Gossamer Condor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Gossamer Condor foi o primeiro avião de propulsão humana a receber o prémio Kremer, no dia 23 de agosto de 1977 próximo de Bakersfield (California).

Este resultado histórico tornou conhecido Paul MacCready e a sua sociedade AeroVironment que desenvolveram outros aparelhos de propulsão humana, bem como solares e elétricos, e que está hoje ligada à produção de drones (aviões sem piloto a bordo).

Características[editar | editar código-fonte]

O Gossamer Condor é um avião de configuração canard. A estrutura era de tubos de alumínio de diâmetro 50, e espessura variável entre 0,9 e 0,4 mm para as asas; a cobertura era de polyester Mylar ultrafino (13 µm). Nombreux câbles en fil d'acier (corde à piano), diamètre 0,5 à 0,9 mm. Un anémomètre à hélice est placé entre le plan canard et les ailes.

Envergadura : 29,25 m (96 ft)[1] Comprimento : 9,14 m ; altura : 5,49 m Massa  : 31,75 kg (70 lb) ; massa total em voo : ~ 94 kg[2] Carga alar : ~ 1,33 kg/m² Velocidade do voo : ~ 4,7 m/s (~ 17 km/h) (~ 10,6 mph)

Referências

  1. A envergadura era superior à de um DC-9.
  2. O avião pesava aprox. 1/3 do peso total em voo.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Jack Lambie, « Jack Lambie tells his story of Gossamer Condor », Aeromodeller, mars 1978
  • J.D. Burke, The Gossamer Condor and Albatross: a case study in aircraft design, AIAA Professional Study Series, 1980
  • Morton Grosser, Gossamer Odyssey: The Triumph of Human-Powered Flight, MBI Press, 2004; Dover Publications, Inc., 1991; Houghton Mifflin Co., 1981
  • Richard L. Taylor,The First Human-Powered Flight, Franklin Watts, 1995
  • Paul Ciotti, More with Less, Paul MacCready and the dream of efficient flight, Encounter Books, 2002