James A. Garfield

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
James A. Garfield
20º Presidente dos Estados Unidos
Período 4 de março de 1881 a 19 de setembro de 1881
Vice-presidente Chester A. Arthur
Antecessor(a) Rutherford B. Hayes
Sucessor(a) Chester A. Arthur
Membro da Câmara dos Representantes
pelo 19º distrito de Ohio
Período 4 de março de 1863
a 8 de novembro de 1880
Antecessor(a) Albert G. Riddle
Sucessor(a) Ezra B. Taylor
Dados pessoais
Nome completo James Abram Garfield
Nascimento 19 de novembro de 1831
Moreland Hills, Ohio,
Estados Unidos
Morte 19 de setembro de 1881 (49 anos)
Elberon, Nova Jérsei,
Estados Unidos
Progenitores Mãe: Eliza Ballou
Pai: Abram Garfield
Alma mater Hiram College
Williams College
Esposa Lucretia Rudolph (1858–1881)
Filhos 7
Partido Republicano
Religião Discípulos de Cristo
Profissão Advogado
Professor
Assinatura Assinatura de James A. Garfield
Serviço militar
Serviço/ramo Exército da União
Anos de serviço 1861–1863
Conflitos Guerra de Secessão

James Abram Garfield (19 de novembro de 183119 de setembro de 1881) foi um advogado, professor e político norte-americano que serviu como 20.º Presidente dos Estados Unidos de março de 1881 até seu assassinato em setembro do mesmo ano. Garfield foi baleado por um assassino quatro meses após assumir a presidência e faleceu dois meses depois. Ele foi o único membro da Câmara dos Representantes ainda no cargo a ser eleito presidente.[1]

Garfield nasceu na pobreza em uma cabana de toras e cresceu pobre em Nordeste de Ohio. Após se formar na Williams College, Garfield estudou direito e se tornou um advogado antes de se juntar ao Partido Republicano em 1857. Ele serviu como membro do senado estadual em Ohio de 1859 a 1861. Garfield se opôs à Confederação e serviu no Exército da União durante a Guerra de Secessão, lutando nas batalhas de Middle Creek, Shiloh e Chickamauga. Ele foi eleito para o Congresso em 1862 para representar o 19.º distrito de Ohio. Ao longo do serviço parlamentar de Garfield após a guerra, ele firmemente apoiou o padrão-ouro e ganhou a reputação de orador habilidoso. Ele inicialmente se bandeou com os Republicanos Radicais na questão da Reconstrução, mas mais tarde favoreceu uma abordagem moderada para a aplicação dos direitos civis para escravos libertos.[2]

Na Convenção Nacional Republicana de 1880, os delegados escolheram Garfield, que não estava pretendendo concorrer para a Casa Branca, como um acordo entre as diferentes facções do partido. Na eleição presidencial de 1880, ele realizou uma campanha tímida e derrotou, por uma pequena margem, o candidato democrata Winfield Scott Hancock. As conquistas de Garfield como presidente incluiu o ressurgimento da autoridade presidencial contra um Senado cada vez mais poderoso, especialmente no controle do apontamento de pessoas para o gabinete do executivo. Ele também combateu a corrupção dentro dos Correios ao tentar coibir o sistema de espólios e apontou ainda um juiz para a Suprema Corte dos Estados Unidos. Ele reforçou os poderes da presidência quando desafiou o poderoso senador nova-iorquino Roscoe Conkling ao nomear William H. Robertson para o lucrativo posto de Coletor do Posto de Nova Iorque, começando um tumulto que terminou com a confirmação de Robertson e a renúncia de Conkling do Senado. Garfield ainda defendeu a introdução de novas tecnologias agrícolas, um eleitorado com mais acesso a educado e direitos civis para afro-americanos. Ele também propôs reformas substanciais do serviço público, que foram aprovadas no Congresso em 1883, mas só foram assinadas pelo sucessor de Garfield, Chester A. Arthur.[3]

Em 2 de julho de 1881, Charles J. Guiteau, um desapontado e delirante advogado que queria ser funcionário público, atirou contra Garfield, com uma revólver Bulldog, na estação de trem Baltimore & Potomac, em Washington D.C. O ferimento não foi inicialmente fatal, mas ele acabou falecendo em 19 de setembro de 1881, devido a uma infecção causada pelos médicos que o tentaram ajudar. Guiteau foi executado pelo assassinato em junho de 1882.[4]

Referências

  1. «The election of President James Garfield of Ohio». United States House of Representatives. Consultado em 23 de junho de 2015 
  2. Peskin, Allan (1978). Garfield: A Biography. Kent, Ohio: Kent State University Press. ISBN 978-0-87338-210-6 
  3. Doenecke, Justus D. (1981). The Presidencies of James A. Garfield & Chester A. Arthur. Lawrence, Kansas: The Regents Press of Kansas. ISBN 978-0-7006-0208-7 
  4. Schaffer, Amanda (25 de julho de 2006). «A President Felled by an Assassin and 1880s Medical Care». The New York Times. New York, New York 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Kenneth D. Ackerman (2004). Dark Horse: The Surprise Election and Political Murder of James A. Garfield (em inglês). Nova Iorque, NI: Avalon Publishing. ISBN 0-7867-1396-8 
  • Hendrik V Booraem (1988). The Road to Respectability: James A. Garfield and His World, 1844-1852 (em inglês). Lewisburg, PA: Bucknell University Press. ISBN 0-8387-5135-0 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: James A. Garfield


Precedido por
Rutherford B. Hayes
Seal of the President of the United States.svg
20.º Presidente dos Estados Unidos

1881
Sucedido por
Chester A. Arthur