Power Rangers: Time Force (jogo eletrônico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Power Rangers, veja Power Rangers (desambiguação).
Disambig grey.svg Nota: Se procura por a série televisiva de mesmo nome, veja Power Rangers: Time Force.
Power Rangers: Time Force
Desenvolvedora(s) Climax Studios
Distribuidora(s) THQ
Plataforma(s) PlayStation, Gameboy Color, Gameboy Advance, Windows
Data(s) de lançamento 2001
Gênero(s) Luta, ação, aventura, beat em' up

Power Rangers: Time Force é um jogo eletrônico desenvolvido pela Climax Studios para PlayStation, Gameboy Color, Gameboy Advance e Windows, distribuído pela THQ e lançado em 2001 no mundo inteiro. O jogo é baseado na série televisiva infantil Power Rangers: Time Force.

História[editar | editar código-fonte]

O jogo conta a história da série: no ano de 3000 uma equipe de polícia conhecida como Força do Tempo agia na captura de alienígenas que espalhavam o terror pelo mundo. O pior deles, Ransik, procurado há anos, foi finalmente capturado. Mas na tentativa de apreensão, o criminoso conseguiu escapar com a ajuda de sua filha Nadira e seus servos Frax (um humano transformado em robô) e Gluto (uma espécie de sapo mutante). Imediatamente, os cinco policiais donos dos morfadores entraram em ação usando todo poder que o apetrecho poderia oferecer, se transformando nos Power Rangers. Ransik só tinha uma saída para não ser capturado novamente: fugir para o passado. Assim, Ransik, Nadira, Frax, Gluto e mais uma série de mutantes foram ao ano de 2001. Mas Ransik foi surpreendido mais uma vez. Quatro Rangers também foram ao passado, pois o líder da equipe, o Ranger Vermelho, na tentativa de impedir o vilão, acabou sendo derrotado, e um substituto do ano 2001 teve de ser encontrado. Assim, Ransik tentava, de todas as formas, acabar com os Power Rangers da Força do Tempo que, com a ajuda de poderosas armas e de seus Megazords (robôs enormes para lutar contra monstros gigantes) tentavam incansavelmente capturar todos os mutantes e voltar ao ano 3000.

O jogo[editar | editar código-fonte]

Power Rangers: Time Force segue o mesmo contexto dos outros jogos: é do gênero beat em' up/luta/ação/aventura, onde devemos passar fases cruzando cenários, derrotando exércitos (Cyclobots), coletando itens que aumentam energia, saúde, destravam bônus, dão invulnerabilidade, e lutando com um monstro ao fim de cada fase, e o mesmo monstro é enfrentado numa batalha Megazord. Neste título também é possível liberar um personagem extra: o Ranger Quantum. Em alguns consoles é possível liberar itens bônus como imagens, músicas, cut scenes, etc. Há ainda a possibilidade de jogar em multi-player na versão para PlayStation, mas em forma de Versus e apenas com os monstros e os Megazords jogáveis.

PlayStation[editar | editar código-fonte]

A versão para PlayStation é a mais famosa do game. Tem a mesma estrutura do antecessor: são sete fases, ao longo delas coletamos saúde e energia (neste, as energias são conseguidas através de uma espécie de fonte no chão), derrotando Cyclobots (a partir da segunda fase até a última disfarçados de cowboys, piratas, homens da floresta, etc), dois a três chefes por fase (um ou dois durante a fase e um chefe ao final), e na última fase enfrentamos os principais chefes do jogo (Frax, Nadira e Gluto) até derrotar Ransik, o último chefe, sendo derrotado duas vezes contando com a batalha Megazord, e para liberar o Ranger extra (Quantum) é necessário coletar itens ao longo das fases. Ao final de cada fase, somos direcionados a "Torre do Tempo", onde localizam-se as passagens para as aventuras e também um "carregador" de energia. De uma fase para outra, passamos por tutoriais que ensinam a usar as habilidades especiais: um soco no chão que atinge inimigos pouco mais distantes e um golpe giratório atraindo ventos e fazendo um pequeno tornado em torno do Power Ranger, atraindo e causando danos aos inimigos (os Megazords também tem especiais: o Megazord do Tempo - Modo Azul lança um disco e o Modo Vermelho eletrocuta o inimigo quando próximo, ambos tem uma bola de fogo como segundo ataque especial). Também há "corações" de saúde e as engrenagens do relógio. Um diferencial do jogo anterior é que a cada fase é possível escolher um outro Ranger, e não apenas um para o jogo todo. Outra diferença é que a Ranger Amarela é o personagem mais forte do jogo, sendo fiel à série original.

Gameboy Color[editar | editar código-fonte]

A versão para Gameboy Color é diferente das outras versões: é do gênero plataforma, mesmo havendo um pouco de luta e beat em' up. Segue a mesma ideia dos outros games de Power Rangers desenvolvidos para Gameboy Color/Advance, ou seja, passar pelos obstáculos e combater alguns inimigos espalhados pelo cenário. Por ser um console antigo, possui gráficos razoáveis, e apenas dois golpes principais - salto e ataque - e também diferentes tipos de ataque: espada, canhão ou soco, sendo que os dois primeiros gastam energia ao serem usados. Pelo cenário podemos coletar saúde (corações) e energia (relâmpago), e também uma espécie de "coração enérgico" que aumenta ambos. Os Cyclobots - apesar de não ter semelhança com os da série - são encontrados poucas vezes durante as fases. Assim como em todos os jogos, ao final de cada fase há um chefe, e em algumas há dois chefes. Também é possível, dependendo da sequência do jogo, escolher se deseja ir a uma fase no futuro ou no passado, mudando a trajetória. Também há batalhas Megazord, mas não em todas as fases e não com todos os chefes. Quando há dois chefes em uma única fase, um deles "foge", e podemos capturá-lo na próxima fase. O Ranger Quantum também pode ser liberado logo após finalizar o jogo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.