Millard Fillmore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Millard Fillmore
13º Presidente dos Estados Unidos Estados Unidos
Mandato 9 de junho de 1850
a 4 de março de 1853
Vice-presidente Nenhum
Antecessor(a) Zachary Taylor
Sucessor(a) Franklin Pierce
12º vice-presidente dos Estados Unidos Estados Unidos
Mandato 4 de março de 1849
a 9 de junho de 1850
Antecessor(a) George M. Dallas
Sucessor(a) William R. King
Membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pelo 32º distrito de
Nova Iorque
Mandato 4 de março de 1837
a 3 de março de 1843
Antecessor(a) Thomas C. Love
Sucessor(a) William A. Moseley
Membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pelo 32º distrito de
Nova Iorque
Mandato 4 de março de 1833
a 3 de março de 1835
Sucessor(a) Thomas C. Love
Vida
Nascimento 7 de janeiro de 1800
Summerhill, Nova Iorque,
 Estados Unidos
Morte 8 de março de 1874 (74 anos)
Buffalo, Nova Iorque,
 Estados Unidos
Dados pessoais
Cônjuge Abigail Powers (1826–1853)
Caroline Carmichael (1858–1874)
Partido Know Nothing (1856–1860)
Religião Unitarismo
Profissão Advogado
Assinatura Assinatura de Millard Fillmore
Serviço militar
Serviço/ramo Guarda de Nova Iorque
Batalhas/guerras Guerra Mexicano-Americana
Guerra de Secessão

Millard Fillmore (Summerhill, 7 de janeiro de 1800Buffalo, 8 de março de 1874) foi um advogado e político norte-americano. Foi o décimo terceiro presidente dos Estados Unidos, de 1850 a 1853[1] . Foi também o último presidente norte-americano a não pertencer aos partidos Democrata e Republicano, já que era filiado ao Partido Whig. Fillmore assumiu a presidência de seu país após a morte do titular Zachary Taylor.

Fillmore foi opositor na questão do escravismo nos Estados Unidos durante a Guerra Mexicano-Americana. Depois de sua presidência, ele se juntou ao movimento Know Nothing; durante toda a Guerra Civil, ele se opôs ao presidente Abraham Lincoln e durante a Reconstrução apoiou o presidente Andrew Johnson.

Vida e Obra[editar | editar código-fonte]

Fillmore nasceu numa casa de madeira no Estado de Nova Iorque em 07 de janeiro de 1800[2] , de Nathaniel Fillmore e Millard Phoebe, como o segundo de nove filhos e o filho mais velho[3] .

Ele se apaixonou por Abigail Powers, que ele a conheceu enquanto estava na Academia Nova Esperança e, posteriormente, casaram-se em 05 de fevereiro de 1826. O casal teve dois filhos Millard Powers Fillmore e Mary Abigail Fillmore.

Em 1846, ele fundou a Universidade Privada de Buffalo (hoje a pública Universidade Estadual de Nova York), em Buffalo, hoje a maior escola do sistema universitário do estado de Nova York.

Sua carreira militar foi curta. Atuou também na Milícia de Nova York, durante a Guerra Mexicano-Americana, em 1846, e durante a Guerra de Secessão.

Depois que Taylor morreu repentinamente em 9 de julho de 1850, tornou-se presidente Fillmore. A mudança na liderança também sinalizou uma mudança abrupta na política. Taylor e Fillmore tinham visões muito diferentes sobre o tema escravidão. Antes da morte de Taylor, Fillmore disse-lhe que, como presidente do Senado, ele daria seu voto de desempate para o Compromisso de 1850[4] .

Fillmore foi o segundo vice-presidente norte-americano a assumir a presidência após a morte do presidente titular, no seu caso, Zachary Taylor, que faleceu do que se pensava ser gastroenterite aguda ou hipertermia (calor).

Fillmore nunca foi eleito presidente, depois de ter cumprido o prazo de Taylor. Ele não conseguiu ganhar a nomeação para a presidência, pelo Partido Whig, nas eleições presidenciais de 1852, e nem quatro anos mais tarde, nas eleições de 1856, como seu partido político estava extinto[1] . Fillmore, então, recusou-se a aderir ao novo Partido Republicano, onde muitos antigos ex-militantes do Whig, incluindo Abraham Lincoln, tinham encontrado refúgio. Mesmo assim, não saiu vitorioso da disputa.

Fillmore ajudou a fundar a Sociedade Histórica de Buffalo (hoje a Buffalo e Erie County Historical Society), em 1862, e atuou como seu primeiro presidente.

Durante toda a Guerra de Secessão, Fillmore firmou forte oposição ao presidente Abraham Lincoln, durante a Reconstrução, apoiado pelo futuro presidente Andrew Johnson[1] . Ele comandou a União Continental, um corpo de guardas com mais de 45 anos a partir da zona do norte do estado de Nova York, durante a Guerra de Secessão.

Millard Fillmore faleceu na noite de 8 de março de 1874, devido às consequências de um acidente vascular cerebral. Suas últimas palavras foram alegadas para serem: "ao serem alimentadas com algumas sopa, o alimento é saboroso"[1] . Desde esse dia, no o dia 7 de janeiro de cada ano, uma cerimônia é realizada no seu túmulo, na Floresta de Lawn Cemetery, em Buffalo.

Referências

  1. a b c d Millard Fillmore (em português). UOL - Educação. Página visitada em 26 de julho de 2012.
  2. A cabana original foi demolida em 1852, mas em 1965, o Millard Fillmore Memorial Association, usando materiais de uma cabine similar, construiu uma réplica, que está localizado no Fillmore Glen State Park, na Morávia. "Millard Fillmore Log Cabin" American Presidents Life Portraits. Página visitada em 26 de julho de 2012
  3. Millard Fillmore (em inglês). Encarta Encyclopedia. Encarta.MSN. Arquivado do original em 1 de novembro de 2009. Página visitada em 26 de julho de 2012.
  4. Bahles, Gerald. "Millard Fillmore: Domestic Affairs." American President: Miller Center of Public Affairs. 2010. (em inglês) Página visitada em 26 de julho de 2012.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Holt, Michael F. "Millard Fillmore". The American Presidency. Eds. Alan Brinkley, Davis Dyer, 2004. p. 145–151.
  • Deusen, Van Glydon. "The American Presidency" Encyclopedia Americana. Accessed May 9, 2007.
  • Overdyke, W. Darrell. The Know-Nothing Party in the South. Baton Rouge: Louisiana State University Press, 1950
  • Rayback, Robert J. Millard Fillmore: Biography of a President. Buffalo, New York: Buffalo Historical Society, 1959
  • Grayson, Benson Lee. The Unknown President: The Administration of Millard Fillmore. University Press of America, 1981

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Wikisource Textos originais no Wikisource
Commons Imagens e media no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um Presidente dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.