Dias de um Futuro Esquecido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dias de um Futuro Passado)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Days of Future Past
Imagem ilustrativa padrão; esse artigo não possui imagem.
Editora(s) Marvel Comics
Primeira publicação 1981
Género(s) Crossover, super-herói
Argumento Chris Claremont
Jonh Byrne
Desenho John Byrne
Colorista(s) Terry Austin
Personagens principais Mutantes do Universo Marvel
Título em português Dias de Um Futuro Esquecido
Editora(s) lusófona(s)

Dias de um Futuro Esquecido (do original, em inglês: Days of Future Past) é um arco de história da série de quadrinhos X-Men da Marvel Comics, publicado entre Uncanny X-Men #141 e #142 de 1981. Trata-se de um futuro alternativo em que os mutantes são mantidos em campos de concentração. Kitty Pryde deste futuro, já adulta, transfere sua mente para sua versão mais jovem em 1980, para impedir um momento fatal que desencadearia a histeria anti-mutante. Essa realidade foi designada como Terra-811.[1]

Em 2014, o arco serviu de inspiração para o filme X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido produzido pela 20th Century Fox.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Sina, a vidente criminosa membro da Irmandade de Mutantes, assassina o senador Robert Kelly e acaba desencadeando um sentimento anti-mutante na população. Neste universo futuro, os Sentinelas acabaram tomando posse e se tornando governadores dos Estados Unidos, e os mutantes vivem em campos de concentração presos. Os atuais X-Men são avisados do possível futuro graças a uma futura versão de sua companheira de equipe, Kitty Pryde, que transferiu sua mente para o passado e permaneceu no corpo da atual. Na Terra-811, Kitty é casada com Colossus, e ao lado de Rachel, Wolverine e Tempestade, são os únicos mutantes restantes. Ela consegue parar a Irmandade e Sina, mas apesar do seu sucesso, a sua linha de tempo ainda existe como uma realidade alternativa, e não como o futuro real.

O enredo marcou a primeira aparição de Rachel Summers, que conseguiu vir para o passado e se salvou.

Publicação no Brasil[editar | editar código-fonte]

A história foi publicada pela primeira vez no Brasil pela Editora Abril, na revista Superaventuras Marvel #45 e 46. A editora Panini Comics republicou o arco na revista Marvel - 40 Anos no Brasil, em 2007, e em uma edição em capa dura em 2014.[2]

Referências

  1. a b Basílio, Cláudio Roberto (16 de maio de 2014). «MATÉRIA: X-Men - Dias de um Futuro Esquecido». HQ Maniacs. Consultado em 8 de abril de 2017 
  2. Naliato, Samir (25 de setembro de 2014). «Panini lança X-Men – Dias de um futuro esquecido em capa dura». Universo HQ. Consultado em 8 de abril de 2017