Bundesliga de 2019–20

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato Alemão de Futebol
Bundesliga
Bundesliga logo (2017).png
Dados
Participantes 18
Organização DFB
Anfitrião Alemanha
Período 16 de agosto de 2019 – 27 de junho de 2020
Gol(o)s 982
Partidas 306
Média 3,21 gol(o)s por partida
Campeão Bayern de Munique
Vice-campeão Borussia Dortmund
3.º colocado RB Leipzig
4.º colocado Borussia Mönchengladbach
Rebaixado(s) Paderborn
Fortuna Düsseldorf
Melhor marcador Robert Lewandowski (Bayern de Munique) – 34 gols
Melhor ataque (fase inicial) Bayern de Munique – 100 gols
Melhor defesa (fase inicial) Bayern de Munique – 32 gols
Maior goleada
(diferença)
RB Leipzig 8–0 Mainz 05
Red Bull ArenaLeipzig
2 de novembro de 2019
Público 9 112 950
Média 40 865,2 pessoas por partida
◄◄ 2018–19 Soccerball.svg 2020–21 ►►

A Bundesliga de 2019–20 foi a 57ª edição da primeira divisão do futebol alemão. O Bayern de Munique era o atual campeão,[1] e conseguiu o inédito octacampeonato em 16 de junho de 2020, ao vencer o Werder Bremen fora de casa por 1–0.[2]

Em 13 de março de 2020, a DFL suspendeu a Bundesliga devido ao Surto de COVID-19 na Alemanha.[3] Após a autorização do governo alemão, a DFL oficializou o retorno da Bundesliga para o dia 16 de maio, sendo a primeira grande liga de futebol da Europa a voltar.[4]

Efeitos do Surto de COVID-19[editar | editar código-fonte]

Em 8 de março de 2020, o Ministro Federal da Saúde, Jens Spahn, recomendou o cancelamento de eventos com mais de 1.000 pessoas.[5] No dia seguinte, a DFL anunciou que a temporada da Bundesliga seria concluída para garantir o planejamento da temporada seguinte.[6] No dia 10 de março, foi anunciado que a partida entre o Borussia Mönchengladbach e o Köln, no dia 11 de março, seria disputado a portas fechadas, a primeira ocorrência desse tipo na história da liga.[7] Devido a restrições locais nas reuniões públicas, todos os jogos da rodada 26 (13 a 16 de março) foram planejados para serem disputados sem espectadores.[8] No entanto, a rodada foi adiada em 13 de março devido a problemas de segurança.[3] Em 16 de março, a assembléia geral da DFL suspendeu a liga até pelo menos 2 de abril e agendou outra reunião para a última semana de março para discutir como a competição deve ocorrer.[9]

Em 13 de março de 2020, Luca Kilian, do Paderborn, foi o primeiro jogador da Bundesliga a dar positivo para o COVID-19.[10]

Após a autorização do governo alemão, a DFL oficializou o retorno da Bundesliga, com portões fechados, para o dia 16 de maio. A data marca o reinício a partir da 26° rodada.[4]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Os 18 clubes se enfrentarão em jogos de ida e volta no sistema de pontos corridos. O clube que somar o maior número de pontos será declarado campeão. Além do campeão, o 2º, 3º e 4º colocados garantirão vagas na Liga dos Campeões da UEFA. O 5º colocado estará na fase de grupos da Liga Europa da UEFA, enquanto o 6º colocado disputará a fase preliminar da mesma competição.

Por outro lado, os últimos dois colocados serão rebaixados à 2. Bundesliga. O 16º colocado, por sua vez, disputará um play-off contra o 3º colocado da 2. Bundesliga para saber quem jogará a elite na temporada seguinte.[11]

Nessa temporada, o número de substitutos permitidos no banco de reservas aumentou de sete para nove.[12] Após o reinício, a DFL, com a autorização da IFAB, permitiu que as equipes façam até cinco substituições por partida pelo restante da temporada.[13]

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

  • Maior saldo de gols;
  • Maior número de gols pró;
  • Confronto direto.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Promovidos e rebaixados[editar | editar código-fonte]

Pos. Rebaixados da Bundesliga
16º Stuttgart (play-offs)
17º Hannover 96
18º Nürnberg
Pos. Promovidos da 2. Bundesliga
Köln
Paderborn
Union Berlin (play-offs)

Equipes por estado[editar | editar código-fonte]

Estado N.º Equipes
Flag of North Rhine-Westphalia.svg Renânia do Norte-Vestfália 7 Bayer Leverkusen, Borussia Dortmund, Borussia Mönchengladbach, Fortuna Düsseldorf, Köln, Paderborn e Schalke 04
Flag of Baden-Württemberg.svg Baden-Württemberg 2 Freiburg e Hoffenheim
Flag of Bavaria (striped).svg Baviera 2 Augsburg e Bayern de Munique
Flag of Berlin.svg Berlim 2 Hertha Berlim e Union Berlin
Flag of Lower Saxony.svg Baixa Saxônia 1 VfL Wolfsburg
Flag of Bremen.svg Bremen 1 Werder Bremen
Flag of Hesse.svg Hesse 1 Eintracht Frankfurt
Flag of Rhineland-Palatinate.svg Renânia-Palatinado 1 Mainz 05
Flag of Saxony.svg Saxônia 1 RB Leipzig

Informações das equipes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Treinador Capitão Estádio (mando) Capacidade Material Esportivo
Augsburg Augsburgo Alemanha Heiko Herrlich Alemanha Daniel Baier WWK Arena 30.660 Estados Unidos Nike
Bayer Leverkusen Leverkusen Países Baixos Peter Bosz Alemanha Lars Bender BayArena 30.210 Alemanha Jako
Bayern de Munique Munique Alemanha Hans-Dieter Flick Alemanha Manuel Neuer Allianz Arena 75.000 Alemanha Adidas
Borussia Dortmund Dortmund Suíça Lucien Favre Alemanha Marco Reus Signal Iduna Park 81.365 Alemanha Puma
Borussia Mönchengladbach Mönchengladbach Alemanha Marco Rose Alemanha Lars Stindl Borussia-Park 59.724 Alemanha Puma
Eintracht Frankfurt Frankfurt am Main Áustria Adi Hütter Argentina David Abraham Commerzbank-Arena 51.500 Estados Unidos Nike
Fortuna Düsseldorf Düsseldorf Alemanha Uwe Rösler Alemanha Oliver Fink Merkur Spiel-Arena 54.600 Alemanha Uhlsport
Freiburg Friburgo em Brisgóvia Alemanha Christian Streich Alemanha Mike Frantz Schwarzwald-Stadion 24.000 Dinamarca Hummel
Hertha Berlin Berlim Alemanha Bruno Labbadia Bósnia e Herzegovina Vedad Ibišević Olympiastadion 74.649 Estados Unidos Nike
Hoffenheim Sinsheim Alemanha Marcel Rapp (interino) Alemanha Kevin Vogt PreZero Arena 30.150 Espanha Joma
Köln Colônia Alemanha Markus Gisdol Alemanha Jonas Hector RheinEnergieStadion 49.698 Alemanha Uhlsport
Mainz 05 Mainz Alemanha Achim Beierlorzer Alemanha Stefan Bell Opel Arena 34.000 Itália Lotto
Paderborn Paderborn Alemanha Steffen Baumgart Alemanha Christian Strohdiek Benteler-Arena 15.000 Alemanha Saller
RB Leipzig Leipzig Alemanha Julian Nagelsmann Hungria Willi Orban Red Bull Arena 42.558 Estados Unidos Nike
Schalke 04 Gelsenkirchen Estados Unidos David Wagner Alemanha Alexander Nübel Veltins-Arena 62.271 Inglaterra Umbro
Union Berlin Berlim Suíça Urs Fischer Alemanha Christopher Trimmel An der Alten Försterei 22.012 Alemanha Adidas
Werder Bremen Bremen Alemanha Florian Kohfeldt Finlândia Niklas Moisander Weser-Stadion 42.100 Inglaterra Umbro
Wolfsburg Wolfsburg Áustria Oliver Glasner França Josuha Guilavogui Volkswagen Arena 30.000 Estados Unidos Nike

Mudanças de treinadores[editar | editar código-fonte]

Clube Antecessor Motivo Data da vaga Pos Sucessor Data da
nomeação
Hoffenheim Alemanha Julian Nagelsmann Contratado pelo RB Leipzig 21 de junho de 2018[14] Pré-temporada Países Baixos Alfred Schreuder 19 de março de 2019[15]
RB Leipzig Alemanha Ralf Rangnick Remanejado 9 de julho de 2018[16] Alemanha Julian Nagelsmann 21 de junho de 2018[14]
VfL Wolfsburg Alemanha Bruno Labbadia Fim de contrato 12 de março de 2019[17] Áustria Oliver Glasner 23 de abril de 2019[18]
Schalke 04 Países Baixos Huub Stevens Fim de contrato 14 de março de 2019[19] Estados Unidos David Wagner 9 de maio de 2019[20]
Borussia Mönchengladbach Alemanha Dieter Hecking Demitido 2 de abril de 2019[21] Alemanha Marco Rose 10 de abril de 2019[22]
Hertha Berlim Hungria Pál Dárdai Consenso mútuo 16 de abril de 2019[23] Croácia Ante Čović 12 de maio de 2019[24]
Köln Alemanha André Pawlak Fim de contrato 27 de abril de 2019[25] Alemanha Achim Beierlorzer 13 de maio de 2019[26]
Bayern de Munique Croácia Niko Kovač Consenso mútuo 3 de novembro de 2019[27] Alemanha Hans-Dieter Flick 3 de novembro de 2019[28]
Köln Alemanha Achim Beierlorzer Demitido 9 de novembro de 2019[29] 17º Alemanha Markus Gisdol 18 de novembro de 2019[30]
Mainz 05 Alemanha Sandro Schwarz Consenso mútuo 10 de novembro de 2019[31] 16º Alemanha Achim Beierlorzer 18 de novembro de 2019[32]
Hertha Berlim Croácia Ante Čović 27 de novembro de 2019[33] 15º Alemanha Jürgen Klinsmann 27 de novembro de 2019[34]
Fortuna Düsseldorf Alemanha Friedhelm Funkel Demitido 29 de janeiro de 2020[35] 18ª Alemanha Uwe Rösler 29 de janeiro de 2020[36]
Hertha Berlim Alemanha Jürgen Klinsmann Resignado 11 de fevereiro de 2020[37] 14ª Alemanha Bruno Labbadia 9 de abril de 2020[38]
Augsburg Suíça Martin Schmidt Demitido 9 de março de 2020[39] 14ª Alemanha Heiko Herrlich 10 de março de 2020[40]
Hoffenheim Países Baixos Alfred Schreuder Consenso mútuo 9 de junho de 2020[41] Alemanha Marcel Rapp (interino) 9 de junho de 2020[41]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 27 de junho de 2020.

Pos Equipes Pts J V E D GM GS SG Classificação ou rebaixamento
1 Bayern de Munique 82 34 26 4 4 100 32 +68 Fase de Grupos da Liga dos Campeões da UEFA de 2020–21
2 Borussia Dortmund 69 34 21 6 7 84 41 +43
3 RB Leipzig 66 34 18 12 4 81 37 +44
4 Borussia Mönchengladbach 65 34 20 5 9 66 40 +26
5 Bayer Leverkusen 63 34 19 6 9 61 44 +17 Fase de Grupos da Liga Europa da UEFA de 2020–21[a]
6 Hoffenheim 52 34 15 7 12 53 53 0
7 VfL Wolfsburg 49 34 13 10 11 48 46 +2 Play-offs da Liga Europa da UEFA de 2020–21[a]
8 Freiburg 48 34 13 9 12 48 47 +1
9 Eintracht Frankfurt 45 34 13 6 15 59 60 –1
10 Hertha Berlim 41 34 11 8 15 48 59 –11
11 Union Berlin 41 34 12 5 17 41 58 –17
12 Schalke 04 39 34 9 12 13 38 58 –20
13 Mainz 05 37 34 11 4 19 44 65 –21
14 Köln 36 34 10 6 18 51 69 –18
15 Augsburg 36 34 9 9 16 45 63 –18
16 Werder Bremen 31 34 8 7 19 42 69 –27 Play-off do Rebaixamento
17 Fortuna Düsseldorf 30 34 6 12 16 36 67 –31 Zona de rebaixamento à 2. Bundesliga de 2020–21
18 Paderborn 20 34 4 8 22 37 74 –37
  • a ^ Desde que o vencedor da Copa da Alemanha de Futebol de 2019–20, Bayern de Munique, se classificou para a Liga dos Campeões com base na posição da liga, a vaga na fase de grupos da Liga Europa foi passada para o sexto colocado e a segunda pré-eliminatória da Liga Europa foi passada para o sétimo colocado.

Confrontos[editar | editar código-fonte]

  AUG LEV BMU BVB BMG EIN FOR FRE HER HOF KÖL MAI PAD RBL SCH UNB WER WOL
Augsburg 0–3 2–2 3–5 2–3 2–1 3–0 1–1 4–0 1–3 1–1 2–1 0–0 1–2 2–3 1–1 2–1 1–2
Bayer Leverkusen 2–0 2–4 4–3 1–2 4–0 3–0 1–1 0–1 0–0 3–1 1–0 3–2 1–1 2–1 2–0 2–2 1–4
Bayern de Munique 2–0 1–2 4–0 2–1 5–2 5–0 3–1 2–2 1–2 4–0 6–1 3–2 0–0 5–0 2–1 6–1 2–0
Borussia Dortmund 5–1 4–0 0–1 1–0 4–0 5–0 1–0 1–0 0–4 5–1 0–2 3–3 3–3 4–0 5–0 2–2 3–0
Borussia Mönchengladbach 5–1 1–3 2–1 1–2 4–2 2–1 4–2 2–1 1–1 2–1 3–1 2–0 1–3 0–0 4–1 3–1 3–0
Eintracht Frankfurt 5–0 3–0 5–1 2–2 1–3 2–1 3–3 2–2 1–0 2–4 0–2 3–2 2–0 2–1 1–2 2–2 0–2
Fortuna Düsseldorf 1–1 1–3 0–4 0–1 1–4 1–1 1–2 3–3 2–2 2–0 1–0 0–0 0–3 2–1 2–1 0–1 1–1
Freiburg 1–1 0–1 1–3 2–2 1–0 1–0 0–2 2–1 1–0 1–2 3–0 0–2 2–1 4–0 3–1 0–1 1–0
Hertha Berlim 2–0 2–0 0–4 1–2 0–0 1–4 3–1 1–0 2–3 0–5 1–3 2–1 2–4 0–0 4–0 2–2 0–3
Hoffenheim 2–4 2–1 0–6 2–1 0–3 1–2 1–1 0–3 0–3 3–1 1–5 3–0 0–2 2–0 4–0 3–2 2–3
Köln 1–1 2–0 1–4 1–3 0–1 1–1 2–2 4–0 0–4 1–2 2–2 3–0 2–4 3–0 1–2 1–0 3–1
Mainz 05 0–1 0–1 1–3 0–4 1–3 2–1 1–1 1–2 2–1 0–1 3–1 2–0 0–5 0–0 2–3 3–1 0–1
Paderborn 0–1 1–4 2–3 1–6 1–3 2–1 2–0 1–3 1–2 1–1 1–2 1–2 2–3 1–5 1–1 1–5 2–4
RB Leipzig 3–1 1–1 1–1 0–2 2–2 2–1 2–2 1–1 2–2 3–1 4–1 8–0 1–1 1–3 3–1 3–0 1–1
Schalke 04 0–3 1–1 0–3 0–0 2–0 1–0 3–3 2–2 3–0 1–1 1–1 2–1 1–1 0–5 2–1 0–1 1–4
Union Berlin 2–0 2–3 0–2 3–1 2–0 1–2 3–0 2–0 1–0 0–2 2–0 1–1 1–0 0–4 1–1 1–2 2–2
Werder Bremen 3–2 1–4 0–1 0–2 0–0 0–3 1–3 2–2 1–1 0–3 6–1 0–5 0–1 0–3 1–2 0–2 0–1
Wolfsburg 0–0 0–2 0–4 0–2 2–1 1–2 1–1 2–2 1–2 1–1 2–1 4–0 1–1 0–0 1–1 1–0 2–3

Desempenho por rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34
BVB RBL BMU BMG RBL BMU

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34
UNB MAI HER PAD KÖL PAD FOR PAD

Play-off do rebaixamento[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida[editar | editar código-fonte]

2 de julho de 2020 Werder Bremen 0 – 0 Heidenheim Weserstadion, Bremen
20:30 (UTC+2)
Relatório Público: 0
Árbitro: AlemanhaALE Felix Zwayer

Jogo de volta[editar | editar código-fonte]

6 de julho de 2020 Heidenheim 2 – 2 Werder Bremen Voith-Arena, Heidenheim
20:30 (UTC+2)
Kleindienst Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85', Gol marcado aos 90+7 minutos de jogo 90+7' (pen.) Relatório Theuerkauf Gol contra marcado aos 3 minutos de jogo 3' (g.c.)
Augustinsson Gol marcado aos 90+4 minutos de jogo 90+4'
Público: 0
Árbitro: AlemanhaALE Felix Brych

2–2 no placar agregado. O Werder Bremen venceu pelos gols fora e, portanto, ambos os clubes permanecem em suas respectivas ligas.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Hat-tricks[editar | editar código-fonte]

Symbol arrow up.svg Atualizado em 27 de junho de 2020

Jogador Para Contra Resultado Data Ref.
Polónia Robert Lewandowski Bayern de Munique Schalke 04 3–0 24 de agosto de 2019 [43]
Alemanha Timo Werner RB Leipzig Borussia Mönchengladbach 3–1 30 de agosto de 2019 [44]
Mainz 05 8–0 2 de novembro de 2019 [45]
Alemanha Rouwen Hennings Fortuna Düsseldorf Schalke 04 3–3 9 de novembro de 2019 [46]
Brasil Philippe Coutinho Bayern de Munique Werder Bremen 6–1 14 de dezembro de 2019 [47]
Suécia Robin Quaison Mainz 05 5–0 17 de dezembro de 2019 [48]
Noruega Erling Håland Borussia Dortmund Augsburg 5–3 18 de janeiro de 2020 [49]
Suécia Robin Quaison Mainz 05 Hertha Berlim 3–1 8 de fevereiro de 2020 [50]
Países Baixos Wout Weghorst VfL Wolfsburg Hoffenheim 3–2 15 de fevereiro de 2020 [51]
Alemanha Timo Werner RB Leipzig Mainz 05 5–0 24 de maio de 2020 [52]
Inglaterra Jadon Sancho Borussia Dortmund Paderborn 6–1 31 de maio de 2020 [53]
Croácia Andrej Kramarić4 Hoffenheim Borussia Dortmund 4–0 27 de junho de 2020 [54]

4 Jogador marcou quatro gols

Referências

  1. «Ribéry e Robben marcam no adeus, Bayern goleia e conquista título alemão em casa». Globoesporte.com. Consultado em 26 de maio de 2019 
  2. «É octa! Bayern de Munique vence o Werder Bremen e conquista mais um título do Campeonato Alemão». Globoesporte.com. Consultado em 28 de junho de 2020 
  3. a b «Nach aktuellen Entwicklungen in Zusammenhang mit dem Corona-Virus: DFL beschließt Verlegung des 26. Spieltags der Bundesliga und 2. Bundesliga». Deutsche Fußball Liga (em alemão). 13 de março de 2020. Consultado em 13 de março de 2020 
  4. a b «Bundesliga define data de retorno e divulga calendário completo - 07/05/2020 - Esporte - Folha» 
  5. «Bundesliga bald vor leeren Rängen?». ARD (em alemão). 9 de março de 2020. Consultado em 10 de março de 2020 
  6. «DFL-Präsidium befasst sich mit Corona-Virus: Ansetzungstermine für den kommenden Spieltag bleiben unverändert». Deutsche Fußball Liga (em alemão). 9 de março de 2020. Consultado em 10 de março de 2020 
  7. «Erstes Bundesliga-Geisterspiel: Gladbach gegen Köln ohne Zuschauer». kicker (em alemão). 10 de março de 2020. Consultado em 10 de março de 2020 
  8. «Geisterspieltag, Revierderby und Herrlich-Debüt». kicker (em alemão). 12 de março de 2020. Consultado em 13 de março de 2020 
  9. «DFL-Mitgliederversammlung beschließt weitere Verlegung für die Bundesliga und 2. Bundesliga – Erneutes Club-Treffen in der letzten März-Woche vereinbart». Deutsche Fußball Liga (em alemão). 16 de março de 2020. Consultado em 16 de março de 2020 
  10. «Erste Erkrankung». Sport-Club Paderborn 07 (em alemão). 13 de março de 2020. Consultado em 14 de março de 2020 
  11. «Regulamento». Consultado em 8 de agosto de 2020 
  12. Jan Reinold (11 de abril de 2019). «Neue Regel: Mehr Auswechselspieler – auch Mehr-Kosten?». kicker.de (em alemão). kicker-sportmagazin. Consultado em 26 de julho de 2019 
  13. «Bundesliga permitirá 5 substituições por equipe e confirma rebaixamento». Terra. Consultado em 18 de maio de 2020 
  14. a b «Bestätigt: Nagelsmann ab 2019 Trainer bei RB Leipzig». kicker.de (em alemão). kicker. 21 de junho de 2018. Consultado em 11 de março de 2019 
  15. «Nagelsmann-Nachfolger: Schreuder übernimmt Hoffenheim». kicker.de (em alemão). kicker. 19 de março de 2019. Consultado em 7 de abril de 2019 
  16. «Rangnick wieder Chef – auch "wegen des Themas Sprache"». kicker.de (em alemão). kicker. 9 de julho de 2018. Consultado em 11 de março de 2019 
  17. «Labbadia verlässt Wolfsburg im Sommer - Nachfolger Rose?». kicker.de (em alemão). kicker. 12 de março de 2019. Consultado em 2 de abril de 2019 
  18. «Bestätigt: Glasner wird Labbadia-Nachfolger». kicker.de (em alemão). kicker. 23 de abril de 2019. Consultado em 23 de abril de 2019 
  19. «Schalke 04 stellt Chef-Trainer Domenico Tedesco frei». schalke04.de (em alemão). 14 de março de 2019. Consultado em 14 de março de 2019 
  20. «Bis 2022: David Wagner neuer Trainer beim FC Schalke». kicker.de (em alemão). kicker. 9 de maio de 2019. Consultado em 9 de maio de 2019 
  21. «Gladbach trennt sich zum Saisonende von Trainer Hecking». kicker.de (em alemão). kicker. 2 de abril de 2019. Consultado em 2 de abril de 2019 
  22. «Offiziell: Rose wird im Sommer Trainer in Gladbach». kicker.de (em alemão). kicker. 10 de abril de 2019. Consultado em 10 de abril de 2019 
  23. «Trainerwechsel im Sommer». herthabsc.de (em alemão). 16 de abril de 2019. Consultado em 16 de abril de 2019 
  24. «Covic wird neuer Cheftrainer bei Hertha BSC». kicker.de (em alemão). kicker. 12 de maio de 2019. Consultado em 12 de maio de 2019 
  25. «FC trennt sich von Markus Anfang». fc.de (em alemão). 27 de abril de 2019 
  26. «Beierlorzer wird Trainer beim 1. FC Köln». kicker.de (em alemão). kicker. 13 de maio de 2019. Consultado em 13 de maio de 2019 
  27. «FC Bayern and head coach Niko Kovac part company». fcbayern.com (em inglês). Fußball-Club Bayern München. 3 de novembro de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2019 
  28. «Bayern München trennt sich von Trainer Kovac». kicker.de (em alemão). Nuremberga: Kicker. 3 de novembro de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2019 
  29. «FC and Achim Beierlorzer part ways». fc.de. 1. Fußball-Club Köln 01/07. 9 de novembro de 2019. Consultado em 11 de novembro de 2019 
  30. «FC sign Horst Heldt and Markus Gisdol». fc.de (em alemão). 1. Fußball-Club Köln 01/07. 18 de novembro de 2019. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  31. «Mainz trennt sich von Trainer Sandro Schwarz». kicker.de (em alemão). Nuremberga: Kicker. 10 de novembro de 2019. Consultado em 11 de novembro de 2019 
  32. «Fliegender Wechsel: Beierlorzer neuer Trainer in Mainz». kicker.de. Kicker. 18 de novembro de 2019. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  33. «Ante Covic leaves Hertha by mutual consent». herthabsc.de. Hertha Berliner Sport-Club. 27 de novembro de 2019. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  34. «Jürgen Klinsmann wird Trainer bei Hertha BSC». Der Spiegel (em alemão). Deutsche Presse-Agentur. 27 de novembro de 2019. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  35. «Fortuna Düsseldorf entlässt Trainer Funkel». kicker.de (em alemão). kicker. 29 de janeiro de 2020. Consultado em 29 de janeiro de 2020 
  36. «Funkel-Nachfolger gefunden: Rösler wird Fortuna-Trainer». kicker.de (em alemão). kicker. 29 de janeiro de 2020. Consultado em 29 de janeiro de 2020 
  37. «"Am Morgen überrascht worden": Hertha bestätigt Klinsmann-Rücktritt». kicker.de (em alemão). kicker. 11 de fevereiro de 2020. Consultado em 11 de fevereiro de 2020 
  38. «Bruno Labbadia neuer Cheftrainer bei Hertha BSC». herthabsc.de (em alemão). Hertha Berliner Sport-Club. 9 de abril de 2020. Consultado em 9 de abril de 2020 
  39. «Der FC Augsburg stellt Trainer Martin Schmidt frei». kicker.de (em alemão). kicker. 9 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  40. «FCA präsentiert Schmidt-Nachfolger: Herrlich übernimmt». kicker.de (em alemão). kicker. 10 de março de 2020. Consultado em 10 de março de 2020 
  41. a b «Differenzen bei Zukunftsplanung: Hoffenheim trennt sich von Trainer Schreuder». kicker.de (em alemão). 9 de junho de 2020. Consultado em 9 de junho de 2020 
  42. a b «Players». Soccerway.com. Consultado em 20 de junho de 2020 
  43. «Schalke 04 vs. Bayern de Munique». Soccerway.com. Consultado em 24 de agosto de 2019 
  44. «Borussia Mönchengladbach vs. RB Leipzig». Soccerway.com. Consultado em 30 de agosto de 2019 
  45. «RB Leipzig vs. Mainz». Soccerway.com. Consultado em 2 de novembro de 2019 
  46. «Schalke 04 vs. Fortuna Düsseldorf». Soccerway.com. Consultado em 9 de novembro de 2019 
  47. «Bayern de Munique vs. Werder Bremen». Soccerway.com. Consultado em 14 de dezembro de 2019 
  48. «Werder Bremen vs. Mainz 05». Soccerway.com. Consultado em 17 de dezembro de 2019 
  49. «Augsburg vs. Borussia Dortmund». Soccerway.com. Consultado em 18 de janeiro de 2020 
  50. «Hertha Berlin vs. Mainz 05». Soccerway.com. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  51. «Hoffenheim vs. Wolfsburg». Soccerway.com. Consultado em 15 de fevereiro de 2020 
  52. «Mainz vs. RB Leipzig». Soccerway.com. Consultado em 24 de maio de 2020 
  53. «Paderborn vs. Borussia Dortmund». Soccerway.com. Consultado em 31 de maio de 2020 
  54. «Borussia Dortmund vs. Hoffenheim». Soccerway.com. Consultado em 27 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]