Denis Mukwege

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Denis Mukwege 2014
Denis Mukwege

Denis Mukwege (1955) é um médico ginecologista congolês, célebre pela ação humanitária na República Democrática do Congo, onde gere um hospital em Bukavu. Especializou-se no tratamento de mulheres que foram violadas por milícias na guerra civil do Congo, sendo um dos maiores especialistas mundiais na reparação e tratamento de danos físicos provocados por violação. Tratou mais de 21 000 mulheres durante os 12 anos de guerra, algumas mais do que uma vez, chegando a fazer mais de 10 cirurgias por dia em dias de trabalho de mais de 18 horas.[1]

Recebeu o Prémio Olof Palme em 2008[2] e o Prémio Sakharov em 2014[3] .

Foi escolhido como Africano do Ano (2008), prémio do Daily Trust [2] .

Referências

  1. Nolen, Stephanie. "Where repairing rape damage is an expertise," The Globe and Mail, 22 de outubro de 2008.
  2. a b "DR Congo doctor is 'top African'". 2008-12-10. Consult. 2009-02-01. 
  3. publico.pt (21-10-2014). "Ginecologista congolês vence prémio Sakharov". 21-10-2014. Consult. 21-10-2014. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.