Abraão de Almeida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Abraão de Almeida
Nascimento 23 de setembro de 1939 (81 anos)
Bom Jardim de Minas
Nacionalidade  Brasil
Ocupação Pastor
Escritor
Conferencista

Abraão de Almeida (Bom Jardim de Minas, 23 de setembro de 1939) é um pastor, escritor e conferencista brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de adventistas do sétimo dia, Abraão abandonou a igreja na adolescência. Em 1959, quando prestava o serviço militar na Academia das Agulhas Negras em Resende, converteu-se e no mesmo ano foi batizado na Assembleia de Deus da cidade.[2] Escreveu seu primeiro artigo evangélico em 1960, para o jornal O Semeador, da Assembleia de Deus de Madureira, no Rio de Janeiro, e foi seu colaborador assíduo por vários anos. No ano seguinte, transferiu-se para Osasco e ocupou diversas posições na denominação, inclusive a direção de uma congregação em Carapicuíba, onde recebeu o batismo no Espírito Santo em 1 de novembro de 1976. Publicou artigos em jornais evangélicos e seculares, foi comerciante, redator-chefe do Diário Municípios em Marcha, gerente de pessoal e planejamento e estatística em empresas comerciais. Também foi eleito suplente de vereador pelo Arena, com 851 votos.[2]

Casou-se em 28 de dezembro de 1963 com Maria Lúcia Viana de Almeida, e tiveram quatro filhos: Elaine, Elaíse, Élida (já falecida) e Abraão Júnior.[2]

Em maio de 1977, Abraão de Almeida foi convidado a ser redator da Casa Publicadora das Assembleias de Deus, e em julho foi nomeado Secretário da Redação dos periódicos da editora. Pela CPAD publica em 1978 seu primeiro livro, Israel, Gogue e o Anticristo, depois lançado em Portugal e em espanhol nos Estados Unidos[2], alcançando mais de 250.000 cópias vendidas.[1] Desde então escreveu mais de trinta livros, com edições em português e espanhol.[1] Tornou-se Diretor de Publicações da CPAD em 29 de janeiro de 1979. Transferiu-se para os Estados Unidos em 1984. Foi editor da Editora Vida em Miami, revisor da Bíblia Edição Contemporânea (ECA) de João Ferreira de Almeida, e da comissão de tradução da Nova Versão Internacional (NVI) em português.[2][3] É colunista da seção "Falando de História", da Revista Graça/Show da Fé e de outros veículos evangélicos.[4]

Abraão foi ordenado ao pastorado pela Assembleias de Deus em 1979, no Rio de Janeiro. Mestre em Teologia pelo Seminário Unido, no Rio de Janeiro. Doutor em Divindade honoris causa pela Faculdade de Administração Eclesiástica Batista das Américas, de Campinas, foi membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e da Casa de Letras Emílio Conde,[5] da CPAD. Recebeu da Associação Brasileira de Editores Cristãos (ABEC), em 2002, o Prêmio Personalidade Literária (indicado pela CPAD) e o Prêmio Bíblia NVI.[2]

Fundou a Igreja Evangélica Brasileira de Coconut Creek, Flórida, e dirigiu o Seminário Betel, com cursos presenciais e por correspondência.[2] Atualmente é um dos pastores do Ministério Fronteira na Flórida, presidido por Alvaro e Elaine Cruz, seu genro e filha.

Obras selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Israel, Gogue e o Anticristo (1978)[6]
  • Então virá o fim (1979)[2]
  • O Sábado, a Lei e a Graça (1979)[2]
  • Tratado de Teologia Contemporânea (1980)[2]
  • Assim vive Israel (1985)[7]
  • Visiones profecticas de Daniel (1986)
  • El Tabernáculo y la Iglesia (1988)
  • Lições da história que não podemos esquecer (1993)[8]
  • El Sábado, la Lei y la Gracia (1999)[9]
  • Teologia Contemporânea (2014)[10]
  • 201 Respostas (2015)[11]
  • Mais 201 Respostas (2015)[12]
  • Uma Profecia Para Hoje (2016)[13]
  • O Cristão e a Escalada da Violência (2016)[14]
  • A Reforma Protestante: Edição Ampliada Comemorativa aos 500 Anos da Reforma Protestante (2017)[15]
  • O Tabernáculo e a Igreja (2017)[16]
  • Apologia da Fé Cristã (2018)[17]

Notas e referências

  1. a b c Santos Electronics. «Livros produzidos pelo Pr. Abraão de Almeida». Consultado em 1 de setembro de 2009. Arquivado do original em 22 de fevereiro de 2010 
  2. a b c d e f g h i j ARAÚJO, Isael de (2007). Dicionário do Movimento Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD. pp. 12–13 
  3. «Comissão | Biblica Brasil». Consultado em 28 de agosto de 2020 
  4. «Colunista da Revista Graça (Coluna Falando de História), desde 1999.». Consultado em 12 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2011 
  5. «Abraão de Almeida». www.ressurreicao.com. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  6. Almeida, Abraão de (1 de agosto de 2014). Israel, Gogue e o Anticristo. [S.l.]: CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus 
  7. Almerida, Abraão Pereira de (1985). Assim vive Israel. [S.l.]: Casa Publicadora das Assembléias de Deus 
  8. Almeida, Abraão de (1993). Lições da história que não podemos esquecer. [S.l.]: Editora Vida 
  9. Almeida, Abraao De (1 de novembro de 1999). El Sabado la Ley y la Gracia (em espanhol). [S.l.]: Editorial Patmos 
  10. Almeida, Abraão de (29 de agosto de 2014). Teologia Contemporânea. [S.l.]: CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus 
  11. Almeida, Abraão de (6 de outubro de 2015). 201 Respostas. [S.l.]: CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus 
  12. Almeida, Abraão de (13 de janeiro de 2015). +201 Respostas. [S.l.]: CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus 
  13. Almeida, Abraao De (3 de novembro de 2016). Uma Profecia Para Hoje. [S.l.]: EDITORA BEREIA 
  14. Almeida, Abraao De (3 de novembro de 2016). O Cristao E A Escalada Da Violencia. [S.l.]: EDITORA BEREIA 
  15. Almeida, Abraão de (27 de novembro de 2017). A Reforma Protestante: Edição Ampliada Comemorativa aos 500 Anos da Reforma Protestante. [S.l.]: CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus 
  16. Almeida, Abraao De (11 de outubro de 2017). O Tabernaculo E A Igreja. [S.l.]: CPAD - SP 
  17. Almeida, Abraão de (17 de maio de 2018). Apologia da Fé Cristã. [S.l.]: CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]