Geremias Fontes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jeremias Fontes)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Geremias de Mattos Fontes
Geremias de Mattos Fontes
Governador do Rio de Janeiro Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Período de 31 de janeiro de 1967 a
31 de março de 1971
Antecessor(a) Teotônio Araújo
Sucessor(a) Raimundo Padilha
Dados pessoais
Nascimento 28 de junho de 1930
São Gonçalo, RJ
Morte 2 de março de 2010 (79 anos)
Niterói, RJ
Partido PDC, PTB e ARENA
Profissão advogado e pastor
Foto da posse no governo do Rio de Janeiro.

Geremias de Mattos Fontes ou simplesmente Geremias Fontes (São Gonçalo, 28 de junho de 1930Niterói, 2 de março de 2010) foi um pastor, advogado e político brasileiro.[1]

Formou-se em direito pela Faculdade de Direito de Niterói, em 1954, e após ter sido secretário municipal, candidatou-se a prefeito de São Gonçalo, na eleição de 1958, sendo eleito para o mandato de 1959 a 1962, vinculado ao Partido Democrata Cristão (PDC).

Filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), candidatando-se a deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro, sendo novamente eleito, com amplo apoio dos evangélicos. Voltou ao PDC mas, com a instituição do bipartidarismo, filiou-se à recém-criada Aliança Renovadora Nacional (ARENA).

Em 1966 foi indicado pelo regime militar para ocupar o cargo de governador fluminense, cargo que exerceu de 31 de janeiro de 1967 a 31 de março de 1971, voltando após à advocacia e às suas atividades sociais.

Geremias era pastor da Igreja Batista do Calvário e presidente da Comunidade S8, que atua na prevenção e tratamento de dependentes químicos.

Referências


Precedido por
Teotônio Ferreira de Araújo Filho
Governador do Rio de Janeiro
1967 — 1971
Sucedido por
Raimundo Padilha


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.