Bundesliga de 2019–20

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 10 de novembro de 2019) Sports current event.svg
Campeonato Alemão de Futebol
Bundesliga
Bundesliga logo (2017).png
Dados
Participantes 18
Organização DFB
Anfitrião Alemanha
Período 16 de agosto de 2019 – 16 de maio de 2020
Gol(o)s 317
Partidas 99
Média 3,2 gol(o)s por partida
Melhor marcador Robert Lewandowski (Bayern de Munique) – 16 gols
Melhor ataque (fase inicial) 29 gols:
Melhor defesa (fase inicial) VfL Wolfsburg – 10 gols
Maior goleada
(diferença)
RB Leipzig 8–0 Mainz 05
Red Bull ArenaLeipzig
2 de novembro de 2019
Público 4 008 340
Média 40 488,3 pessoas por partida
◄◄ 2018–19 Soccerball.svg 2020–21 ►►

A Bundesliga de 2019–20 é a 57ª edição da primeira divisão do futebol alemão. O Bayern de Munique é o detentor do título.[1]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Os 18 clubes se enfrentam em jogos de ida e volta no sistema de pontos corridos. O clube que somar o maior número de pontos será declarado campeão. Além do campeão, os 2º e 3º colocados garantem vagas na UEFA Champions League. O 4º colocado garante vaga na fase preliminar da competição europeia. Já os 5º e 6º colocados se classificam à UEFA Europa League.

Por outro lado, os últimos dois colocados serão rebaixados à 2. Bundesliga. O 16º colocado, por sua vez, disputará play-off contra o 3º colocado da 2. Bundesliga para saber quem jogará à elite na temporada seguinte.[2]

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

  • Maior saldo de gols;
  • Maior número de gols pró;
  • Confronto direto.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Promovidos e rebaixados[editar | editar código-fonte]

Pos. Rebaixados da Bundesliga
16º Stuttgart (play-offs)
17º Hannover 96
18º Nürnberg
Pos. Promovidos da 2. Bundesliga
Köln
Paderborn
Union Berlin (play-offs)

Equipes por Länder[editar | editar código-fonte]

Região N.º Equipes
Flag of North Rhine-Westphalia.svg Renânia do Norte-Vestfália 7 Bayer Leverkusen, Borussia Dortmund, Borussia Mönchengladbach, Fortuna Düsseldorf, Köln, Paderborn e Schalke 04
Flag of Baden-Württemberg.svg Baden-Württemberg 2 Freiburg e Hoffenheim
Flag of Bavaria (striped).svg Baviera 2 Augsburg e Bayern de Munique
Flag of Berlin.svg Berlim 2 Hertha Berlim e Union Berlin
Flag of Bremen.svg Bremen 1 Werder Bremen
Flag of Hesse.svg Hesse 1 Eintracht Frankfurt
Flag of Saxony.svg Saxônia 1 RB Leipzig

Informações das equipes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Treinador Capitão Estádio (mando) Capacidade Material Esportivo
Augsburg Augsburgo Suíça Martin Schmidt Alemanha Daniel Baier WWK Arena 30.660 Estados Unidos Nike
Bayer Leverkusen Leverkusen Países Baixos Peter Bosz Alemanha Lars Bender BayArena 30.210 Alemanha Jako
Bayern de Munique Munique Croácia Niko Kovač Alemanha Manuel Neuer Allianz Arena 75.000 Alemanha Adidas
Borussia Dortmund Dortmund Suíça Lucien Favre Alemanha Marco Reus Signal Iduna Park 81.365 Alemanha Puma
Borussia Mönchengladbach Mönchengladbach Alemanha Marco Rose Alemanha Lars Stindl Borussia-Park 59.724 Alemanha Puma
Eintracht Frankfurt Frankfurt Áustria Adi Hütter Argentina David Abraham Commerzbank-Arena 51.500 Estados Unidos Nike
Fortuna Düsseldorf Düsseldorf Alemanha Friedhelm Funkel Alemanha Oliver Fink Merkur Spiel-Arena 54.600 Alemanha Uhlsport
Freiburg Friburgo em Brisgóvia Alemanha Christian Streich Alemanha Mike Frantz Schwarzwald-Stadion 24.000 Dinamarca Hummel
Hertha Berlin Berlim Croácia Ante Čović Bósnia e Herzegovina Vedad Ibišević Olympiastadion 74.649 Estados Unidos Nike
Hoffenheim Sinsheim Países Baixos Alfred Schreuder Alemanha Kevin Vogt PreZero Arena 30.150 Espanha Joma
Köln Colônia Alemanha Achim Beierlorzer Alemanha Jonas Hector RheinEnergieStadion 49.698 Alemanha Uhlsport
Mainz 05 Mainz Alemanha Sandro Schwarz Alemanha Stefan Bell Opel Arena 34.000 Itália Lotto
Paderborn Paderborn Alemanha Steffen Baumgart Alemanha Christian Strohdiek Benteler-Arena 15.000 Alemanha Saller
RB Leipzig Leipzig Alemanha Julian Nagelsmann Hungria Willi Orban Red Bull Arena 42.558 Estados Unidos Nike
Schalke 04 Gelsenkirchen Estados Unidos David Wagner Alemanha Alexander Nübel Veltins-Arena 62.271 Inglaterra Umbro
Union Berlin Berlim Suíça Urs Fischer Alemanha Christopher Trimmel An der Alten Försterei 22.012 Alemanha Adidas
Werder Bremen Bremen Alemanha Florian Kohfeldt Finlândia Niklas Moisander Weser-Stadion 42.100 Inglaterra Umbro
Wolfsburg Wolfsburg Áustria Oliver Glasner França Josuha Guilavogui Volkswagen Arena 30.000 Estados Unidos Nike

Mudanças de treinadores[editar | editar código-fonte]

Clube Antecessor Motivo Data da vaga Pos Sucessor Data da
nomeação
Hoffenheim Alemanha Julian Nagelsmann Contratado pelo RB Leipzig 21 de junho de 2018[3] Pré-temporada Países Baixos Alfred Schreuder 19 de março de 2019[4]
RB Leipzig Alemanha Ralf Rangnick Remanejado 9 de julho de 2018[5] Alemanha Julian Nagelsmann 21 de junho de 2018[3]
VfL Wolfsburg Alemanha Bruno Labbadia Fim de contrato 12 de março de 2019[6] Áustria Oliver Glasner 23 de abril de 2019[7]
Schalke 04 Países Baixos Huub Stevens Fim de contrato 14 de março de 2019[8] Estados Unidos David Wagner 9 de maio de 2019[9]
Borussia Mönchengladbach Alemanha Dieter Hecking Demitido 2 de abril de 2019[10] Alemanha Marco Rose 10 de abril de 2019[11]
Hertha Berlim Hungria Pál Dárdai Consenso mútuo 16 de abril de 2019[12] Croácia Ante Čović 12 de maio de 2019[13]
Köln Alemanha André Pawlak Fim de contrato 27 de abril de 2019[14] Alemanha Achim Beierlorzer 13 de maio de 2019[15]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 10 de novembro de 2019.

Pos Equipes Pts J V E D GM GS SG Classificação ou rebaixamento
1 Borussia Mönchengladbach 25 11 8 1 2 24 11 +12 Fase de Grupos da Liga dos Campeões da UEFA de 2019–20
2 RB Leipzig 21 11 6 3 2 29 12 +17
3 Bayern de Munique 21 11 6 3 2 29 16 +13
4 Freiburg 21 11 6 3 2 20 12 +8
5 Hoffenheim 20 11 6 2 3 16 14 +2 Fase de Grupos da Liga Europa da UEFA de 2019–20
6 Borussia Dortmund 19 11 5 4 2 23 15 +8 Play-offs da Liga Europa da UEFA de 2019–20
7 Schalke 04 19 11 5 4 2 20 14 +6
8 Bayer Leverkusen 18 11 5 3 3 17 15 +2
9 Eintracht Frankfurt 17 11 5 2 4 21 16 +5
10 VfL Wolfsburg 17 11 4 5 2 11 10 +1
11 Union Berlin 13 11 4 1 6 13 17 –4
12 Hertha Berlim 11 11 3 2 6 17 21 –4
13 Fortuna Düsseldorf 11 11 3 2 6 15 19 –4
14 Werder Bremen 11 11 2 5 4 18 24 –6
15 Augsburg 10 11 2 4 5 13 24 –11
16 Mainz 05 9 11 3 0 8 12 30 –18 Play-off do Rebaixamento
17 Köln 7 11 2 1 8 10 23 –13 Zona de rebaixamento à 2. Bundesliga de 2019–20
18 Paderborn 4 11 1 1 9 11 24 –13

Confrontos[editar | editar código-fonte]

  AUG LEV BMU BVB BMG EIN FOR FRE HER HOF KÖL MAI PAD RBL SCH UNB WER WOL
Augsburg 0–3 2–2 2–1 2–3 1–1
Bayer Leverkusen 1–2 0–0 3–2 1–1 2–0 2–2
Bayern de Munique 4–0 2–2 1–2 4–0 6–1 2–1
Borussia Dortmund 5–1 4–0 1–0 2–2 3–0
Borussia Mönchengladbach 5–1 4–2 2–1 1–3 0–0 3–1
Eintracht Frankfurt 3–0 5–1 2–2 2–1 1–0 2–2
Fortuna Düsseldorf 1–3 1–2 2–0 1–0 1–1
Freiburg 1–1 2–2 1–0 1–2 3–0 2–1
Hertha Berlim 3–1 2–3 2–1 2–4 0–3
Hoffenheim 0–3 0–3 3–0 2–0 3–2
Köln 1–3 0–1 0–4 1–2 3–0
Mainz 05 1–3 2–1 3–1 2–3 0–1
Paderborn 0–1 2–3 2–0 1–3 1–2 1–5
RB Leipzig 1–1 2–1 8–0 1–3 1–1
Schalke 04 0–3 0–0 3–3 3–0 1–1 2–1
Union Berlin 3–1 1–2 2–0 1–0 0–4 1–2
Werder Bremen 3–2 1–3 2–2 1–1 0–3
Wolfsburg 0–0 0–2 1–1 2–1 1–1 1–0

Desempenho por rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34
BVB RBL BMU BMG

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34
UNB MAI HER PAD

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Hat-tricks[editar | editar código-fonte]

Symbol arrow up.svg Atualizado em 10 de novembro de 2019

Jogador Para Contra Resultado Data Ref.
Polónia Robert Lewandowski Bayern de Munique Schalke 04 3–0 24 de agosto de 2019 [17]
Alemanha Timo Werner RB Leipzig Borussia Mönchengladbach 3–1 30 de agosto de 2019 [18]
Alemanha Timo Werner RB Leipzig Mainz 05 8–0 2 de novembro de 2019 [19]
Alemanha Rouwen Hennings Fortuna Düsseldorf Schalke 04 3–3 9 de novembro de 2019 [20]

Referências

  1. «Ribéry e Robben marcam no adeus, Bayern goleia e conquista título alemão em casa». Globoesporte.com. Consultado em 26 de maio de 2019 
  2. «Regulamento». Consultado em 1 de maio de 2018 
  3. a b «Bestätigt: Nagelsmann ab 2019 Trainer bei RB Leipzig». kicker.de (em alemão). kicker. 21 de junho de 2018. Consultado em 11 de março de 2019 
  4. «Nagelsmann-Nachfolger: Schreuder übernimmt Hoffenheim». kicker.de (em alemão). kicker. 19 de março de 2019. Consultado em 7 de abril de 2019 
  5. «Rangnick wieder Chef – auch "wegen des Themas Sprache"». kicker.de (em alemão). kicker. 9 de julho de 2018. Consultado em 11 de março de 2019 
  6. «Labbadia verlässt Wolfsburg im Sommer - Nachfolger Rose?». kicker.de (em alemão). kicker. 12 de março de 2019. Consultado em 2 de abril de 2019 
  7. «Bestätigt: Glasner wird Labbadia-Nachfolger». kicker.de (em alemão). kicker. 23 de abril de 2019. Consultado em 23 de abril de 2019 
  8. «Schalke 04 stellt Chef-Trainer Domenico Tedesco frei». schalke04.de (em alemão). 14 de março de 2019. Consultado em 14 de março de 2019 
  9. «Bis 2022: David Wagner neuer Trainer beim FC Schalke». kicker.de (em alemão). kicker. 9 de maio de 2019. Consultado em 9 de maio de 2019 
  10. «Gladbach trennt sich zum Saisonende von Trainer Hecking». kicker.de (em alemão). kicker. 2 de abril de 2019. Consultado em 2 de abril de 2019 
  11. «Offiziell: Rose wird im Sommer Trainer in Gladbach». kicker.de (em alemão). kicker. 10 de abril de 2019. Consultado em 10 de abril de 2019 
  12. «Trainerwechsel im Sommer». herthabsc.de (em alemão). 16 de abril de 2019. Consultado em 16 de abril de 2019 
  13. «Covic wird neuer Cheftrainer bei Hertha BSC». kicker.de (em alemão). kicker. 12 de maio de 2019. Consultado em 12 de maio de 2019 
  14. «FC trennt sich von Markus Anfang». fc.de (em alemão). 27 de abril de 2019 
  15. «Beierlorzer wird Trainer beim 1. FC Köln». kicker.de (em alemão). kicker. 13 de maio de 2019. Consultado em 13 de maio de 2019 
  16. a b «Players». Soccerway.com. Consultado em 9 de novembro de 2019 
  17. «Schalke 04 vs. Bayern de Munique». Soccerway.com. Consultado em 24 de agosto de 2019 
  18. «Borussia Mönchengladbach vs. RB Leipzig». Soccerway.com. Consultado em 30 de agosto de 2019 
  19. «RB Leipzig vs. Mainz». Soccerway.com. Consultado em 2 de novembro de 2019 
  20. «Schalke 04 vs. Fortuna Düsseldorf». Soccerway.com. Consultado em 9 de novembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]