Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal
Categoria II da IUCN (Parque Nacional)
Monte Pascoal
Localização
País  Brasil
Estado Bahia Bahia
Mesorregião Sul Baiano
Microrregião Porto Seguro
Localidades mais próximas Porto Seguro e Prado
Dados
Área &0000000000022331.91000022 331,91 hectares (223 3 km2)[1][2]
Criação 29 de novembro de 1961 (55 anos)[2]
Visitantes 8 000
Gestão ICMBio e FUNAI
Sítio oficial www.ICMBio.gov.br
Coordenadas 16° 51' 51" S 39° 16' 15" O
Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal está localizado em: Brasil
Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal
Nome oficial: Reservas de Mata Atlântica da Costa do Descobrimento
Tipo: Natural
Critérios: ix, x
Designação: 1999 (10ª sessão)
Referência: 892
País: Brasil
Região: Américas

O Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal é uma das mais importantes unidades de conservação integral do sul da Bahia. Neste parque nacional localiza-se o Monte Pascoal, que foi a primeira porção de terra avistada por Pedro Álvares Cabral em 1500.

Possui terras com grupos da etnia pataxó, o que faz com que o parque seja administrado também pela Fundação Nacional do Índio e também pelos grupos residentes da área. A presença dessas grupos indígenas no parque causou um impasse em como deve ser feita a conservação da área.

O Plano de manejo do parque ainda está em elaboração.[2]

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Vegetação do parque nacional.

A vegetação do parque é a floresta ombrófila densa de terras baixas, com árvores de grande porte, sendo que na parte litorânea encontram-se restingas e manguezais.[3] É uma região de grande pluviosidade, com 1 500 a 1 700 mm anuais.[3] O relevo é plano, com a elevação do Monte Pascoal se destacando na paisagem.

A fauna do parque chama atenção pela presença de grandes predadores como a onça-pintada e a onça-parda, além de outros grandes mamíferos, como a anta, muito ameaçados nas florestas do sul da Bahia.[3]

Questão Indígena[editar | editar código-fonte]

A área do parque foi demarcada onde tradicionalmente era território pataxó, que desde 1861 ocupavam a região.[4] Surge um impasse entre as lideranças indígenas e a Funai e os interesses conservacionistas. Foi cedido cerca de 8 000 ha para formação de terra indígena.[4]

Panorama do Parque Nacional visto do cume do Monte Pascoal
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Monte Pascoal


Referências

  1. Parque Nacional do Monte Pascoal. Cadastro Nacional de Unidades de Conservação do Ministério do Meio Ambiente (Relatório Completo). Página visitada em 27 de janeiro de 2013.
  2. a b c «PARNA HISTÓRICO DO MONTE PASCOAL». Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Consultado em 10 de agosto de 2012. 
  3. a b c «Parque Nacional de Monte Pascoal». IBAMA. Consultado em 10 de agosto de 2012. 
  4. a b «POVO PATAXÓ QUER O MONTE PASCOAL DE VOLTA». Parabólicas. Consultado em 10 de agosto de 2012. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Unidades de Conservação da Natureza é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.