Casamento de Henrique de Gales e Meghan Markle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Casamento de Henrique de Gales e Rachel Meghan Markle
Participantes Henrique de Gales Meghan Markle
Localização Capela de São Jorge, Castelo de Windsor, Windsor
Data 19 de maio de 2018[1]

O casamento de Henrique de Gales e Meghan Markle foi um evento da família real britânica que ocorreu em 19 maio de 2018. A cerimônia teve lugar na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, Windsor, Inglaterra. O noivo, príncipe Henrique, é neto da Rainha Isabel II. A noiva, Meghan Markle, é uma atriz norte-americana.

O casal[editar | editar código-fonte]

O noivo, Henrique de Gales, é o segundo filho de Carlos, Príncipe de Gales e Diana, Princesa de Gales, e sexto na linha de sucessão à sua avó, Isabel II. A noiva, Meghan Markle, é uma atriz norte-americana que era uma das protagonistas da série Suits.

O casal mantém relacionamento desde junho de 2016, entretanto a relação só veio a público em setembro do mesmo ano. Em 8 de novembro, uma declaração oficial foi divulgada pelo secretário de comunicações da Família Real para enfrentar a "onda de abuso e assédio" dirigida a Markle que seguiu o anúncio de seu relacionamento com Príncipe Harry.[2]

Markle é a segunda norte-americana e a primeira pessoa multirracial a se casar com um membro da família real britânica.[nota 1][3] Após o casamento, o casal viverá em Nottingham Cottage, no palácio do Kensington Palace.[4]

Anúncio de noivado[editar | editar código-fonte]

Henrique e Markle em Sandringham House, no Natal de 2017.

Em 27 de novembro de 2017, anunciou-se que Markle e Príncipe Henrique se tornaram noivos e se casariam no início de 2018.[4] No dia seguinte houve o anúncio de que a cerimônia seria realizada em maio de 2018 e tomaria lugar na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, Windsor, Inglaterra.[5]

A Rainha e o Duque de Edimburgo expressaram publicamente sua aprovação ao casamento, enquanto diversos líderes políticos, incluindo Theresa May e Jeremy Corbyn parabenizaram o casal pelo anúncio. Após o anúncio, o casal concedeu uma entrevista exclusiva a Mishal Husain da BBC News,[6] na qual Markle vestia um vestido cor esmeralda da grife italiana P.A.R.O.S.H e um sobretudo branco da marca canadense Line the Label.[7][8] Horas após a transmissão, o site da empresa saiu do ar temporariamente por não suportar o volume de acessos.[9]

Markle é a segunda estadunidense e a primeira pessoa de raça mista a casar-se com um membro da realeza britânica. O anúncio do noivado provocou muitos comentários sobre o possível significado social (ou insignificância) de Meghan Markle tornar-se um membro da realeza orgulhosamente de raça mista.[10][11][12]

Sob os termos do Ator de Sucessão de 2013, os seis primeiros na linha de sucessão ao trono devem receber o consentimento do soberano para contrair matrimônio.[13] Henrique era o quinto na linha de sucessão quando do anúncio de seu casamento.[14] O consentimento real foi declarado ao Conselho Privado do Reino Unido em 14 de março de 2018.[15][16]

Apesar de ter frequentado uma escola particular católica em sua juventude, Markle afirma não ser católica romana.[17] Em 6 de março de 2018, Markle foi batizada e confirmada na Igreja de Inglaterra pelo Arcebispo da Cantuária Justin Welby em cerimônia privada no Palácio de St. James.[18] Desde 2002, a Igreja Anglicana não proíbe o casamento de pessoas divorciadas com cônjuge ainda vivo, como é o caso de Markle, divorciada desde 2013.[19][20] Com o início do noivado, Markle deu início ao processo de adesão à cidadania britânica, sendo que o Palácio de Kensington não informou se ela manterá dupla cidadania.[21] Manter a cidadania estadunidense causaria complexidade para a realeza britânica, já que suas finanças estariam sob jurisdição do Internal Revenue Service.[22] No fim de 2017, o casal foi convidado a celebrar o Natal juntamente com a Rainha em Sandringham House.

Casamento[editar | editar código-fonte]

A tradicional Capela de São Jorge, construída no século XIV, abrigou o casamento real.

Planejamento[editar | editar código-fonte]

Ao contrário do Casamento de Guilherme de Gales e Catarina Middleton, em 2011, o governo britânico não declarou a data do casamento de Henrique e Meghan Markle como feriado. O casamento ocorreu no mesmo dia da final da Copa da Inglaterra, que normalmente conta com a presença de Guilherme enquanto presidente da The Football Association. A realização do casamento em um sábado quebrou a tradição da realeza britânica de casar-se em dia de semana. Em 12 de fevereiro de 2018, o Palácio de Kensington anunciou que a cerimônia teria início ao meio-dia (horário local).

Local[editar | editar código-fonte]

O casamento ocorreu no sábado, 19 de maio de 2018, na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor.[23][24] A tradicional capela já havia abrigado o casamento do Conde de Wessex (tio de Henrique) e Peter Philips (primo), em 1999 e 2008, respectivamente.[25] Em 2005, o local sediou a cerimônia particular de casamento do Príncipe de Gales e a Duquesa da Cornualha.[26]

Custos[editar | editar código-fonte]

A Família Real anunciou que arcaria com as despesas do casamento de Henrique e Markle.[27] Os custos do bolo, florista e buffet foram estimados em 50 mil, 110 mil e 286 mil libras esterlinas, respectivamente;[28] enquanto o custo total margeia os 32 milhões de libras.[29] Os custos com segurança foram menores do que o casamento dos Duques de Cambridge em 2011.[30] O Real Borough de Windsor e Maidenhead divulgou gastos de 2,6 milhões de libras na limpeza e reorganização de suas vias públicas após o evento.[30]

Trajes de casamento[editar | editar código-fonte]

Festa de casamento[editar | editar código-fonte]

Os Blues and Royals, antigo regimento de Henrique, serviram de escolta na procissão real.

Em 26 de abril de 2018, o Palácio de Kensington anunciou que Henrique havia convidado seu irmão, Guilherme, a ser seu padrinho de casamento.[31][32] Inicialmente não havia sido confirmado se Guilherme deixaria de comparecer à final da Copa da Inglaterra, a qual costuma comparecer como presidente da The Football Association.[33] Em dezembro de 2017, no entanto, o Palácio de Kensington publicou uma nota informando que o horário da cerimônia não impediria a presença de Guilherme no evento esportivo.[34] Contudo, em março, o Duque de Cambridge confirmou sua ausência na final do evento.[35]

Especulou-se se Jessica Mulroney, amiga da noiva, seria sua dama de honra.[36][37] No início de maio de 2018, não havia ainda confirmação sobre esta hipótese e que as madrinhas e os pajens seriam todos crianças.[38] Um total de dez madrinhas e pajens foram selecionados, cinco da noiva e cinco do noivo: dois afilhados de Markle, Rylan e Remi Ritt, bem como Brian, John e Ivy Mulroney; enquanto Henrique escolheu seus sobrinhos Jorge e Carlota,[39] além de seus afilhados Florence van Cutsem, Zalie Warren e Jasper Dyer.[40][41]

Em 18 de maio, o Palácio de Kensington informou que o Príncipe de Gales acompanharia Markle na entrada nupcial, após a confirmação de que Thomas Markle não compareceria ao casamento devido uma cirurgia no coração recente.[42][43] A noiva passou a noite anterior ao casamento com ua mãe em Cliveden House, enquanto o noivo passou a noite juntamente com seu irmão em Coworth Park Hotel.[44] Markle foi acompanhada até ao local do casamento por sua mãe.

Aproximadamente 250 membros das Forças Armadas da Coroa participaram do cerimonial, a maioria dos quais servem em unidades relacionadas de alguma maneira a Henrique:

Cerimônia religiosa[editar | editar código-fonte]

A cerimônia religiosa foi conduzida com base na liturgia cristã para o Sagrado Matrimônio descrita no Livro de Oração Comum da Igreja de Inglaterra, igreja-mãe da Comunhão Anglicana.[45]

Às 8 da manhã (horário local), as dependências do Castelo de Windsor passaram a receber os primeiros espectadores. A congregação e os convidados principais chegaram ao local às 9:30, seguidos pelos membros da Família Real.[46] A Rainha e o Duque de Edimburgo foram os últimos membros da Família Real a partir para a cerimônia, uma antiga tradição, chegando às 11:52 da manhã.[47] Logo em seguida, Markle chegou ao local acompanhada dos pajens e damas de honra. Markle foi acompanhada pelo Príncipe de Gales ao longo da capela até ao altar.[48]

A tia materna de Henrique, Baronea Fellowes, leu um trecho de Cântico dos Cânticos em uma Bíblia cristã. O Deão de Windsor, David Conner, conduziu a cerimônia enquanto o Arcebispo da Cantuária Justin Welby realizou os atos principais. Entre os celebrantes esteve o Bispo Michael Curry da Igreja Episcopal dos Estados Unidos (a autoridade estadunidense da Comunhão Anglicana).[49][50] Em sua homilia de 14 minutos de duração, que citou figuras proeminentes como Martin Luther King Jr. e o jesuíta Teilhard de Chardin (a quem se referiu como "um dos maiores espíritos do século XX"),[51] Curry enfatizou a redenção através do amor;[52] sua extensão imprevista atrasou a cerimônia em oito minutos.[53] Rose Hudson-Wilkin, a Capelã da Rainha, e o Arcebispo Copta de Londres Anba Angaelos conduziram as preces.[54]

Cerimônia familiar[editar | editar código-fonte]

Convidados[editar | editar código-fonte]

O casamento também contou com a presença dos seguintes convidados:

Presentes de casamento[editar | editar código-fonte]

Como o protocolo da família real impede que sejam aceitos presentes de desconhecidos ou de marcas que possam querer fazer publicidade,[55] o casal devolveu mais de 35 milhões de reais em presentes de casamento.[56][57] Uma empresa chegou a enviar uma sunga e um biquíni personalizados ao casal, esperando que fossem usados na lua de mel, mas as peças foram devolvidas.[58] Ao invés de presentes, Meghan e Harry pediram que as pessoas fizessem doações a instituições de caridades.[59]

Notas

Referências

  1. «PRÍNCIPE HARRY E MEGHAN MARKLE ANUNCIAM DATA DO CASAMENTO» (em inglês). Globo. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  2. «A Statement by the Communications Secretary to Prince Harry» (em inglês). The Royal Family. 8 de novembro de 2016. Consultado em 28 de novembro de 2017. 
  3. Maria Puente (27 de novembro de 2017). «Palace: Prince Harry and Meghan Markle announce engagement» (em inglês). USA Today. Consultado em 28 de novembro de 2017. 
  4. a b Haroon Siddique; Robert Booth (27 de novembro de 2017). «Prince Harry 'thrilled' after announcing he is to marry Meghan Markle» (em inglês). The Guardian. Consultado em 28 de novembro de 2017. 
  5. «The marriage of Prince Harry and Ms. Meghan Markle will take place at St. George's Chapel, Windsor Castle in May 2018.» (em inglês). Kensington Palace's Twitter. 28 de novembro de 2017. Consultado em 28 de novembro de 2017. 
  6. «Mishal Husain talks Prince Harry and Megan Markle». Hello!. 29 de novembro de 2017 
  7. «All details on Megan Markle's engagement outfit». Vogue. 28 de novembro de 2017 
  8. «Prince Harry And Meghan Markle Are Engaged». Vogue. 29 de novembro de 2017 
  9. Sutcliffe, Laura (27 de novembro de 2017). «Meghan Markle's engagement look- how it differs from Duchess Kate». Hello! Fashion 
  10. «Meghan Markle: I'm More Than An 'Other'» (em inglês). Elle UK. 22 de dezembro de 2016. Consultado em 28 de novembro de 2017. 
  11. DeNeen L. Brown (27 de novembro de 2017). «Britain's black queen: Will Meghan Markle really be the first mixed-race royal?» (em inglês). The Washington Post. Consultado em 28 de novembro de 2017. 
  12. Gregory Katz (27 de novembro de 2017). «Britain not fazed by mixed-race fiancee for Prince Harry» (em inglês). ABC News. Consultado em 28 de novembro de 2017. 
  13. Luckel, Madeleine (15 de fevereiro de 2017). «Why Prince Harry Would Have to Get the Queen's Permission to Propose to Meghan Markle?». Vogue 
  14. Schallhorn, Kath (27 de abril de 2018). «Here's the line of succession to the British throne». Fox News 
  15. «Instrument of Consent». Official Website of the British Royal Family. 14 de março de 2018 
  16. «The Queen Just Gave Her Consent to Harry and Megan». People. 14 de março de 2018 
  17. Kingsley, Patrick (28 de novembro de 2011). «Royal Engagement Seen as Symbol of Change, With Asterisks». The New York Times 
  18. Walter, Stephen (8 de março de 2018). «Megan Markle baptised by Justin Welby». The Telegraph 
  19. Kavanagh, Joana (22 de maio de 2018). «Who is Meghan Markle's ex-husband Trevor Engelson? Film producer who divorced Prince Harry's American wife». The Sun 
  20. «From Wallis Simpson to Meghan Markle: How the Royals came to accept a divorced fianceé». Vogue. 16 de dezembro de 2017 
  21. «Prince Harry marrying Meghan Markle in may». CBC News. 24 de dezembro de 2017 
  22. «Meghan Markle reportedly considering giving up her U.S. citizenship ahead of royal wedding». AOL. 18 de abril de 2018 
  23. Vickers, Hugo; Horton, Helena (19 de maio de 2018). «First look at the flowers inside Windsor's St George's Chapel for the royal wedding». The Telegraph 
  24. «Royal Wedding». St George's Chapel. 28 de novembro de 2017 
  25. Alderson, Andrew (17 de maio de 2008). «Royal wedding: Peter Philips and Autumn Kelly tie the knot». The Telegraph 
  26. «This Is What Royal Weddings at Windsor Are Really Like». Town & Country. 25 de janeiro de 2018 
  27. «Prince Harry and Meghan Markle to wed at Windsor Castle». BBC News. 28 de novembro de 2017 
  28. «Royal wedding: who's paying?». BBC News. 17 de maio de 2018 
  29. McGoogan, Cara (9 de maio de 2018). «How much will Prince Harry and Meghan Markle's Royal wedding cost?». The Daily Telegraph 
  30. a b Petroff, Alanna (17 de maio de 2018). «The Royal Wedding: Who's picking up the tab?». CNN 
  31. «Revenge is sweet, says best man William». BBC News. 26 de abril de 2018 
  32. «Prince Harry has asked his brother The Duke of Cambridge to be his Best Man at his wedding to Ms. Meghan Markle». Palácio de Kensington. 26 de abril de 2018 
  33. «Prince William marks 10 years as president of FA». The Telegraph. 6 de abril de 2016 
  34. Flanagan, Aaron (18 de dezembro de 2017). «Why Prince William will leave Harry's wedding early – despite brothers being incredibly close». The Mirror 
  35. «Prince William will miss the FA Cup to attend Harry's wedding». ITV. 27 de março de 2018 
  36. Szklarski, Cassandra (3 de maio de 2018). «The royal wedding coronation of Jessica Mulroney». The Hamilton Spectator 
  37. Kindelan, Katie; Durand, Carolyn (5 de abril de 2018). «Everything to know about Meghan Markle's stylist, close friend and wedding planner Jessica Mulroney». ABC News 
  38. «Royal wedding: Meghan Markle's father to walk her down aisle». BBC News. 4 de maio de 2018 
  39. «Prince Harry and Meghan Markle smile next to beaming Prince George in official wedding photo». ABC News. 21 de maio de 2018 
  40. «Royal wedding 2018: Princess Charlotte to be bridesmaid». BBC News. 16 de maio de 2018 
  41. Furness, Hannah (16 de maio de 2018). «Who are the bridesmaids and pageboys at the royal wedding? From Prince George to the Mulroneys». The Telegraph 
  42. «Royal Wedding 2018: Lastest live updates». The Telegraph. 18 de maio de 2018 
  43. «Meghan Markle walked down the aisle by Prince Charles in touching last-minute gesture». news.com;au. 20 de maio de 2018 
  44. «Royal wedding: Where will Harry and Meghan spend the night before?». BBC. 18 de maio de 2018 }
  45. «What time does the royal wedding start: Full order of service». CNN. 19 de maio de 2018 
  46. «Royal wedding: All you need to know». BBC. 19 de maio de 2018 
  47. «The Queen arrives at the Royal Wedding». MSN. 19 de maio de 2018 
  48. «Meghan Markle will begin bridal procession alone, in bold feminist statement». CNN. 18 de maio de 2018 
  49. «Harry and Meghan reveal wedding plans». BBC News 
  50. «Bishop Michael Bruce Curry to give sermon at royal wedding of Prince Harry and Meghan Markle». CBS News 
  51. «Who was the Jesuit priest mentioned during the Royal Wedding sermon?» 
  52. «Royal wedding preacher: Who is Michael Curry?». BBC News. 19 de maio de 2018 
  53. «Frock star». The Sun. 21 de maio de 2018 
  54. «Prince Harry and Meghan Markle's royal wedding: the order of service in full». The Telegraph. 19 de maio de 2018 
  55. Príncipe Harry e Meghan Markle devolvem R$ 35 milhões em presentes de casamento, G1
  56. Casal real devolve presentes que somam cerca de R$ 35 milhões, Estado de Minas
  57. Príncipe Harry e Meghan Markle devolvem R$ 35 milhões em presentes de casamento, Bahia Notícias
  58. Meghan Markle e Príncipe Harry devolvem mais de 35 milhões de reais em presentes de casamento!, Folha Vitória
  59. Não nos envie presentes, doe para caridade, pedem príncipe Harry e Meghan Markle, Reuters