Francisco Portela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2016).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Francisco Portela
Francisco Portela
Governador do Rio de Janeiro Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Período de 16 de novembro de 1889
a 10 de dezembro de 1891
Antecessor(a) Francisco Silva
Sucessor(a) José Marques Guimarães
Vida
Nascimento 22 de junho de 1833
Oeiras - PI
Morte 22 de dezembro de 1913 (80 anos)
Rio de Janeiro
Dados pessoais
Partido -
Profissão médico

Francisco Portela (Oeiras, 22 de julho de 1833Rio de Janeiro, 22 de dezembro de 1913) foi um médico e político brasileiro.

Formou-se em Medicina pela Faculdade da Corte e foi eleito vereador em Campos dos Goytacazes, onde havia fixado residência.

Foi deputado na Assembleia Legislativa provincial e nomeado presidente do Estado do Rio de Janeiro por decreto do marechal Deodoro da Fonseca, em novembro de 1889, tendo recebido este das mãos do então comandante da Força Policial, Francisco Silva. Também foi eleito como primeiro presidente constitucional do Estado em 11 de maio de 1891, tendo como vice Artur Getúlio das Neves.

Após a dissolução do Congresso Nacional em 3 de novembro de 1891, Portela renunciou ao governo fluminense em 10 de dezembro. Foi ainda deputado federal, em 1909, e, em seguida, senador.

Seu nome é homenageado no distrito de Governador Portela, situado no município fluminense de Miguel Pereira e em uma escola municipal de Teresópolis, a Escola Municipal Governador Portella.

Governador Francisco Portela (6), quando a elevação de Teresópolis à condição de cidade.
Precedido por
Francisco Vítor da Fonseca e Silva
Presidente do Estado do Rio de Janeiro
18891891
Sucedido por
José Marques Guimarães