Rádio Comercial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rádio Comercial
COMERCIAL
Logo Radio Comercial.jpg
País Portugal
Frequência(s) várias
Sede Lisboa
Slogan A melhor música, sempre!
Fundação 12 de março de 1979 (42 anos)
Fundador RDP
Proprietário(s) Media Capital (desde 1997)
Idioma Português
Página oficial http://radiocomercial.iol.pt/

A Rádio Comercial é uma rádio nacional portuguesa (com cobertura em Portugal Continental) do grupo Media Capital. Passa música pop, dance e rock actual e dos últimos dez anos. Actualmente, o seu director de programas é Pedro Ribeiro, sendo este, simultaneamente, animador do Programa da Manhã da estação.

História[editar | editar código-fonte]

Foi criada em 12 de março de 1979, sucedendo ao Rádio Clube Português, cujas frequências ocupou. Fazia parte do serviço público da RDP — Radiodifusão Portuguesa tendo como director João David Nunes. Desde então ocupa as instalações na Rua Sampaio e Pina, em Lisboa.

A partir de 1987 formou um grupo com a Rádio Comercial Norte, localizada no Porto e sucessora dos Emissores do Norte Reunidos. As duas rádios foram privatizadas em 1993, tendo sido adquiridas pelo grupo Correio da Manhã.[1] No mesmo ano, a Rádio Comercial Norte foi encerrada. [2]

Em 1997 a Rádio Comercial foi vendida ao grupo Media Capital.

É atualmente a rádio com maior share de audiência em Portugal, com 24,1% e entre julho de 2012 e maio de 2017 foi a rádio mais ouvida em Portugal (através de audiência acumulada de véspera), sucedendo e sendo sucedida pela RFM como a rádio líder no país.[3][4] A 15 de julho de 2015, a rádio entrou para a história da rádio em Portugal como a maior audiência de sempre atingindo uma média de 1 484 000 ouvintes por dia.[5]

Programas[editar | editar código-fonte]

  • Manhãs da Comercial
    (Pedro Ribeiro, Vera Fernandes, Elsa Teixeira, Nuno Markl e Vasco Palmeirim)
    Inclui:
    O Homem que Mordeu o Cão (Nuno Markl)
    Mixórdia de Temáticas (Ricardo Araújo Pereira)
    Músicas do Vasco (Vasco Palmeirim)
    Deveras Interessante (Vera Fernandes)
    New York, New York
    Um de nós já...
    10 em 1
  • Fast Forward com Rui Simões
  • Já se faz tarde
    (Diogo Beja e a Joana Azevedo)
    Inclui:
    Cada um sabe de si
    Eu é que sei
    Adivinha da Joana
  • TNT - Todos no Top
    (Pedro Ribeiro)
  • Era o que Faltava
    (Rui Maria Pego e Ana Martins)
    Inclui:
    Cortar aos Pecados

Outras rubricas[editar | editar código-fonte]

  • Ai destino, ai destino[6]
  • Ouvir falar de amor[7]
  • Hollywood Express[8]
  • Rock Star[9]
  • Ora deixa cá ver[10]
  • Era o que faltava

So Get Up e Rádio Comercial[editar | editar código-fonte]

Durante um período de um ano, do final de 1992 ao final de 1993, o artista grego-californiano Ithaka Darin Pappas, que viveu em Lisboa por um período de seis anos, apresentou um pequeno segmento de língua inglesa na Rádio Comercial chamado Lounge Lizard Larry dentro do programa diário da tarde, Quarto Bairro.[11][12][13][14]

O Quarto Bairro foi produzido por Eduardo Guerra e gravado por Pedro Costa (atualmente DJ na Antena 3), com notícias de Sílvia Souto Cunha (atual editora da Visão (revista)). Para as sequências de Lounge Lizard Larry, Ithaka lia, em sua maioria, seus próprios poemas, escritos especificamente para o show, no topo das faixas instrumentais de hip-hop do lado B.[15] [16][17][18][19]

Em um dia, no final de 1992, em um café fora dos estúdios da Rádio Comercial no bairro chamado Amoreiras, Ithaka escreveu um poema chamado The End Of The Earth Is Upon Us e, alguns minutos após a conclusão, o leu ao vivo em cima de um instrumental do grupo Naughty by Nature. Alguns meses depois, ele gravou uma demo com música original em Manchester, Inglaterra, com música original. E cerca de oito meses depois disso, o um grupo de música eletrônica Underground Sound of Lisbon, que o ouvia ler seus escritos no ar, convidou-o a regravar The End Of The Earth Is Upon Us com sua música para o Lado B dum single de vinil de 12" que eles estavam gravando. Ao longo das décadas, a tema retificada como So Get Up, alcançou uma ampla gama de lançamentos e remixes de artistas internacionais, mas a gravação original do poema vocal ocorreu na Rádio Comercial em Lisboa.[20][21][22]

Rádios digitais[editar | editar código-fonte]

A Rádio Comercial tem 5 emissões 24/7 através do seu site[23]:

Estação Fundação
Comercial Rádio Rock 12 de maio de 2019 (1 ano)[24]
One Hit Wonders 12 de maio de 2019 (1 ano)[25]
Rádio Digital Dance 12 de maio de 2019 (1 ano)[26]
Rádio Comercial Soft 12 de maio de 2019 (1 ano)[27]
Made in Portugal 12 de maio de 2019 (1 ano)[28]
Best of 90's 1 de dezembro de 2019 (1 ano)[29]
Best of 2000's 1 de dezembro de 2019 (1 ano)[30]

Frequências[editar | editar código-fonte]

A Rádio Comercial emite em FM Estéreo. Abaixo a lista de frequências e respectiva potência em kW:

Referências

  1. Infopédia. «Rádio Comercial - Infopédia». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 20 de fevereiro de 2021 
  2. «Situação na Rádio Comercial Norte». Consultado em 20 de fevereiro de 2021 
  3. «Rádio Comercial ultrapassa RFM e lidera audiências». Dinheiro Vivo. 12 de julho de 2012. Consultado em 29 de julho de 2017 
  4. «RFM ultrapassa Comercial e conquista liderança». 15 de maio de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  5. http://www.espalhafactos.com/2015/07/15/radio-comercial-bate-novo-recorde-de-audiencias/
  6. http://radiocomercial.iol.pt/player/ai-destino-ai-destino
  7. http://radiocomercial.iol.pt/player/ouvir-falar-de-amor
  8. http://radiocomercial.iol.pt/player/hollywood-express
  9. http://radiocomercial.iol.pt/player/rock-star
  10. http://radiocomercial.iol.pt/player/ora-deixa-ca-ver
  11. «So Get Up». Dinheiro Vivo. 12 de julho de 2012. Consultado em 23 de junho de 2020 
  12. «Rádio Comercial ultrapassa RFM e lidera audiências». Dinheiro Vivo. 12 de julho de 2012. Consultado em 29 de julho de 2017 
  13. «RFM ultrapassa Comercial e conquista liderança». 15 de maio de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  14. «RFM ultrapassa Comercial e conquista liderança». 15 de maio de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  15. «Silvia Souto Cunha». Visão. 12 de julho de 2012. Consultado em 23 de junho de 2020 
  16. «Pedro Costa». Dinheiro Vivo. 12 de julho de 2012. Consultado em 23 de junho de 2020 
  17. «A Apropriação de Cultura». Dinheiro Vivo. 12 de julho de 2012. Consultado em 24 de junho de 2020 
  18. «Rádio Comercial ultrapassa RFM e lidera audiências». Dinheiro Vivo. 12 de julho de 2012. Consultado em 29 de julho de 2017 
  19. [hhttps://discoteca1.blogs.sapo.pt/ «Programa Discoteca»]. Discoteca 1. 10 de março de 2015. Consultado em 24 de junho de 2017 
  20. «So Get Up». Lolo Lyrics. 12 de julho de 2012. Consultado em 29 de julho de 2017 
  21. «Viajante Profesional». Revista UP (TAP). 12 de julho de 2012. Consultado em 29 de julho de 2013 
  22. [hhttps://www.redbullmusicacademy.com/lectures/rui-vargas «Red Bull Music Academy»]. Red Bull. 12 de julho de 2010. Consultado em 29 de julho de 2017 
  23. http://radiocomercial.iol.pt/artigo/11108/a-radio-rock-esta-de-volta-e-ha-mais
  24. http://radiocomercial.iol.pt/player/radios-digitais
  25. http://radiocomercial.iol.pt/player/radios-digitais
  26. http://radiocomercial.iol.pt/player/radios-digitais
  27. http://radiocomercial.iol.pt/player/radios-digitais
  28. http://radiocomercial.iol.pt/player/radios-digitais
  29. http://radiocomercial.iol.pt/player/radios-digitais
  30. http://radiocomercial.iol.pt/player/radios-digitais

Ligações externas[editar | editar código-fonte]