O Jeca e a Freira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Jeca e a Freira
 Brasil
1968 •  cor •  102 min 
Direção Amácio Mazzaropi
Abílio Marques
Roteiro Amácio Mazzaropi
Elenco Amácio Mazzaropi
Geny Prado
Elizabeth Hartmann
Maurício do Valle
Paulette Bonelli
Roberto Pirillo
Ewerton de Castro
Género Comédia
Direção de fotografia Rodolfo Icsey
Figurino Mafalda Moura
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

O Jeca e a Freira é um filme de comédia brasileiro, produzido em 1967 e lançado em 1968,[1] dirigido e estrelado por Mazzaropi para a PAM Filmes. Números musicais com Mazzaropi e Marita Luisi, canções de autoria de Elpídio dos Santos. Filmado na Fazenda da Santa, Taubaté.

Sinopse[2][editar | editar código-fonte]

Na época da Escravidão no Brasil, século 19, no interior do Estado de São Paulo, o poderoso latifundiário Pedro toma a pequena criança Celeste do casal de caipiras colonos, Sigismundo e Floriana, e a cria como filha.

Treze anos depois, Celeste está de férias do colégio religioso e retorna à fazenda acompanhada da freira Irmã Isabel. Pedro avisa aos pais dela que a moça continuará na casa dele e os ameaça de morte caso lhes revelem a verdade.

Com a ajuda do Coronel Orlando e dos filhos dele, Cláudio, Otávio e Sônia, e do filho mais velho, Fernando, Sigismundo e Floriana enfrentam Pedro e tentam contar à Celeste sobre quem é sua verdadeira família.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ficha técnica[3][editar | editar código-fonte]


Referências

  1. a b Filmografia Cinemateca Acessado em 10-10-15
  2. Cinema Clássico. «O Jeca e a Freira (1967)». Consultado em 25 de junho de 2011. 
  3. Museu Mazzaropi. «O Jeca e a Freira». Consultado em 25 de junho de 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.