De Havilland Vampire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
DH.100
Vampire
Sea Vampire
Picto infobox Mig 29.png
Descrição
Tipo / Missão Caça, com motor turbojato, monomotor monoplano
País de origem  Reino Unido
Fabricante de Havilland
English Electric
Quantidade produzida 3268 unidade(s)
Desenvolvido em De Havilland Venom
Primeiro voo em 20 de setembro de 1943 (71 anos)
Introduzido em 1945
Aposentado em 1979 (Força Aérea da Rodésia)
Variantes 15 variantes
Tripulação 1
Especificações (Modelo: Vampire FB.6)
Dimensões
Comprimento 9,37 m (30,7 ft)
Envergadura 11,58 m (38,0 ft)
Altura 2,69 m (8,83 ft)
Área das asas 24,34  (262 ft²)
Peso(s)
Peso vazio 3 304 kg (7 280 lb)
Peso de decolagem 5 620 kg (12 400 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 x turbojato De Havilland Goblin 3
Força de empuxo (por motor) 1 519 kgf (14 900 N)
Performance
Velocidade máxima 882 km/h (476 kn)
Alcance (MTOW) 1 960 km (1 220 mi)
Teto máximo 13 045 m (42 800 ft)
Razão de subida 24,4 m/s
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 4 x canhões Hispano Mk.V de 20 mm (0,787 in)
Foguetes 8 x RP-3 de 27,22 kg (60,0 lb) e 76,2 mm (3,00 in) ou
Bombas 2 x bombas de 225 kg (496 lb) ou 2 x tanque ejetáveis
Notas
Dados de: The Illustrated Encyclopedia of Aircraft[1]

O De Havilland DH.100 Vampire começou a ser planeado durante a Segunda Guerra Mundial, mas só foi concluído no final da guerra.

Em 1948, a versão DH Vampire F.1, bateu o recorde mundial de altitude (18 000m).

Emprego na Força Aérea Portuguesa[editar | editar código-fonte]

Foram adquiridos dois aviões da versão DH-115 em Setembro de 1952, que foram os primeiros aviões de reacção em Portugal. Esses aviões tinham como finalidade a preparação de pilotos para as novas gerações de aviões de reacção que se vislumbrava adquirir.

Foram colocados na Base Aérea da Ota e foram abatidos ao serviço (quase sem utilidade) em 1962.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Força Aérea Portuguesa

Referências

  1. Illustrated Encyclopedia of Aircraft, p.1380. (Part Work 1982–1985). London: Orbis Publishing. 1985.
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.