Frédéric Passy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Frédéric Passy Medalha Nobel
Nascimento 20 de maio de 1822
Paris
Morte 12 de junho de 1912 (90 anos)
Neuilly-sur-Seine
Sepultamento cemitério do Père-Lachaise
Nacionalidade Francês
Cidadania França
Filho(s) Paul Passy, Jean Passy
Alma mater
Ocupação economista, político
Prêmios Nobel prize medal.svg Nobel da Paz (1901)
Campo(s) Política

Frédéric Passy (Paris, 20 de maio de 1822Neuilly-sur-Seine, 12 de junho de 1912) foi um político francês. Recebeu o Nobel da Paz de 1901. Fundou, juntamente com William Randal Cremer, a União Interparlamentar. Foi fundador e presidente da Sociedade Francesa para a Paz.[1][2][3][4]

Trabalho de Passy pela paz começou durante a guerra da Criméia (1853-56). Seu apelo pela paz no periódico Le Temps (1867) ajudou a evitar a guerra entre a França e a Prússia sobre o Luxemburgo. No mesmo ano, fundou a Liga Internacional para a paz, mais tarde conhecido como o sociedade francesa para a arbitragem internacional. Após a guerra Franco-alemã (1870-71) declarou independência e neutralidade permanente para a Alsácia-Lorena. Como membro da Câmara dos deputados franceses (de 1881), com sucesso instou a arbitragem de uma disputa entre a França e os Países Baixos relativo a fronteira da Guiana francesa, Suriname. Ele ajudou na fundação da União Interparlamentar (1888) e permaneceu ativo no movimento de paz para o resto da sua longa vida.[1][3][4]

Referências

  1. a b «Frédéric Passy | French economist». Encyclopedia Britannica (em inglês) 
  2. Fernandes, Carlos. «Frederic Passy». www.dec.ufcg.edu.br. Consultado em 18 de dezembro de 2017. Arquivado do original em 26 de maio de 2008 
  3. a b «Assemblée nationale - Centenaire du Prix Nobel de la Paix». www.assemblee-nationale.fr. Consultado em 18 de dezembro de 2017 
  4. a b «Frédéric Passy». archive.ipu.org. Consultado em 18 de dezembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedido por
Nobel da Paz
1901
com Henri Dunant
Sucedido por
Élie Ducommun e Charles Albert Gobat