Mujahidin do Decão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Mujadihin do Decão (em inglês: Deccan Mujahideen) são um suposto grupo terrorista que atua dentro da Índia, sobre o qual pouco se conhece.

De acordo com um e-mail enviado para agências de notícias, o grupo assumiu a responsabilidade pelos ataques terroristas de Bombaim, ocorridos em 26 de novembro de 2008, na qual 125 pessoas morreram[1][2] e mais de 327 ficaram feridas. O envolvimento do grupo não foi confirmado, e poderia ser nome falso para outro grupo.[3] É possível que a organização, se existir, esteja relacionada aos Mujahidin da Índia.[4][5][6]

Referências

  1. «Terror attacks in Mumbai; six foreigners among 125 dead». The Times of India. 26 de novembro de 2008. Consultado em 26 de novembro de 2008 
  2. «Deccan Mujahideen claims it behind Mumbai attacks - TV». Reuters India. 26 de novembro de 2008. Consultado em 26 de novembro de 2008 
  3. «Mumbai rocked by deadly attacks». BBC News. 26 de novembro de 2008. Consultado em 26 de novembro de 2008 
  4. «Indian Mujahideen threatens to target Mumbai». India Today. 14 de setembro de 2008. Consultado em 26 de novembro de 2008 
  5. «Deccan terrorist group strike the helpless in Mumbai». NewDesignWorld Press. 27 de novembro de 2008. Consultado em 27 de novembro de 2008 
  6. «Who are the Deccan Mujahideen?». Foriegn Policy.com. 27 de novembro de 2008. Consultado em 27 de novembro de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]