Jorge Vitório

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicione esta.

Jorge Vitório Cusielo (Volta Redonda, 7 de maio de 1945), ou simplesmente Jorge Vitório, é um ex-futebolista brasileiro.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Jorge Vitório defendeu o Fluminense Football Club como goleiro entre 1965 e 1973, desde 1969 como leal substituto de Félix, sagrando-se campeão carioca em 1969, 1971 e 1973, da Taça Guanabara em 1966, 1969 e 1971, além de campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1970, entre seus títulos de maior expressão, assinando o seu primeiro contrato profissional em 25 de fevereiro de 1965. Tinha 1,83 m e 81 Kg enquanto jogador profissional.[2]

Em 184 jogos, com 95 vitórias, 44 empates e 45 derrotas, Jorge Vitório, que em muitas escalações aparecia apenas como Vitório, sofreu 166 gols, uma média de 0,8 por partida.[3]

Após sair do Fluminense, Jorge Vitório atuou pelo Olaria (por empréstimo, em 1974), Vitória (1975 e 1976), CEUB (por 3 meses) e Vila Nova (1977 e 1978).[4][2] Voltou para sua cidade natal, após encerrar sua carreira.[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Principais títulos[editar | editar código-fonte]

Fluminense

Referências

  1. a b «Jorge Vitório Ex-goleiro do Fluminense». Milton Neves. Consultado em 7 de novembro de 2013 
  2. a b Placar nº 393, 4 de novembro de 1977,p. 34.
  3. Ricardo de Freitas Lima. «Estatísticas Fluminense. Jogadores. Letra J. Jorge Vitório - 1973». Fluzão.info. Consultado em 16 de novembro de 2016 
  4. O Gol. Jorge Vitório. Acesso em 16 de novembro de 2016.