Dimas Fabiano Toledo Junior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dimas Fabiano
Deputado estadual de  Minas Gerais
Período 2003 a 2007 (15ª Legislatura)
2007 a 2011 (16ª Legislatura).
Vereador de Bandeira de Varginha (Minas Gerais).jpg Varginha
Período 2001 a 2002
Dados pessoais
Nascimento 23 de maio de 1973 (44 anos)
Macaé-RJ
Partido PP
Profissão Bacharel em Direito
linkWP:PPO#Brasil

Dimas Fabiano Toledo Junior (Macaé, 23 de maio de 1973) é um político brasileiro com atuação no estado de Minas Gerais[1].

Dimas Fabiano foi vereador de Varginha e deputado estadual em Minas Gerais, desde 2003. Atuou como líder do Partido Progressista (PP) na Assembleia de seu estado [2]. É atualmente deputado federal pelo PP-MG. Seu nome é um dos investigados em inquérito encaminhado ao STF, a partir das delações de executivos do grupo Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato[3].

Referências

  1. «CONHEÇA OS DEPUTADOS DA 15ª LEGISLATURA (DE 01/02/2003 A 31/01/2007)». Consultado em 28 de setembro de 2014 
  2. Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais - http://www.almg.gov.br.
  3. «EXCLUSIVO: Os 108 investigados de Fachin». Fausto Macedo 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.