Eleição municipal de Olinda em 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
2012 Brasil 2020
Eleição municipal de Olinda em 2016 Bandeira de Olinda.png
30 de outubro de 2016[1]
Segundo Turno
Replace this image male.svg Replace this image male.svg
Candidato Professor Lupercio Antônio Campos
Partido SD PSB
Natural de Olinda Olinda
Vice Márcio Botelho Ceça
Votos 120 225 90 558
Porcentagem 57,04% 42,96%
Pernambuco Municip Olinda.PNG
Mapa município de Olinda.


Brasão de Olinda PE.png
Prefeito de Olinda

A eleição municipal de Olinda em 2016 elegeu um prefeito, um vice-prefeito e 17 vereadores no município de Olinda, no Estado de Pernambuco, no Brasil.

O primeiro turno das eleições aconteceu no dia 2 de outubro de 2016, e o segundo no dia 30 de outubro de 2016, como em todo o Brasil.

A disputa eleitoral para prefeito envolveu 9 candidatos. Para vereador, se 422 pessoas se candidataram.

A eleição para prefeito foi decidida no segundo turno. O prefeito eleito foi Professor Lupércio (SD), com 57.04% dos votos válidos. Seu concorrente, Antônio Campos (PSB) recebeu 42,96% dos votos.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Na eleição municipal de 2012, o candidato eleito foi Renildo Calheiros (PCdoB) que recebeu 50,45% dos votos, no primeiro turno. Também concorreram para prefeito os candidatos Izabel Urquiza (PMDB) que recebeu 40,44% dos votos, Armando Sérgio (DEM) com 7,57% dos votos e Ediel Romao (PMN) 1,55%.[2]

No ano de 2012 foram apurados 258.964 votos, sendo 78,30% deles válidos (o equivalente a 202.780 votos), destes, 10,87% foram votos brancos (28.149), 10,83% nulos (28.035).

Neste ano, também ocorreram 48.872 abstenções.

Perfil do Eleitorado[editar | editar código-fonte]

Sítio Histórico de Olinda

Entre as Eleições Municipais de Olinda de 2012 e as Eleições Municipais de Olinda de 2016 o IBGE fez diversas pesquisas sobre a população, que refletem, sobretudo, nas vitórias e derrotas das eleições de 2016. [3]

Em 2014, o Senso do IBGE, declarou, por meio de sua nota relacionada a Trabalho e Rendimento que o Salário Médio Mensal dos trabalhadores formais era de 1,8 salários mínimos, ao mesmo tempo que a porcentagem de população ocupada em relação a população total era de apenas 25,1%, o que corresponde a 97.648 pessoas. O Senso também declarou que 39,7% tinham rendimento mensais equivalentes ou inferiores a meio salário mínimo.

Em 2015, na pesquisa relacionada a Educação, revelou-se o que número de pessoas matriculadas no Ensino Fundamental neste mesmo ano foi de 49.694 alunos. A nota média dos alunos nos anos iniciais de escola pública no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) foi média 4, superior a nota dos alunos nos anos finais, que correspondeu a uma média de 3,7. Essa queda de nota, quando comparada aos outros municípios de Pernambuco, coloca Olinda na posição 156 de 185.

Entre 2014 e 2015, quando se trata de Economia, Olinda possuía o PIB per capta de R$ 13700.70, e 64,2% do orçamento era provindo de chamadas fontes externas.

O relatório sobre as questões de Saúde do município foram feitos entre 2014 e 2016 e apontaram uma taxa de mortalidade infantil de 12.07 para cada 1000 nascidos vivos.

Em 2016, a população estimada era de 390.144 pessoas,[4] o número de eleitores aptos a votar foi de 259.335 pessoas, sendo 145.718 mulheres e 113.617 homens.[5]

O Grau de Instrução daqueles que votaram para Prefeito e Vereador de Olinda em 2016 foi de: 15,22% possuíam Ensino Superior Completo, 34,40% Possuíam Ensino Médio Completo, 5,17% possuíam Ensino Fundamental Completo. 3.19% afirmavam que apenas liam e escreviam, e 1,51% do eleitorado se considerava analfabeto.[6]

Idade Número de eleitores 2016
16 760
17 2.420
18-20 15.988
21-24 21.966
25-34 55.210
35-44 56.844
45-59 69.880
60-69 27.319
70-79 7.762
+ 79 1.175


Candidatos[7][editar | editar código-fonte]

Candidato(a) Vice Partido Coligação
Antônio Campos 40 Ceça PSB "MUDA OLINDA":

PSB / PHS / PR / PSC / PTC / PPL / REDE / PMB / PSDC / PROS / PEN

Professor Lupércio 77 Márcio Botelho SD Sem coligação
Izabel Urquiza 45 André Siqueira PSDB "MUDANÇA DE VERDADE":

PSDB / PMN / PSL / DEM

Luciana Santos 65 Alvaro Ribeiro PCdoB "OLINDA FRENTE POPULAR":

PCdoB / PSD / PP / PRTB / PDT

Teresa Leitão 13 Gilberto Sobral PT "OLINDA, QUERO AVANÇAR":

PT / PTB / PTdoB / PRB / PTN

Ricardo Costa 15 Tota PMDB "INOVA OLINDA":

PMDB / PRP

João Luiz 23 Lemos PPS Sem coligação
Jesualdo 50 Jorginho PSOL "A SAÍDA É PELA ESQUERDA":

PCB / PSOL

Guga 43 Thiago PV Sem coligação

Pesquisas[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

A pesquisa eleitoral do primeiro turno foi feita pelo IPESPE (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas), e divulgada pela Rádio CBN Recife no dia 17 de setembro de 2016. E apontou possível segundo turno entre Luciana Santos, que liderou a pesquisa, e Antônio Campos. Também foi feita pesquisa espontânea, onde, ainda sim, os candidatos do PCdoB e PSB liderara.[8]

PESQUISA ESTIMULADA PESQUISA ESPONTÂNEA
Candidato % Candidato %
Luciana Santos 23% Luciana Santo 18%
Antônio Campos 16% Antônio Campos 12%
Izabel Urquiza 15% Izabel Urquiza 11%
Professor Lupércio 10% Professor Lupércio 7%
Teresa Leitão 3% Teresa Leitão 7%
Ricardo Costa 2% Jesualdo 2%
Jesualdo 1% Ricardo Costa 1%
Brancos e Nulos 15% Brancos e Nulos 15%
Não souberam responder 14% Não Souberam responder 26%

*Os candidatos João Luiz e Guga não pontuaram.

**Essa pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral pelo protocolo PE02259/2016

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

A pesquisa eleitoral do segundo turno, foi feita pelo Instituto de Pesquisa Datamétrica, no dia 22 de outubro de 2016. A pesquisa já apontava possível vitória de Professor Lupércio em cima de Antônio Campos, além de possuir dados sobre o eleitorado de cada candidato.[9]

Professor Lupércio Antônio Campos
57,09% 42,91%
Destes 57,09%: Destes 42,91%:
51,79% entre 16-24 anos 22,85% entre 16-24 anos
39,42% aposentados 38,86% aposentados
É o preferido daqueles que

possuem Ensino Superior

completo: 45,24%

É o preferido daqueles que

possuem Ensino Médio ou

Fundamental completo:

36,35%

45,42% de seu eleitorado

recebem até dois salários

mínimos

33,99% de seu eleitorado

recebe mais de dois salários

mínimos

*O Datamétrica ouviu 1.050 eleitores do município de Olinda.

**Essa pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral pelo protocolo PE05920/2016

Debates[editar | editar código-fonte]

Os debates eleitorais entre os candidatos e prefeitura de Olinda no segundo turno, ocorreram em sua maioria, na semana do dia 16 a 22 de outubro de 2016.

O principal deles, foi realizado pelo portal de notícias G1 no dia 20 de outubro, mediado por Meiry Lanunce, foi transmitido ao vivo para toda a Olinda.[10]

Referente as propostas de Antônio Campos, o candidato, se eleito, pretende decretar estado de calamidade pública no município ao que se refere a saneamento básico, sobre segurança, irá criar uma Secretaria de combate as drogas, já em relação a mobilidade urbana, Antônio pretende fazer ciclovias em lugares como a Avenida Presidente Kennedy. As propostas de Professor Lupércio incluíam a reativação de postos de saúde fechados e também a realização de trabalhos educativos visando melhorar a poluição e problemas de esgoto presentes na cidade, além de buscar o diálogo entre taxistas e ubers quando o assunto é mobilidade urbana.

O segundo bloco do debate foi feito à partir de perguntas dos próprios candidatos, com temas livres. No entanto, houve muitas críticas a respeito deste segundo bloco, muitos espectadores e políticos[11] comentaram que faltaram propostas dos candidatos, mas sobraram ataques pessoais aos rivais.[12]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Prefeito (Primeiro Turno) [13][editar | editar código-fonte]

Candidato(a) 1º Turno
2 de outubro de 2016
Votação
Total Porcentagem
Antônio Campos 55.995 28,17%
Professor Lupércio 46.476 23,38%
Izabel Urquiza 36.584 18,40%
Luciana Santos 32.929 16,57%
Teresa Leitão 11.800 5,94%
Ricardo Costa 7.778 3,91%
João Luiz 3.426 1,75%
Jesualdo 2.435 1,22%
Guga 1.304 0,66%
Total de votos válidos 187.535 91,93%
Votos Nulos 27.315 11,27%
Votos Brancos 16.278 6,72

Prefeito (Segundo Turno) [14][editar | editar código-fonte]

Candidato(a) 2º Turno
30 de outubro de 2016
Votação
Total Porcentagem
Professor Lupércio 120.225 57,04%
Antônio Campos 90.558 42,96%
Total de votos válidos 210.783 88,39%
Votos Nulos 8.053 3,38%
Votos Brancos 19.624 8,23%

Vereador[editar | editar código-fonte]

Dos 17 vereadores eleitos em Olinda em 2016[15]:

15 são homens 2 são mulheres
11 possuem Ensino Médio completo 6 possuem Ensino Superior completo
9 possuem idade superior a 45 anos 8 possuem idade inferior a 45 anos
7 se declaram Brancos 7 se declaram Pardos 3 se consideram Negros
Resultado da eleição para a Câmara Municipal de Olinda em 2016
Candidato Número Partido Votos Porcentagem
Mizael Prestanista 40630 PSB 5.499 2.68%
Professor Marcelo 14111 PTB 4.506 2.20%
Algério A Nossa Voz 40640 PSB 4.419 2.15%
Saulo Holanda 36555 PTC 3.748 1.83%
Neto da Beira Rio 55555 PSD 3.423 1.67%
Jesuino Araujo 45123 PSDB 3.173 1.55%
Marcio Barbosa 65123 PCdoB 3.000 1.46%
Marcelo Soares 65666 PCdoB 2.730 1.33%
João Pé No Chão 15122 PMDB 2.727 1.33%
Denise Almeida 10123 PRB 2719 1.32%
Jorge Federal 22622 PR 2.600 1.27%
Ricardo Sousa 15015 PMDB 2.590 1.26%
Biai 65234 PCdoB 2.540 1.24%
Edmilson Fernandes 55000 PSD 2.246 1.09%
Graça Fonseca 35612 PMB 2.241 1.09%
Labanca 36999 PTC 2.127 1.04%
Irmão Biá 45111 PSDB 1.392 0.68%
Total de votos válidos 259.335
Votos nulos 22.798
Votos em branco 14.302

Análises[editar | editar código-fonte]

A vitória de Professor Lupércio (SD) foi, de imediato, no início das campanhas, inesperada.[16] Sem coligação, o candidato aparecia em quarto lugar nas intenções de voto das pesquisas eleitorais, ao contrário de seu concorrente e segundo lugar nas eleições Antônio Campos (PTS) que já aparecia como um possível nome a concorrer como prefeito no segundo turno.

No entanto, Lupércio ficou em segundo lugar no primeiro turno, ultrapassando Izabel Urquiza e Luciana Santos, que pelas pesquisar estavam em terceiro e primeiro lugar, respectivamente.

Já nas pesquisas sobre intenção de voto no segundo turno, Professor Lupércio já aparecia como possível futuro prefeito, ainda sim a vitória do candidato em cima de Antônio Campos, irmão do ex governador de Pernambuco Eduardo Campos, foi surpreendente.[17]

Referências

  1. Prazeres, Leandro (9 de julho de 2015). «Câmara aprova novas regras para eleições; veja o que pode mudar». UOL. Consultado em 28 de julho de 2015. Para entrar em vigor nas eleições de 2016, a minirreforma precisa ser sancionada até um ano antes do pleito do ano que vem, que ocorrerá no dia 2 de outubro. 
  2. «Apuração das Eleições 2012 em Olinda | Pernambuco | G1». G1. Consultado em 13 de junho de 2017 
  3. «IBGE | Brasil em Síntese». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 15 de junho de 2017 
  4. «IBGE | Brasil em Síntese». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 15 de junho de 2017 
  5. «Eleitorado 2016». www.tse.jus.br. Consultado em 15 de junho de 2017 
  6. «Eleitorado 2016». www.tse.jus.br. Consultado em 15 de junho de 2017 
  7. «Eleições em Olinda / PE». Eleições 2016. Consultado em 13 de junho de 2017 
  8. «CBN Recife - IPESPE divulga resultado da primeira pesquisa eleitoral de Olinda -». www.cbnrecife.com (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2017 
  9. Pernambuco, Diario de (25 de outubro de 2016). «Pesquisa mostra Lupércio na frente em Olinda». Diario de Pernambuco 
  10. «Candidatos à Prefeitura de Olinda debatem propostas no G1». Eleições 2016 em Pernambuco. 20 de outubro de 2016 
  11. «Crítica à campanha em Olinda | Política | Diario de Pernambuco - O mais antigo jornal em circulação na América Latina». www.impresso.diariodepernambuco.com.br. Consultado em 15 de junho de 2017 
  12. «Debate de candidatos à prefeitura de Olinda é marcado por acusações - Política - Política - Política». Folha - PE. Consultado em 15 de junho de 2017 
  13. «UOL Eleições 2016 Olinda/PE: Apuração de votos, resultado, prefeito e vereadores eleitos». UOL Eleições. Consultado em 16 de junho de 2017 
  14. «Eleições em Olinda / PE». Eleições 2016. Consultado em 16 de junho de 2017 
  15. «Candidaturas 2016». www.tse.jus.br. Consultado em 15 de junho de 2017 
  16. «Professor Lupércio, do SD, é eleito prefeito de Olinda». Eleições 2016 em Pernambuco. 30 de outubro de 2016 
  17. «Professor Lupércio toma posse como prefeito de Olinda e sobe ladeira ao som do frevo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]