Aliança Rebelde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Aliança para Restauração da República ou Aliança Rebelde foi um grupo de resistência civil que planejava restabelecer a paz na Galáxia durante a era do temível Império Galáctico. Foi fundada pelos senadores Mon Mothma, Bail Organa e Garm Am Iblis após o golpe de Palpatine no Senado.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada nos primeiros dias do Governo de Palpatine, a Aliança Rebelde era um pequeno e heróico grupo de soldados e políticos que se uniram para derrubar o Império e trazer a paz e a liberdade para a Galáxia.

Esse movimento de resistência tem raízes no Senado Imperial, onde alguns políticos esboçavam, em segredo, a derrocada de Palpatine. Entretanto, Palpatine descobriu os planos que ameaçavam seu governo totalitário e iniciou uma perseguição a todos os que não eram fiés ao Império. A maior parte da oposição foi presa ou exterminada e os únicos sobreviventes foram os senadores Mon Mothma e Garm Bel Iblis. Mothma e Iblis se exilaram e mais tarde entraram em contato com o senador Bail Organa em Corellia. O trio, então, concordou em fundar uma Aliança para depor Palpatine e estabelecer a ordem no Universo.

Garm Bel Ibli e Mon Mothma começaram a recrutar secretamente ativistas, planetas e até mesmo sistemas inteiros para a Rebelião. Aos Rebeldes, como ficaram conhecidos, juntaram-se centenas de pilotos, soldados, técnicos e oficiais que desejavam a derrocada do Império. Durante o crescimento da Rebelião, Bail Organa e sua filha, a Princesa Leia Organa, mativeram suas posições no Senado Imperial, fornecendo informações importantes para os rebeldes.

Episódio IV: Uma Nova Esperança[editar | editar código-fonte]

Em uma ação clandestina, a Princesa Leia conseguiu os planos da Estrela da Morte, uma poderosa estação espacial capaz de destruir um planeta inteiro. Darth Vader consegue capturar e prender Leia no intuito de impedir o crescimento da Rebelião. Entretanto a Princesa colocara os planos roubdados da estação em uma unidade R2 e a programou para uma missão secreta a Tatooine.

Encarregado de localizar e esmagar os Rebeldes, Vader interrogou a Princesa Leia sem sucesso. O Grande Moff Tarkin, idealizador da Estrela da Morte, tentou persuadir Leia ameaçando-a de destruir Alderaan se Leia não revelasse a localização da base rebelde. Bilhões de pessoas morreram em Alderaan, incluindo Bail Organa. Isto foi um sério revés para a Aliança, pois Organa era fundamental para mediar as desavenças entre o militante Garm Bel Iblis e a sutil Mon Mothma. Depois da morte de Bail Organa, os dois líderes se afastaram ainda mais e Bel Iblis logo abandonou a Aliança. Em compensação, a destruição de Alderaan também pode ter sido o maior erro do Império, pois provocou a ira dos Rebeldes. Sistemas antes neutros, agora horrorizados com a maldade do Império, se apressaram em unir-se à Aliança.

O primeiro grande conflito entre a Aliança e as forças Imperiais ocorreu na Batalha de Yavin. Durante o confronto, o piloto Rebelde Luke Skywalker conseguiu destruir a Estrela da Morte, matando o Grande Moff Tarkin junto com muitos outros líderes Imperiais. Entretanto o Senhor do Mal, Lorde Darth Vader conseguiu escapar com vida e desenvolveu um grande interesse em saber quem era o jovem rapaz que destruira a Estrela da Morte.

Episódio V: O Império Contra-Ataca[editar | editar código-fonte]

O Império teria sua vingança três anos mais tarde na Batalha de Hoth, quando um contingente de forças Imperiais lideradas por Darth Vader, General Veers e Almirante Piett invadiu o gelado planeta Hoth e tomou a base secreta Echo. Muitos soldados e pilotos Rebeldes perderam suas vidas no confronto, mas a maior parte do pessoal da Aliança conseguiu escapar. Um ano depois da derrota em Hoth, a Aliança organizou uma ofensiva maciça para atacar a nova Estrela da Morte do Império.

Vitória[editar | editar código-fonte]

Enquanto a frota Rebelde se reunia nas proximidades de Sullust, um pequeno grupo de ataque liderado pelo General Han Solo desceu à lua floresta de Endor para destruir o gerador do escudo da segunda Estrela da Morte. Embora tenha sido logo descoberto que o ataque da Estrela da Morte era parte de um plano elaborado do Imperador para emboscar os Rebeldes, a intervenção pontual dos Ewoks de Endor e a brilhante liderança garantiram a vitória da Aliança. Palpatine pereceu a bordo da segunda Estrela da Morte e sua morte arrasou o Império. A Aliança Rebelde rapidamente evoluiu para tornar-se a Nova República, o atual corpo de governo da galáxia.

Durante o clímax da Guerra Civil Galáctica, a Aliança Rebelde era composta por várias divisões informais que incluíam pilotos, técnicos e outros que ajudavam a causa. Talvez nenhum outro grupo tenha se sacrificado mais pela Aliança que sua altamente treinada infantaria, que lutou bravamente contra chances impossíveis e em todo e qualquer terreno. Durante a Guerra Civil, as tropas terrestres da Aliança foram convocadas para defender seus companheiros Rebeldes apenas com artilharia ultrapassada e alguns antigos blasters DH-17. Ainda assim, as unidades de infantaria Rebelde conseguiram causar grandes danos às bem-armadas tropas Imperiais nas Batalhas de Hoth e Batalha de Endor.

Os soldados da infantaria Rebelde serviam em várias funções durante a Guerra Civil Galáctica. Em primeiríssimo lugar, eles se mantinham em toda base Rebelde como uma última linha de proteção contra invasores Imperiais. Em Hoth, por exemplo, eles montaram posições defensivas equipadas com baterias antiinfantaria Golan Arms DF.9 e unidades de artilharia antiveículos Atgar 1.4 FD P-Tower para deter hordas de AT-ATs e outras forças Imperiais. Membros da infantaria Rebelde também serviam a bordo de algumas naves da Aliança para proteger membros importantes da tripulação. Algumas vezes, eles eram designados para deveres de reconhecimento, escolta e guarda. As tropas Rebeldes mais habilidosas eram os comandos de elite. Sob a liderança do General Crix Madine, estes comandos atacavam instalações Imperiais importantes para promover a causa da Aliança.

Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.