquerda para a direita: Curly Howard, Larry Fine e Moe Howard.

The Three Stooges (no Brasil, Os Três Patetas; em Portugal, Os Três Estarolas) foi um grupo cômico norte-americano do século XX, em atividade desde 1922 até 1970, mais conhecido por seus numerosos curta-metragens. Sua comicidade era marcada pela extrema comédia pastelão e farsa física.

A primeira formação do grupo consistia em Moe Howard, Larry Fine e Shemp Howard, que apareceram junto com Ted Healy no longa-metragem Soup to Nuts (1930), da Fox Film Corporation. Shemp retirou-se do grupo em 1932 para seguir carreira solo, e foi substituído por seu irmão mais novo Curly Howard. Esta formação do grupo apareceu com Healy em vários filmes da Metro-Goldwyn-Mayer, de 1933 a 1934.

Moe, Larry e Curly deixaram Healy em 1934 e se mudaram para a Columbia Pictures, onde passaram a estrelar sua clássica série de curta-metragens. Quando Curly retirou-se do grupo após sofrer um derrame cerebral, o cargo de "terceiro pateta" voltou a ser ocupado por Shemp, e posteriormente por Joe Besser. Ao todo, o grupo protagonizou 190 curta-metragens para a Columbia entre 1934 e 1958.

Depois do cinema, os curtas foram exibidos na televisão, possibilitando o nascimento de uma nova geração de fãs. Com o ressurgimento da popularidade d'Os Três Patetas, Moe e Larry convidaram Joe DeRita (apelidado de "Curly-Joe") para juntar-se ao grupo. Moe, Larry e Curly-Joe estrelaram vários filmes de longa-metragem entre 1959 e 1970.

História[editar | editar código-fonte]

Ted Healy e seus Patetas[editar | editar código-fonte]

Os Três Patetas se iniciaram em 1922, em uma apresentação de vaudeville chamada "Ted Healy and his Stooges". No ato, o comediante Ted Healy tentaria cantar ou contar piadas ao lado de seus assistentes atrapalhados. Os irmãos Moe e Shemp se juntaram mais tarde naquele mesmo ano ao violinista e comediante Larry Fine. Muitos fãs se esquecem de que Shemp Howard, foi o terceiro Pateta original, antes de seu irmão mais novo Curly Howard, que assumiu o papel.

Em 1930, “Ted Healy and His Stooges”, aparecem em seu primeiro filme de Hollywood: “Soup to Nuts” lançado pela Fox Studios. O filme não foi um sucesso com os críticos, mas a performance dos Patetas agradou e muito a Fox, que ofereceu ao trio um contrato, mas sem Ted Healy. Os Howard e Fine deixaram Healy.

Chateado, Healy tentou impedir a nova atuação dos Patetas com uma ação judicial, alegando que eles estavam usando seu material protegido por direitos autorais. Em 1932, Healy conseguiu uma nova parceria com os seus ex-Patetas. Shemp por sua vez, estava farto de Healy e decidiu largar o grupo encontrando trabalho quase que imediatamente, atuando em filmes de comédias produzidos no Brooklyn, Nova York.

Com a saída de Shemp, Healy e os dois Patetas restantes, Moe e Larry, precisavam de um substituto. Moe sugeriu seu irmão mais novo, Jerome Howard. Healy deu uma olhada para Jerome, que tinha cabelos longos e um bigode, e achou que ele não era engraçado. Jerome saiu da sala e voltou alguns minutos depois com a cabeça raspada. Healy gostou dele e o chamou de "Curly" (existem vários relatos a respeito de como o personagem Curly foi criado).

Em 1933, a Metro Goldwyn Mayer (MGM) assinou com Healy e seus Patetas um contrato de cinema. Eles apareceram em vários filmes e curtas-metragens, quer em conjunto, individualmente, ou com várias combinações de atores. O trio foi apresentado em uma série de curtas de comédia musical. Em 1934, o contrato da equipe terminou com a MGM, e os Patetas se separaram novamente de Healy. Sua versão final com Healy, foi no filme da MGM,“Hollywood Party” de 1934.

Healy morreu sob circunstâncias misteriosas em 1937.

Columbia Pictures[editar | editar código-fonte]

Os anos de ouro: Moe, Larry e Curly[editar | editar código-fonte]

Em 1934, o trio (agora batizado de The Three Stooges), assinou com a Columbia Pictures por apenas algumas centenas de dólares por semana. Eles estrelaram 190 curtas-metragens nos anos 30, 40 e 50, tornando-se recordistas na categoria.

Na autobiografia do Moe, ele disse que cada um recebeu US $ 600 por semana em um contrato de um ano. Del Lord dirigiu mais de três dezenas de curtas dos Três Patetas. Jules White dirigiu dezenas de outras, e seu irmão Jack White dirigiu vários sob o pseudônimo "Preston Black".

Moe, Larry, e o diretor Jules White consideram You Nazty Spy! (1940) como o melhor filme de suas carreiras. Neste curta-metragem de 18 minutos, Moe interpreta "Moe Hailstone", um personagem parecido com Adolf Hitler, satirizando os nazistas em uma época em que a América ainda mantinha sua política de neutralidade. Curly interpretou uma espécie de Hermann Göring, repleto de medalhas, e Larry fez o papel de um embaixador ao estilo de Ribbentrop. You Nazty Spy! foi o primeiro filme de Hollywood que satirizou Hitler, sendo lançado em janeiro de 1940, nove meses antes de O Grande Ditador, de Charlie Chaplin. Consta que este filme levou os Patetas a serem colocados na então chamada "lista da morte" de Hitler por causa de sua posição anti-nazista. Chaplin, juntamente com Jack Benny, também estaria na tal lista devido à sua postura anti-nazista nos filmes.

Os Três Patetas fizeram participações especiais em alguns longa-metragens, embora geralmente estivessem presos aos curtas. A Columbia oferecia aos proprietários de cinema todo um programa de comédias de dois rolos (15 a 25 títulos por ano) com astros como Buster Keaton, Clyde Andy, Charley Chase, e Hugh Herbert, mas os curtas d'Os Três Patetas eram os mais populares de todos.

Curly era de longe o membro mais popular da equipe. Seu jeito infantil e o charme de comédia fizeram dele um sucesso com o público. Porém, o fato de Curly raspar a cabeça para atuar o levou a se sentir pouco atraente para as mulheres. Para mascarar suas inseguranças, Curly começou a comer e beber excessivamente, e sempre estava bêbado quando os Patetas se apresentavam ao vivo. Seu peso aumentou na década de 1940, e sua pressão estava perigosamente alta. O estilo de vida selvagem e o alcoolismo deixaram Curly muito debilitado em 1945. Nos últimos doze curtas em que aparece, Curly estava gravemente doente, lutando para atuar nas cenas mais básicas.

Durante as filmagens de Três Idiotas de Elite em 6 de maio de 1946, Curly sofreu um derrame cerebral e o filme foi terminado sem ele. A saúde de Curly exigiu uma reforma temporária do trio e, enquanto os Patetas esperavam por uma recuperação completa, Curly nunca mais estrelou um filme novamente. Curly ainda fez uma pequena aparição no terceiro curta depois do retorno de Shemp, Segurem o Leão! (1947). Foi o único filme que continha todos os quatro Patetas originais: os três irmãos Howard e Larry.

O retorno de Shemp[editar | editar código-fonte]

Moe, Larry e Shemp no curta Três Sujeitos Piramidais/Malice in the Palace (1949)

Moe Howard pediu para que seu irmão Shemp Howard substituisse Curly. Shemp, no entanto, estava hesitante em voltar a participar dos Três Patetas, pois já havia conseguido uma carreira solo bem sucedida, até a doença inoportuna de Curly. No entanto, ele percebeu que Moe e Larry estariam com as carreiras acabadas, sem o grupo e acabou aceitando. Porém, Shemp queria algum tipo de garantia de que seu rejuntamento fosse realmente temporário e que ele poderia deixar os Três Patetas, uma vez que Curly estivesse recuperado. Infelizmente, a condição de Curly piorou e ele morreu em 18 de janeiro de 1952, e com a piora na saude de Curly, ficou evidente que o rejuntamento de Shemp seria permanente (como de fato foi).

Shemp apareceu com os Patetas em 77 curtas e mais um filme intitulado “Gold Western”. Durante este período, Moe, Larry e Shemp fizeram um piloto para um programa de televisão chamado Jerks of All Trades em 1949. A série nunca foi realizada.

Três anos após a morte de Curly, Shemp Howard morreu de um súbito ataque cardíaco aos 60 anos, em 22 de novembro de 1955. Cenas antigas de Shemp, combinadas com novas imagens do seu dublê, Joe Palma (filmado por trás ou com o rosto oculto), foram utilizados para completar os quatro últimos curtas do contrato de Shemp, Com a Morte de Shemp, muitas dúvidas sobre a continuidade dos Patetas ficaram no ar, Harry Cohn, presidente da Columbia e o diretor Jules White desejavam que a substituição de Shemp por Palma durasse indefinidamente, o que foi recusado por Larry e um muito abalado Moe Howard, acreditando que com isso os dias e a própria reputação dos Patetas estariam arrasadas, em contrapartida Moe sugeriu não colocar substituto para Shemp, transformando os Três Patetas em Dois Patetas com ele e Larry, mas fora recusado, foi então que a Columbia decidiu contratar um novo comediante. Quando Moe e Larry retornaram para uma nova temporada de curtas a Columbia tinha designado Joe Besser para substituir Shemp como o terceiro Pateta (de acordo com a sua autobiografia Once a Stooge, Always a Stooge, Joe contou que a primeira coisa que fez quando encontrou-se com Moe, foi ter dado as condolências pela morte de Shemp, de quem Besser era amigo).

Joe Besser substitui Shemp[editar | editar código-fonte]

Joe Besser substituiu Shemp em 1956, aparecendo em 16 curtas. Besser tinha uma cláusula em seu contrato proibindo especificamente que ele fosse atingido muito forte (embora esta restrição fosse posteriormente revogada). Pelo tempo em que Besser se juntou ao grupo, os Patetas eram geralmente considerados sombras do que eram. Moe e Larry estavam ficando mais velhos, e não poderiam realizar cenas com quedas ou comédia física.

O inevitável aconteceu. O formato dos curtas-metragens tornou-se impraticável com o passar dos anos, em parte devido ao surgimento da televisão. Assim, a Columbia, o único estúdio que ainda produzia esse tipo de filme, desistiu e deu um fim à série dos Três Patetas no fim de 1957, dispensando, sem cerimônias, o trio, ao final da produção de seu último curta.

Em 1959, a Columbia sindicalizou toda a filmografia dos Patetas para a televisão, através de sua subsidiária Screen Gems, e o trio foi redescoberto pelos jovens. Logo formou-se uma rede de fãs ao redor do grupo e eles tiveram a chance de retomar suas carreiras. Moe e Larry discutiram vários planos para a nova turnê de filmes, entretanto, a esposa de Besser teve um pequeno ataque cardíaco, e ele preferiu deixar o grupo.

Moe, Larry e "Curly-Joe"[editar | editar código-fonte]

Familiarizados com o trabalho de Joe DeRita, Howard pediu-lhe para se juntar ao trio, e ele rapidamente aceitou. Por causa de sua semelhança física com Curly e a pedido de Larry e Moe, DeRita foi renomeado como "Curly Joe" e se tornou o sexto e último Pateta em 1959. "Curly Joe" também tornou mais fácil a distinção entre DeRita e Besser (o Pateta anterior chamado de Joe).

Esta programação dos Três Patetas passou a fazer uma popular série de filmes de longa metragem entre 1959-1965. O trio filmou 9 longas de comédia para os três novos Patetas, que por sua vez apresentou uma série de 156 desenhos animados produzidos para a televisão.

Últimas apresentações[editar | editar código-fonte]

Os Patetas passaram a se apresentar ao vivo, fazendo participações especiais e tornaram-se convidados disputados por programas de TV. Eles também foram convencidos a voltar para a Columbia e gravaram mais alguns filmes por toda a década de 60, além de uma série de TV de vida curta, que era em parte ao vivo e em parte animada, até que a idade finalmente os alcançou.

O último projeto dos Três Patetas, Kook's Tour (1970), era um especial de uma hora feito para a televisão. Em 9 de janeiro de 1970, durante a produção do piloto, Larry Fine sofreu um derrame paralisante e não pôde completar o projeto, terminando sua carreira, bem como os planos para a série de televisão. Kook´s Tour nunca foi transmitido, mas está disponível atualmente em vídeo.

Larry Fine sofreu outro derrame em dezembro de 1974. No mês seguinte, sofreu um mais grave e entrou em coma. Ele faleceu em 24 de janeiro de 1975, com 72 anos de idade. Devastado pela morte de seu amigo, Moe, no entanto, decidiu que os Três Patetas iriam continuar. Depois da morte de Larry, foi decidido que o antigo ator de apoio dos Stooges, Emil Sitka, o substituiria.

Diversas ideias do filme foram consideradas. No entanto, Moe adoeceu por câncer de pulmão e morreu em 4 de maio de 1975, tornando-se inconcebível a continuação do grupo sem o Howard. Durante toda a carreira dos Três Patetas, Moe foi o coração e a alma da trupe, agindo tanto como sua principal força criativa quanto como seu empresário.

Joe Besser morreu no dia 1 de março de 1988, seguido por Curly Joe, em 3 de julho de 1993, fazendo dele o “último” Pateta a morrer. Emil Sitka morreu no dia 16 de janeiro de 1998, mesmo sendo anunciado como substituto de Larry,não chegou a atuar em nenhum filme como pateta. A Comedy III Productions, Inc., formada por Moe, Larry, e Curly Joe em 1959 é a proprietária de todas as marcas, copyrights e merchandising dos Three Stooges (pelo menos até a morte de DeRita em 1993).

Combinações[editar | editar código-fonte]

1. Ted, Moe e Shemp - (1922-1924)

2. Ted, Moe, Larry e Shemp - (1925-1932)

3. Ted, Moe, Larry e Curly - (1932-1934)

4. Moe, Larry e Curly - (1934-1946)

5. Moe, Larry e Shemp - (1947-1955)

6. Moe, Larry e Joe - (1956-1958)

7. Moe, Larry e Curly Joe - (1959-1970)

8. Moe, Emil e Curly Joe - (1971-1975) (Apesar de posarem para algumas fotos para divulgação, não chegaram a atuar em nenhum filme com essa formação).

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Os Três Patetas apareceram em vários filmes de longa-metragem durante sua carreira:

  • Soup to Nuts (1930)
  • Turn Back the Clock (1933)
  • Meet the Baron (1933)
  • Dancing Lady (1933)
  • Broadway to Hollywood (1933)
  • Myrt and Marge (1933)
  • Fugitive Lovers (1934)
  • Hollywood Party (1934)
  • The Captain Hates the Sea (1934)
  • Start Cheering (1938)
  • Time Out for Rhythm (1941)
  • My Sister Eileen (1942)
  • Good Luck, Mr. Yates (1943)
  • Rockin' in the Rockies (1945)
  • Swing Parade of 1946 (1946)
  • Gold Raiders (1951)
  • Columbia Laff Hour (1956)
  • Have Rocket, Will Travel (1959)
  • Stop, Look and Laugh (1960)
  • Snow White and the Three Stooges (1961)
  • The Three Stooges Meet Hercules (1962)
  • The Three Stooges in Orbit (1962)
  • The Three Stooges Go Around the World in a Daze (1963)
  • It's a Mad, Mad, Mad, Mad World (1963)
  • 4 for Texas (1963)
  • The Outlaws Is Coming (1965)
  • Kook's Tour (1970)

Em 2000, foi realizado um filme de longa-metragem que conta a história dos cômicos, desde o início da carreira até a retomada em 1959.

Quatro curta-metragens dos Three Stooges encontram-se em domínio público, e podem ser copiados sem nenhum ônus atráves do site Prelinger Archive (Os primeiros títulos em português pertencem à dublagem original.):

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre The Three Stooges