Sofia, Condessa de Wessex

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sofia
Condessa de Wessex (mais)
Sofia em julho de 2021
Nascimento 20 de janeiro de 1965 (57 anos)
  Radcliffe Infirmary, Oxford, Reino Unido
Nome completo  
pt: Sofia Helena Rhys-Jones
en: Sophia Helen Rhys-Jones
Marido Eduardo, Conde de Wessex
Descendência Luísa Windsor
Jaime, Visconde Severn
Casa Windsor (por casamento)
Pai Christopher Rhys-Jones
Mãe Mary O'Sullivan
Religião Anglicanismo
Brasão

Sofia, Condessa de Wessex (Sofia Helena Rhys-Jones, em inglês Sophie Helen Rhys-Jones; Oxford, 20 de janeiro de 1965) é uma aristocrata e membro da família real britânica por ser a esposa do príncipe Eduardo, Conde de Wessex. Seu marido é o filho mais novo da rainha Isabel II do Reino Unido com o príncipe Filipe, Duque de Edimburgo e ocupa o 14.º lugar na linha de sucessão ao trono britânico.

Ela cresceu em Brenchley, Kent, e mais tarde frequentou o West Kent College, treinando como secretária que posteriormente trabalhou em relações públicas. Ela conheceu Eduardo em 1987 enquanto trabalhava para a Capital Radio, e eles começaram a namorar em 1993. O noivado foi anunciado em janeiro de 1999. Eles se casaram em 19 de junho na Capela de São Jorge no Castelo de Windsor. O casal tem dois filhos: Lady Luísa e Jaime, Visconde Severn.

Em 2002, Sofia fechou seus negócios e começou a trabalhar em tempo integral como membro da família real. Ela é patrona de mais de 70 instituições de caridade e organizações, incluindo Childline e London College of Fashion. Ela realiza mais de 200 compromissos por ano, incluindo visitas a escolas, universidades e bases militares.[1][2] Seu trabalho de caridade gira principalmente em torno de pessoas com deficiência, direitos das mulheres, cegueira evitável e agricultura.

Infância, educação e carreira[editar | editar código-fonte]

Sofia Helena Rhys-Jones (Sophie Helen Rhys-Jones) nasceu na Radcliffe Infirmary, Oxford, em 20 de janeiro de 1965, em uma família de classe média.[3][4][5] Seu pai, Christopher Bournes Rhys-Jones (nascido em 1931), é diretor de vendas aposentado de um importador de pneus industriais e artigos de borracha. Sua mãe foi Mary (nascida O'Sullivan; 1934-2005), uma trabalhadora beneficente e secretária..[6][7] Ela tem um irmão mais velho, David (nascido em 1963), e recebeu o nome da irmã de seu pai, Helen, que morreu em um acidente de pilotagem em 1960. Seu padrinho, o ator Thane Bettany (pai do ator Paul Bettany), era o meio-irmão de seu pai; ambos passaram sua primeira vida em Sarawak, Bornéu do Norte, então um protetorado britânico governado pelos rajás brancos. Ela descende do Rei Henrique IV da Inglaterra e é parente da família dos Viscondes Molesworth; sua avó, Margaret Rhys-Jones, quando solteira chamada Molesworth, era a bisneta do Rev. John Molesworth, ele próprio pai de Sir Guilford Molesworth e bisneto de Robert Molesworth, 1.º Visconde Molesworth.[8]

Rhys-Jones foi criada em uma fazenda de quatro quartos do século 17 em Brenchley, Kent. Ela começou sua educação na Escola Preparatória Dulwich, antes de se mudar para o Kent College, Pembury, onde era amiga de Sarah Sienesi, com quem depois dividiu um apartamento em Fulham e que mais tarde se tornou sua acompanhante. Rhys-Jones então se formou como secretária no West Kent College, Tonbridge.[9]

Ela começou uma carreira em relações públicas, trabalhando para diversas empresas, incluindo quatro anos na Capital Radio,[10] onde foi designada para o departamento de imprensa e promoções, bem como empresas de relações públicas The Quentin Bell Organisation e MacLaurin Communications & Media.[11] Ela também trabalhou como representante de esqui na Suíça e passou um ano viajando e trabalhando na Austrália. Em 1996, Rhys-Jones lançou sua agência de relações públicas, RJH Public Relations, que ela dirigiu com seu parceiro de negócios, Murray Harkin, por cinco anos.[11][12]

Casamento e filhos[editar | editar código-fonte]

O Conde e a Condessa de Wessex em Estocolmo (Suécia) no casamento da Princesa Vitória em 2010.

Enquanto trabalhava na Capital Radio, Rhys-Jones conheceu o Príncipe Eduardo, o filho mais novo da Rainha e o Duque de Edimburgo, pela primeira vez em 1987, quando ele namorava sua amiga.[13] Ela encontrou o Príncipe Eduardo novamente em um evento beneficente em 1993, e os dois começaram seu relacionamento logo em seguida.[14] Seu noivado foi anunciado em 6 de janeiro de 1999..[15] Eduardo propôs-lhe um anel de noivado com um diamante oval de dois quilates ladeado por duas pedras preciosas em forma de coração, colocadas em ouro branco de 18 quilates. O anel foi feito por Asprey e Garrard (agora Garrard & Co) e vale cerca de £105.000[16] Sofia, que era alegadamente próxima à rainha desde o início de seu relacionamento com Eduardo, foi autorizada a usar os apartamentos reais no Palácio de Buckingham antes de seu noivado.

O casamento aconteceu no dia 19 de junho do mesmo ano na Capela de São Jorge no Castelo de Windsor, ao contrário dos casamentos dos irmãos mais velhos de Eduardo, que foram grandes eventos formais na Abadia de Westminster ou na Catedral de São Paulo.[17] No dia de seu casamento, o Príncipe Eduardo recebeu o título de Conde de Wessex com o título subsidiário de Visconde Severn (derivado das raízes galesas da família da Condessa).[18] O casal passou sua lua-de-mel no Castelo de Balmoral. Após sua união, o Conde e a Condessa mudaram-se para Bagshot Park, sua casa em Surrey.[19] Enquanto sua residência particular é Bagshot Park, seu escritório e residência oficial em Londres está sediado no Palácio de Buckingham.[20] Devido a reformas no Palácio de Buckingham em 2018, o casal mudou temporariamente seus escritórios para o Palácio de St. James.[21]

A Condessa de Wessex com sua filha Luísa no Trooping the Colour de 2013

Em dezembro de 2001, a Condessa foi levada ao King Edward VII's Hospital depois de se sentir indisposta. Foi descoberto que ela sofria de uma gravidez ectópica e o feto teve que ser removido.[22] Dois anos depois, em 8 de novembro de 2003, ela deu à luz prematuramente sua filha, Lady Luísa Mountbatten-Windsor, resultante de uma súbita abrupção placentária que colocou mãe e filha em risco, e a Condessa teve que passar por uma cesariana de emergência no Hospital Frimley Park, enquanto o Conde de Wessex voltou correndo de Mauritius.[23] A Condessa voltou ao Hospital Frimley Park em 17 de dezembro de 2007, para dar à luz, novamente por cesárea, seu filho, Jaime Mountbatten-Windsor, Visconde Severn.[24] O menino detém o título de Visconde Severn e ocupa o 15º lugar na linha de sucessão ao trono britânico. Por acordo com a Rainha, todos os filhos do Conde e da Condessa não serão chamados de príncipes e princesas e nem terão o tratamento de "Sua Alteza Real".

Atividades oficiais[editar | editar código-fonte]

O Conde e a Condessa no aniversário da Rainha em 2012

A primeira viagem ao exterior da Condessa de Wessex após seu casamento foi para a província canadense de Ilha do Príncipe Eduardo em 2000.[25]

Em dezembro de 2011, a Condessa de Wessex juntou-se ao marido visitando as tropas no Afeganistão. Em fevereiro e março de 2012, o Conde e a Condessa visitaram o Caribe para o Jubileu de Diamante da Rainha, visitando Santa Lúcia, Barbados, São Vicente e Granadinas, Granada, Trinidad e Tobago, Montserrat, Saint Kitts e Nevis, Anguilla e Antígua e Barbuda. Os destaques do passeio incluíram as celebrações do Dia da Independência do 50º Aniversário em Santa Lúcia, um discurso conjunto de ambas as casas do Parlamento de Barbados e uma visita a locais afetados pelas recentes erupções vulcânicas em Montserrat.[26] Em junho de 2012, como parte das celebrações do Jubileu de Diamante da Rainha, o Conde e a Condessa de Wessex representaram a Rainha durante uma excursão de três dias a Gibraltar. O casal participou de um desfile de aniversário da rainha e visitou a Main Street, na histórica cidade velha.[27]

Em 2013, o casal visitou a África do Sul. Mais tarde naquele ano, a Condessa fez viagens solo à Índia e ao Catar como patrona da instituição de caridade Orbis UK.[28][29][30] Ela fez uma visita semelhante a Bangladesh em novembro de 2017.[31] A condessa, como Coronel-em-Chefe do Corpo de Música do Exército, visitou a Orquestra de Cordas da Condessa de Wessex no Royal Artillery Barracks, em Londres. Em 3 de março de 2014, a Rainha aprovou o título de "Orquestra de Cordas da Condessa de Wessex" para a nova Orquestra de Cordas do Exército em reconhecimento ao Coronel-em-Chefe do Corpo de Música do Exército.[32] Em novembro de 2014, a Condessa esteve na Zâmbia representando a Rainha no funeral de Estado do falecido Presidente da Zâmbia, Michael Sata.[33]

Sofia participando do The Royal Cheshire County Show em 2015

Em 26 de março de 2015, ela compareceu a exumação e reenterro de Ricardo III da Inglaterra na Catedral de Leicester.[34] Em maio de 2015, a Condessa representou a Rainha nas comemorações do 70º aniversário para marcar o Dia da Libertação das Ilhas do Canal. A Condessa entregou uma mensagem da Rainha, que prestou homenagem à contínua fidelidade e lealdade da ilha à Coroa.[35] A condessa visitou o Canadá e os Estados Unidos em novembro de 2015. Enquanto estava em Toronto, ela cruzou a cidade, fazendo paradas na Royal Agricultural Winter Fair e no Toronto General Hospital da UHN e no Toronto Western Hospital, dos quais ela é patrona. Sofia então viajou para Nova York, fazendo uma visita emocionante ao Memorial & Museu Nacional do 11 de Setembro. A condessa também fez uma aparição em um serviço do Dia do Armistício no Jardim 11 de setembro da Rainha Isabel II, que foi inaugurado em comemoração às 67 vítimas britânicas do ataque. A condessa mais tarde participou do jantar de Gala 100 Women in Hedge Funds em Manhattan.[36][37]

O Conde e a Condessa de Wessex excursionou pelo Canadá em junho de 2016, visitando Ontário, Manitoba, Saskatchewan e Alberta. O casal visitou uma variedade de lugares e em torno da cidade de Regina, antes de participar do 50º aniversário do Globe Theatre.[38] Em março de 2017, a Condessa embarcou em uma visita de 4 dias ao Malawi como Vice-Patrona do The Queen Elizabeth Diamond Jubilee Trust, visitando programas para acabar com a cegueira evitável e defender jovens líderes.[39] Em 9 de maio de 2017, a Condessa participou das comemorações do 80º aniversário do Rei Haroldo V e da Rainha Sônia da Noruega em nome da família real.[40] O Conde e a Condessa de Wessex representaram a rainha nas celebrações do 50º aniversário da ascensão do sultão Hassanal Bolkiah ao trono de Brunei em outubro de 2017.[41] Em 30 de novembro de 2017, a Condessa visitou a unidade de treinamento e fabricação de moda 'Making for Change', uma unidade de treinamento e fabricação de moda estabelecida pelo Ministério da Justiça Britânico e London College of Fashion em HM Prison Downview como patrona do London College of Fashion. Na sua visita, a condessa encontrou funcionários e prisioneiros, incluindo reclusas, e concedeu aos participantes certificados como parte do seu programa de formação.[42]

A Condessa em Belfast em 2018

Uma ávida defensora de instituições de caridade que lidam com deficiências de aprendizado, a Condessa fez uma viagem solo a Belfast em janeiro de 2018 para visitar várias instituições de caridade que ela apoiou por meio de seu trabalho na última década, incluindo o centro infantil Mencap.[43] Ela também abriu a nova unidade para demência do Northern Ireland Hospice, a primeira desse tipo no Reino Unido.[43] O Conde e a Condessa de Wessex visitaram o Sri Lanka em fevereiro de 2018 para celebrar o 70º aniversário da independência, as relações Sri Lanka-Reino Unido, a Commonwealth, educação e jovens.[44] Em outubro de 2018, o conde e a condessa de Wessex visitaram os estados bálticos.[45][46]

Em março de 2019, a condessa viajou para Nova York para participar da 63ª sessão da comissão das Nações Unidas sobre o Status da Mulher (CSW). O evento anual reuniu mais de 9.000 representantes da igualdade de gênero de todo o mundo. A CSW é "o principal órgão intergovernamental global dedicado exclusivamente à promoção da igualdade de gênero e ao empoderamento das mulheres".[47] Foi para Índia em sua última turnê no exterior como vice-patrona antes do fechamento planejado do Trust em janeiro de 2020. A condessa viu o trabalho que a fundação de caridade apoiou para combater a cegueira evitável e ouviu falar sobre programas lançados com sucesso pelos Queen's Young Leaders.[48] Em julho de 2019, o conde e a condessa visitaram Forfar em sua primeira visita oficial à cidade desde que a rainha concedeu ao conde o título adicional de Conde de Forfar em março de 2019.[49] No final de outubro, a Condessa visitou Kosovo para encontrar vítimas de violência sexual após a Guerra de Kosovo e suas famílias.[50]

Em março de 2020, Sofia se tornou o primeiro membro da família real a visitar o Sudão do Sul. Durante a visita, que foi solicitada pelo Foreign and Commonwealth Office, a Condessa de Wessex se encontrou com vítimas e sobreviventes de violência de gênero e promoveu seus direitos reunindo-se com as lideranças políticas femininas do país.[51] Em janeiro de 2022, a condessa fez uma visita solo ao Catar na qualidade de embaixadora global da Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira (IAPB) para apoiar a iniciativa '2030 in Sight' da organização e visitar projetos do Qatar Fund e A Orbis International visava melhorar os testes e tratamentos oftalmológicos na Índia e em Bangladesh.[52] Como apoiadora da Rede de Paz e Segurança das Mulheres, ela se encontrou com mulheres refugiadas afegãs que foram evacuadas do país após a Ofensiva do Talibã em 2021.[52]

Obras de caridade[editar | editar código-fonte]

A Condessa no Preventing Sexual Violence in Conflict Film Festival. Grande parte de seu trabalho de caridade envolve os direitos das mulheres.

O Conde e a Condessa de Wessex estabeleceram sua fundação The Wessex Youth Trust em 1999 para apoiar iniciativas e instituições de caridade que ajudam crianças e jovens.[53] Após vinte anos de operação, o Wessex Youth Trust foi renomeado Conde e Condessa de Wessex Charitable Trust em 2019 e sua gestão foi transferida para o Escritório Privado do Conde e Condessa de Wessex. Foi anunciado que os amplos objetivos de caridade do Trust não mudariam, no entanto, seus esforços futuros seriam direcionados para apoiar uma gama diferente de instituições de caridade.[54]

Em 2000, ela se tornou patrona de várias organizações, incluindo a Foundation of Light (anteriormente Sunderland A.F.C Foundation), que desenvolve programas educacionais e comunitários no norte da Inglaterra, baseados no futebol.[55] Em 2003, tornou-se patrona do Tomorrow's People Trust, que ajuda os desfavorecidos a encontrar trabalho, moradia e um lugar na sociedade.[56] Ainda em 2003, ela sucedeu a Rainha Isabel, a Rainha Mãe, como patrona do Royal College of Speech and Language Therapists.[57] A Condessa tornou-se a nova presidente da Girlguiding UK em 2003, após a morte da Princesa Margarida em fevereiro de 2002.[58] Ela estabeleceu o Women in Business Group em 2003 para apoiar o Prêmio Duque de Edimburgo e alcançar mais jovens para ajudá-los a desenvolver habilidades que podem transformar seus futuros.[59] A Condessa tornou-se presidente do Brainwave Center em 2003, uma instituição de caridade que oferece terapia para crianças com atraso no desenvolvimento.[60]

A Condessa é uma defensora da agricultura e produção de alimentos saudáveis e ocupou o cargo de Presidente da Mostra do Royal Bath and West Show em 2010 antes de se tornar Vice Patrona em 2011.[61] Ela também é patrona da Association of Show and Agricultural Organizations[62] e é patrona da Border Union Agricultural Society desde seu bicentenário em 2012.[63] A Condessa trabalha para apoiar a 'Campanha pela Lã', que foi criada pelo Príncipe de Gales, e visa promover o uso da lã britânica.[64] A Condessa foi eleita presidente da Associação Agrícola do Condado de Devon em fevereiro de 2017.[65] Em 29 de janeiro de 2019, a Condessa foi eleita Presidente do The Royal Smithfield Club, que promove a educação e o conhecimento para promover as melhores práticas na indústria da carne e da pecuária.[66] No Dia Internacional da Mulher, em março de 2019, a Condessa anunciou oficialmente seu envolvimento na luta contra crimes sexuais em zonas de conflito, juntando-se a Angelina Jolie para trabalhar com a Iniciativa de Prevenção da Violência Sexual em Conflitos (PSVI) e Mulheres, Paz e Segurança (WPS), que foi formada há 20 anos para enfrentar o impacto do conflito armado em mulheres e meninas e promover o papel positivo que as mulheres desempenham na construção da paz e da estabilidade.[67]

Em abril de 2020, a Condessa ajudou a Rhubarb, uma empresa de catering, a preparar e entregar comida aos funcionários do NHS em meio à pandemia de coronavírus. Mais tarde, foi relatado que ela estava participando de uma iniciativa organizada por Ian Wace para ajudar a preparar alimentos para o pessoal da linha de frente do NHS em Londres.[68] A Condessa também se ofereceu em bancos de alimentos locais, incluindo o Hope Hub, em Surrey e entregou encomendas aos sem-teto durante a pandemia de COVID-19.[69] Em maio de 2021, Sophie tornou-se patrona real da Wellbeing of Women, uma instituição de caridade focada em todas as áreas da saúde reprodutiva feminina ao longo da vida de uma mulher, desde a saúde menstrual até a menopausa.[70] Patrona desta instituição de caridade, ela mais tarde discutiu suas próprias lutas com a menopausa e como isso afetou sua memória.[71] Em julho de 2021, a Princesa Alexandra entregou o patrocínio de The Guide Dogs for the Blind Association para Sofia.[72]

Imagem pública e estilo[editar | editar código-fonte]

A Condessa de Wessex em 2013

No início de seu relacionamento com o Príncipe Eduardo, Sofia era referida como "a garota da porta ao lado", e conhecida por sua carreira de sucesso e antecedentes comuns.[73] Nos primeiros anos de seu casamento, Sofia enfrentou o escrutínio público por seus interesses comerciais e foi frequentemente comparada à falecida Princesa de Gales, que havia morrido dois anos antes.[74][75][76] A Condessa já foi citada como uma "influência estabilizadora" sob o radar e um "par seguro de mãos".[77] Diz-se que ela tem uma abordagem discreta para compromissos reais.[78] Amanda Pullinger declarou ao Town and Country: "Ela realmente se apresenta como uma pessoa comum e acho que é cada vez mais o que a família real precisa fazer".[79] Ela também tem sido notada por seu trabalho de longo prazo sobre temas "arenosos", como a violência baseada em gênero em conflitos, e viagens a "áreas difíceis", como o Sul do Sudão e Serra Leoa.[78][80] Os compromissos da Condessa ganharam atenção significativa do público pós-Megxit, com seu trabalho de caridade e escolhas de estilo recebendo mais comentários e análises.[81] A escritora Ingrid Seward afirma que a Condessa "não é uma auto-publicitária... Ela parece boa, sem ser exagerada, e ela não deseja a celebridade. Muitas vezes você não saberia que ela realizou todos esses compromissos."[82]

A Condessa não foi inicialmente proeminente por sua moda, mas eventualmente começou a desenvolver seu próprio estilo e usou roupas de muitos designers notáveis.[83] A Condessa tem usado exclusivamente designs de chapelaria de Jane Taylor desde 2009 em várias ocasiões.[84] Em uma entrevista à Marie Claire, Taylor descreveu sua primeira encomenda real: "Meu primeiro cliente real foi a Condessa de Wessex, e foi bastante estressante. Mas ela usa roupas tão lindas e ela sempre parece tão fabulosa, então é muito fácil fazer um design para ela. Desde que ela veio me ver, ela nunca usou chapéus de qualquer outra chapeleira, o que é um grande elogio. Eu estava muito animada, honrada e um pouco nervosa."[85] Ao lado da Duquesa de Cambridge e da Duquesa de Sussex, Sofia foi nomeada um dos membros mais estilosos da família real.[83][86] A Condessa é particularmente conhecida por usar diferentes combinações de chapéus e casacos, e prefere vestidos e vestidos de seda.[87]

Títulos e condecorações[editar | editar código-fonte]

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 20 de janeiro de 1965 - 19 de junho de 1999 : Senhorita Sofia Rhys-Jones
  • 19 de junho de 1999 - presente: Sua Alteza Real A Condessa de Wessex
    • 10 de Março de 2019 - presente: Sua Alteza Real A Condessa de Forfar (na Escócia)

O título de Sofia é alternativamente: Sua Alteza Real a Princesa Eduardo, condessa de Wessex, Viscondessa Severn e Condessa de Forfar, Dama da Grande Cruz da Ordem Vitoriana Real, Dame de Justiça da Venerável Ordem do Hospital de São João de Jerusalém.

Brasões[editar | editar código-fonte]

Brasão de Sofia Helena Rhys-Jones quando ela era solteira
Brasão de Sua Alteza Real a Condessa de Wessex

Antes do casamento, ela recebeu um brasão desenhado por Sir Peter Gwynn-Jones, Rei de Armas principal da Jarreteira, baseado em um modelo de 200 anos, que nunca havia sido reconhecido oficialmente. O novo brasão foi concedido ao pai de Sophie, Christopher.[88]

O escudo é vermelho e azul, as cores do regimento dos Royal Fusiliers (Regimento da Cidade de Londres), no qual seus familiares serviram. O leão representa as origens nobres galesas da família e do príncipe Elystan Glodrydd de Ferrig, fundador da quinta tribo real do País de Gales.[88]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Estrangeiras[editar | editar código-fonte]

Nomeações militares honorárias[editar | editar código-fonte]

Canadá Canadá
  • Canadá 2004: Coronel-Chefe do Regimento de Lincoln e Welland[96]
  • Canadá 2005: Coronel-Chefe do South Alberta Light Horse[89]
Reino Unido Reino Unido

Referências

  1. «The Countess of Wessex». THe Royal Family. 4 de novembro de 2015. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  2. «2018 royal work statistics: who's been busy, who's been busier (congrats, Your Maj!)». Maclean's. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  3. «Background». The British Monarchy. Royal Household. Consultado em 2 de abril de 2020. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2004 
  4. «How Sophie, Countess of Wessex moved from being a career PR girl to a devoted Royal stalwart». Tatler (em inglês). 8 de junho de 2020. Consultado em 3 de março de 2021. Sophie also came from a middle-class family, her mother a secretary and her father a sales director for a tyre company. 
  5. «Prince Harry's Aunt Recalls Trying to Help Meghan Markle: 'I Just Hope They Will Be Happy'». Entertainment Tonight (em inglês). Consultado em 3 de março de 2021. Sophie, 55, came from a middle class family and worked for a PR firm before she wed Prince Edward. 
  6. «PR girl turns princess» (em inglês). BBC. 11 de junho de 1999. Consultado em 14 de março de 2018. Her father, Christopher, the son of a teacher, is a retired salesman for a tyre maker ... Mrs Rhys-Jones, a charity worker and secretary, has her own royal connection. As a young woman she once danced with Prince Philip at a society ball. 
  7. «Countess of Wessex's mother dies» (em inglês). BBC. 29 de agosto de 2005. Consultado em 27 de outubro de 2008 
  8. «Sophie's Brush With Greatness». Manchester Evening News (em inglês). 13 de agosto de 2007. Consultado em 6 de maio de 2020. The Countess of Wessex will come face to face with her great great great grandfather the Rev John Edward Nassau Molesworth...her ancestor['s][his] son ...solicitor's firm...set up in 1840 by the Reverend's son [solicitor] John Molesworth... 
  9. «PR girl turns princess». BBC News. 11 de junho de 1999. Consultado em 22 de junho de 2013 
  10. «Sun apologises to 'devastated' Sophie Rhys-Jones». The Guardian. 26 de maio de 1999. Consultado em 12 de janeiro de 2017 
  11. a b Furness, Hannah (2 de julho de 2012). «Countess of Wessex: the Royal Family's latest style icon?». The Telegraph (em inglês). Consultado em 12 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022 
  12. Lowrie, Margaret (20 de junho de 1999). «How 'sensible' and 'royal wedding' add up to 'yawn'». CNN. Consultado em 12 de janeiro de 2017 
  13. «Sophie: Life in the spotlight». BBC News. 2 de abril de 2001. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  14. «History – Prince Edward's wedding (pictures, video, facts & news)». BBC. Consultado em 27 de dezembro de 2011 
  15. «Prince Edward announces his engagement». BBC. 24 de novembro de 2009. Consultado em 12 de abril de 2018 
  16. «Crown jewels: The fabulous rings which sealed the love of Europe's royal couples». Reino Unido: HELLO! 
  17. «Edward & Sophie». People. 5 de julho de 1999. Consultado em 10 de março de 2018 
  18. «Wessex titles for Edward and Sophie». BBC News. 19 de junho de 1999. Consultado em 3 de maio de 2011 
  19. «The Crown Estate – Property Leases with the Royal Family». Report. 2005. Consultado em 16 de abril de 2015 
  20. «Royal Residences: Buckingham Palace». royal.uk. 12 de novembro de 2015. Consultado em 21 de maio de 2018 
  21. «Earl and the Countess of Wessex to move out of Buckingham Palace». Royal Central. 30 de junho de 2018. Consultado em 4 de agosto de 2018 
  22. «Baby joy for Sophie and Edward». BBC News. 6 de maio de 2003. Consultado em 5 de maio de 2015 
  23. «Royal baby born prematurely». BBC News. 8 de novembro de 2003. Consultado em 11 de maio de 2010 
  24. «Countess gives birth to baby boy». BBC News. 17 de dezembro de 2007. Consultado em 27 de outubro de 2008 
  25. Scott, Burke (Outubro de 2001). «Wessexs' Tour a Triumph». Canadian Monarchist News. Monarchist League of Canada. Consultado em 27 de outubro de 2008. Cópia arquivada em 8 de julho de 2009 
  26. Harris, Carolyn (15 de fevereiro de 2012). «Royals of the Caribbean: The 2012 Diamond Jubilee Commonwealth Tours Begin». royalhistorian.com. Consultado em 22 de junho de 2013 
  27. «Earl and Countess of Wessex greeted by overwhelming British patriotism in Gibraltar» (em inglês). hellomagazine.com. Consultado em 11 de junho de 2012. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022 
  28. Seward, Ingrid (23 de novembro de 2013). «Sophie Wessex: The unsung star of the Royal family». The Telegraph (em inglês). Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022 
  29. «Qatar Creating Vision initiative». The Royal Family. 31 de março de 2016. Consultado em 11 de março de 2018 
  30. «Sophie Wessex brings joy to eye patients in India». Hello!. 20 de setembro de 2013. Consultado em 11 de março de 2018 
  31. Shahid, Sharnaz (21 de novembro de 2017). «Sophie Wessex shows off her maternal side as she meets locals in Bangladesh». Hello!. Consultado em 12 de março de 2018 
  32. «Lunchtime Concert – The Countess of Wessex's String Orchestra». classical-music.com. Consultado em 27 de maio de 2018 
  33. «Countess of Wessex arrives for Sata's funeral» (em inglês). lusakavoice.com. Consultado em 10 de novembro de 2014 
  34. «Richard III: Leicester Cathedral reburial service for king». BBC. 26 de março de 2015. Consultado em 2 de janeiro de 2016 
  35. «Thousands turn out for Liberation Day celebration». BBC News (em inglês). 9 de maio de 2015. Consultado em 9 de maio de 2015 
  36. «Sophie, Countess of Wessex, visits Toronto's Royal Agricultural Winter Fair». ca.hellomagazine.com. 13 de novembro de 2015. Consultado em 13 de novembro de 2015 
  37. «Sophie Wessex pays emotional visit to 9/11 memorial in New York» (em inglês). ca.hellomagazine.com. 12 de novembro de 2015. Consultado em 12 de novembro de 2015 
  38. «The Earl and Countess of Wessex visit Canada». royal.uk. 28 de junho de 2016. Consultado em 28 de junho de 2016 
  39. «Trust Vice-Patron to visit Malawi in Commonwealth Week to see the work of the Trust». jubileetribute.org. Consultado em 6 de março de 2017 
  40. «Sophie Wessex makes glamorous appearance at royal birthday gathering» (em inglês). hellomagazine.com. 10 de maio de 2017. Consultado em 10 de maio de 2017 
  41. a b «Edward & Sophie attend Sultan of Brunei's Golden Jubilee celebrations» (em inglês). thecrownchronicles.co.uk. Consultado em 10 de maio de 2018 
  42. The Royal Family [@RoyalFamily] (30 de novembro de 2017). «The Countess met staff and prisoners, including female inmate Trudy, and awarded participants with certificates as part of their training programme. Trudy received her ABC Level 1 Certificate in Fashion and Textiles.» (Tweet) – via Twitter 
  43. a b «Sophie, Countess of Wessex visits NI charities». ITV. 23 de janeiro de 2018. Consultado em 11 de março de 2018 
  44. «The Earl and Countess of Wessex commemorate Sri Lanka's 70th Anniversary of Independence». royal.uk. 7 de fevereiro de 2018. Consultado em 7 de fevereiro de 2018 
  45. «Kaljulaid: UK has been Estonia's ally for 100 years» (em inglês). ERR News. 8 de outubro de 2018. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  46. «The Earl and Countess of Wessex visit the Baltic States» (em inglês). The Royal Family. 5 de outubro de 2018. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  47. «The Countess of Wessex attends the Commission on the Status of Women at the UN» (em inglês). royal.uk. 13 de março de 2019. Consultado em 13 de março de 2019 
  48. «The Countess of Wessex will visit India». royal.co.uk. 23 de abril de 2019. Consultado em 23 de abril de 2019 
  49. «The Earl and Countess of Forfar visit Forfar». royal.uk. Julho de 2019. Consultado em 1 de julho de 2019 
  50. Sutcliffe, Laura (17 de outubro de 2019). «The Countess of Wessex looks like a film star in a pink Emilia Wickstead dress». Hello!. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  51. «Countess of Wessex to promote women's rights during trip to South Sudan» (em inglês). MSN. 4 de março de 2020. Consultado em 7 de março de 2020 
  52. a b Sutcliffe, Laura (11 de janeiro de 2022). «The Countess of Wessex wears a truly sensational dress in Qatar». Hello!. Consultado em 13 de janeiro de 2022 
  53. «The Wessex Youth Trust» (em inglês). wessexyouthtrust.org.uk. Consultado em 9 de maio de 2018 
  54. «Changes to The Wessex Youth Trust» (em inglês). wessexyouthtrust.org.uk. Cópia arquivada em 6 de julho de 2019 
  55. «Sunderland AFC gets royal recognition». Sunderland Echo. 19 de fevereiro de 2015. Consultado em 11 de março de 2018 
  56. «Sophie takes first steps towards a royal career» (em inglês). 19 de fevereiro de 2003. Consultado em 23 de abril de 2013. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  57. «Introducing the RCSLT» (em inglês). rcslt.org. Consultado em 4 de junho de 2018 
  58. «Countess is girlguides new president». bbc.co.uk. 12 de junho de 2003. Consultado em 12 de junho de 2003 
  59. «TRH The Earl and Countess of Wessex attend DofE Women in Business celebration». The Duke of Edinburgh's Award. Consultado em 11 de março de 2018 
  60. «President» (em inglês). brainwave.org.uk. Consultado em 10 de junho de 2018 
  61. «Countess of Wessex vice patron at Bath and West society» (em inglês). bbc.com. Consultado em 13 de junho de 2011 
  62. The Royal Family [@RoyalFamily] (19 de março de 2018). «The Countess of Wessex as Patron of the Association of Show and Agricultural Organisations» (Tweet) – via Twitter 
  63. «Countess of Wessex takes 200th Border Union Show role». bbc.com. Consultado em 19 de janeiro de 2012 
  64. «THE COUNTESS OF WESSEX OPENS NEW WOOL BOARD OFFICES». britishwool.org.uk. Consultado em 25 de maio de 2018 
  65. «Countess elected president of agricultural association». middevonadvertiser.co.uk. Consultado em 25 de janeiro de 2017 
  66. «Countess of Wessex is New Smithfield President». royalsmithfieldclub.co.uk. Consultado em 9 de fevereiro de 2019 
  67. «Countess of Wessex teams up with Angelina Jolie to end rape and sexual violence in war zones» (em inglês). Telegraph.co.uk. Consultado em 6 de março de 2019. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022 
  68. Caamano, Andrea (26 de abril de 2020). «The Countess of Wessex secretly volunteering to make food for NHS staff – details». Hello!. Consultado em 27 de abril de 2020 
  69. Perry, Simon. «Why Sophie Wessex Is the Royal Family's Secret Weapon amid Coronavirus». People (em inglês). Consultado em 23 de novembro de 2020 
  70. «Her Royal Highness The Countess of Wessex becomes Royal Patron» (em inglês). wellbeingofwomen.org.uk. Consultado em 21 de maio de 2021 
  71. Wilkins, Bridie (16 de setembro de 2021). «Sophie Wessex confesses struggles with memory loss» (em inglês). Hello!. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  72. «Countess of Wessex takes over incredible new role from the Queen's cousin» (em inglês). hellomagazine.com. Consultado em 8 de julho de 2021 
  73. Kelly, Guy. «Why Meghan should follow Sophie, the Countess of Wessex – the outsider who quietly became the Queen's favourite». The Telegraph (em inglês). Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022 
  74. Gaby Hinsliff, Burhan Wazir (8 de abril de 2001). «Word by word, Sophie digs herself deeper into trouble». The Guardian. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  75. Hall, Sarah (13 de junho de 1999). «Sophie stresses her differences from Diana». The Guardian. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  76. Summerskill, Ben (19 de agosto de 2001). «Edward and Sophie go on royal duties 'strike'». The Guardian. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  77. «Sophie, Countess Of Wessex, A 'Soap-Opera-Free' Bride Unlike Princess Diana, Expert Claims». International Business Times. 23 de agosto de 2019. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  78. a b Murphy, Victoria. «Sophie, Countess of Wessex, Is the Royal Family's Secret Weapon». Town and Country. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  79. Miller, The Daily Express (20 de maio de 2020). «Sophie Wessex nickname: How dedicated royal earned this surprising nickname». Consultado em 14 de outubro de 2020 
  80. «Can Sophie Wessex reignite the royal flame?». Radio NZ. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  81. Vanderhoof, Erin. «Countess Sophie's Trip to the Pub Suggests She'll Be Staying in the Spotlight». Vanity Fair. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  82. Georgia, Farquharson. «Sophie Countess of Wessex went from a scandalous past to being a 'royal key worker' – but how could she help Meghan?». GoodtoKnow. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  83. a b «As Sophie, Countess of Wessex turns 53, look back at her most stylish looks». The Telegraph (em inglês). 20 de janeiro de 2018. Consultado em 12 de março de 2018. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022 
  84. «About Jane Taylor» (em enF). janetaylorlondon.com. Consultado em 10 de maio de 2018 
  85. «Royal Style for Real Girls: Tips from Kate Middleton's Hat Maker Jane Taylor». marieclaire.com. Consultado em 13 de abril de 2016 
  86. «Sophie, Countess of Wessex's most stylish moments» (em inglês). Hello!. 19 de janeiro de 2018. Consultado em 12 de março de 2018 
  87. Clinton, Leah Melby (20 de outubro de 2015). «Sophie, Countess of Wessex, Talks About the Real Fashion Pressures of Being a Royal» (em inglês). Glamour. Consultado em 12 de março de 2018 
  88. a b [http: //news.bbc.co.uk/2/hi/uk_news/347718.stm «novo casaco de Sophie»] Verifique valor |url= (ajuda). BBC News. 19 de maio de 1999. Consultado em 2 de julho de 2018 
  89. a b c d e f g h i j k l «Honours and appointments: The Countess of Wessex». Royal Household. Consultado em 1 de janeiro de 2014. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2014 
  90. «The Earl and Countess of Wessex Receive Centennial Medal» (Nota de imprensa). Government of Saskatchewan. 7 June 2005. Consultado em 27 de outubro de 2008. Cópia arquivada em 11 de junho de 2011  Verifique data em: |data= (ajuda)
  91. «The Countess of Wessex appointed to the Royal Victorian Order» (em inglês). Queen's Printer. 20 de janeiro de 2010. Cópia arquivada em 24 de janeiro de 2010  Parâmetro desconhecido |access-data= ignorado (ajuda)
  92. The Royal Family [@RoyalFamily] (21 de março de 2017). «The Countess of Wessex, as Grand President of @stjohnambulance has been awarded a Long Service Medal at the National Presidents' Conference.» (Tweet) – via Twitter 
  93. The Royal Family [@RoyalFamily] (16 September 2021). «Yesterday The Countess of Wessex, Grand President of @StJohnAmbulance, was presented with the First Bar to the Service Medal, marking HRH's 15 years of service to the Order.» (Tweet) – via Twitter  Verifique data em: |data= (ajuda)
  94. «TRH THE PRINCE OF WALES AND THE DUCHESS OF CORNWALL AWARDED WITH THE MEXICAN ORDER OF THE AZTEC EAGLE». Official website of the Mexican Embassy in the United Kingdom. Consultado em 11 de abril de 2019 
  95. The Royal Family [@RoyalFamily] (5 de outubro de 2017). «The Earl and Countess of Wessex are in Brunei to attend The Sultan of Brunei's Golden Jubilee celebrations.» (Tweet) – via Twitter 
  96. «Garrison Community Council – Upcoming Events» 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Sofia, Condessa de Wessex