Seed (The Walking Dead)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Seed"
1.º episódio da 3.ª temporada de
The Walking Dead
Informação geral
Direção Ernest Dickerson
Escrito por Glen Mazzara
Código de produção 101-90
Duração mundo 46:00
Transmissão original 14 de outubro de 2012
Convidados
Cronologia
"Sick"
Lista de episódios de The Walking Dead

Seed é o primeiro episódio da terceira temporada da série de televisão The Walking Dead, que foi exibida originalmente na AMC nos Estados Unidos e no Canadá em 14 de outubro de 2012. O episódio foi escrito por Glen Mazzara e dirigido por Ernest Dickerson. Ele é ambientado seis meses após a final da segunda temporada e se concentra em Rick Grimes (Andrew Lincoln) e seu grupo de sobreviventes encontrando um complexo prisional mostrado no episódio anterior. Enquanto isso, Michonne (Danai Gurira) cuida de Andrea (Laurie Holden), que está doente.

O episódio recebeu elogios da crítica em geral, com muitos críticos elogiando seu retorno à forma nos níveis de tensão e urgência. Muitos também observaram-no como um exemplo da promessa de Glen Mazzara para um "nível mais elevado de ação", pouco visto nos episódios anteriores da série. O episódio também contou com a promoção de Danai Gurira ao elenco principal.

Seed rendeu 10,9 milhões de telespectadores, quebrando vários recordes não só para a série, mas para a história da televisão também.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Oito meses depois de um grupo de zumbis invadir a fazenda de Hershel Greene (Scott Wilson), o grupo está em busca de um novo abrigo. Enquanto isso, Lori Grimes (Sarah Wayne Callies), a esposa de Rick Grimes (Andrew Lincoln) está prestes a dar à luz a qualquer momento. Depois de serem expulsos de uma casa abandonada por zumbis que ainda infestam a área, Rick e Daryl Dixon (Norman Reedus) vão em busca de alimentos e avistam um complexo de prisão. Com a ajuda dos outros sobreviventes, Rick consegue entrar no pátio da prisão. Eles se trancam dentro da primeira porta e matam todos os zumbis dentro de um quintal cercado. Observando que os zumbis que encontraram eram todos presidiários e guardas, Rick acredita que a prisão ainda pode ter um depósito de suprimentos grande. Depois de o grupo se instalar à noite na prisão, Rick exorta-os a continuar no lugar e adotá-lo como um novo lar.

Enquanto isso, Andrea (Laurie Holden) caiu gravemente doente desde que foi separada do grupo, sendo levada por Michonne (Danai Gurira), a figura encapuzada que resgatou Andrea na floresta no final da segunda temporada. Michonne manteve Andrea em um armário de carne, enquanto invadia uma farmácia para encontrar aspirina para reduzir a febre de Andrea. Andrea se sente como um fardo para Michonne, e diz a ela para continuar sobrevivendo sem ela, mas Michonne se recusa e sai para um refúgio mais seguro, levando Andrea.

No dia seguinte, Rick e os outros conseguem limpar o pátio da prisão, matando todos os zumbis. Daryl observa que um dos zumbis que matou era um civil, insinuando uma possível violação de segurança da prisão. O grupo encontra um bloco de celas para dormir. Lori passa a confiar mais em Hershel, acreditando que sua relação com Rick e seu filho, Carl Grimes (Chandler Riggs), está arruinada. Ela também teme que o bebê nasça morto após perceber que não sente nenhum movimento, e as preocupações de que o bebê pode reanimar e devorá-la de dentro para fora, ou que ela poderia morrer durante o parto passam a preocupá-la constantemente. Hershel acalma Lori e tenta convencê-la a não se preocupar com isso. Rick, Daryl, Hershel, Glenn Rhee (Steven Yeun), T-Dog (Irone Singleton) e Maggie Greene (Lauren Cohan) vão em uma missão de reconhecimento para outras partes da prisão. Eles vasculham todo o interior do prédio com lanternas, até que um progresso maior se torna impossível. Eles se separaram depois de tropeçar em cima de um grupo de zumbis e Hershel é mordido na perna por um zumbi. Rick amputa a perna de Hershel com um machado, na esperança de que a amputação evite a infecção de outras partes do corpo. Com Hershel gritando de dor, Rick tenta encontrar algo para estancar o sangramento. Enquanto isso, Daryl descobre que o grupo não está sozinho - há cinco prisioneiros sobreviventes observando-os.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O episódio foi aclamado pela crítica. Zack handlen, do The A.V. Club, deu ao episódio uma nota A- em uma escala de A a F.[2] Eric Goldman, do IGN, deu o episódio uma nota 9,2 de 10.[3]

Após a sua primeira transmissão em 14 de Outubro de 2012, Seed quebrou vários recordes de audiência quando atingiu 10,9 milhões de espectadores, tornando-se o episódio de série de TV mais visto na história da televisão a cabo, e o episódio mais visto da série até à data, superando o recorde anterior, registrado na 2ª temporada, em Beside the Dying Fire. Entretanto, o recorde do episódio foi superado mais tarde, por outros episódios também da mesma série de TV. A estréia da 3ª temporada viu um aumento de 33,4% na audiência levando em conta a estréia da 2ª temporada.[1]

Referências

  1. a b Ho, Rodney (15 de outubro de 2012). «AMC's 'The Walking Dead' season 3 opens with record 11,2 million viewers». AccessAtlanta. Consultado em 21 de outubro de 2012. Arquivado do original em 19 de outubro de 2012 
  2. Handlen, Zack (14 de outubro de 2012). «Seed». The A.V. Club. Consultado em 21 de outubro de 2012 
  3. Goldman, Eric (14 de outubro de 2012). «'Seed' Review». IGN. Consultado em 21 de outubro de 2012