Arquidiocese de Santiago de Compostela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Arquidiocese de Santiago de Compostela
Archidiœcesis Compostellanus
Catedral de Santiago de Compostela
Localização
País Espanha
Dioceses Sufragâneas Lugo
Mondoñedo-Ferrol
Orense
Tui-Vigo
Estatísticas
Área 8 546 km²
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese 5 de dezembro de 1095
Elevação a Arquidiocese 27 de fevereiro de 1120
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Julián Barrio Barrio
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Endereço Plaza de la Inmaculada 1, 15704
Página Oficial www.archicompostela.org
Dioceses da Galiza; a de Santiago de Compostela, em azul escuro.

A Arquidiocese de Santiago de Compostela (em latim: Archidiœcesis Compostellanus) é a arquidiocese ou arcebispado[1] cuja sede eclesiástica é a Catedral de Santiago de Compostela, em Santiago de Compostela, na Espanha. Elevou-se a arquidiocese em 1120, a qual é continuadora da diocese de Iria que, após o descobrimento do ataúde de Santiago Maior entre 820 e 830, tinha como residência do bispo a cidade de Compostela, embora oficialmente não fosse trasladada a sé até 1095.

A arquidiocese cobre uma superfície de 8 546 km² e segundo dados de 2004 viviam nela 1 287 118 pessoas. Dela dependem 1 069 paróquias, com 627 sacerdotes diocesanos e 141 sacerdotes religiosos, 1 017 religiosas e 278 religiosos. Da arquidiocese dependem quatro dioceses sofragâneas: Lugo, Mondoñedo-Ferrol, Ourense e Tui-Vigo. O atual titular é Julián Barrio Barrio.

Durante a Idade Média o arcebispo de Santiago de Compostela, por privilégio concedido pela monarquia, exercia jurisdição senhorial sobre a Terra de Santiago.

História[editar | editar código-fonte]

A diocese de Iria Flávia foi erigida no século VI, segundo documentos do Concílio de Braga[desambiguação necessária] em 569. Foi originalmente sufragânea da Arquidiocese de Braga.

Em 829, o bispo Teodomiro descobriu a tumba de São Tiago maior de Compostela, que se tornou um dos principais locais de peregrinação da Europa medieval.

A peregrinação permitia a circulação de ideias: a partir de Santiago foi provavelmente criada a oração Salve Rainha, feita pelo Bispo São Pedro Mezonzo por volta do ano 1000.

Em 5 de dezembro de 1095 o Papa Urbano II pela bula papal Veterum sinodalia atribuía à antiga diocese de Iria Flávia uma nova sé e um novo nome, diocese de Santiago de Compostela. Ao mesmo tempo, concedeu à diocese uma isenção da jurisdição da arquidiocese metropolitana, tornando-a imediatamente sujeita à Sé Apostólica.

Em 27 de fevereiro de 1120 o Papa Calisto II, pela bula Omnipotentis dispositione elevou a diocese à categoria de arquidiocese metropolitana.

Em 5 de março de 1525 foi estabelecido pela bula papal de Clemente VII a criação da Universidade de Santiago, que surgiu a partir da escola da catedral, que durante toda a Idade Média possuíra mestres famosos. Por muitos anos (até o século XIX), a universidade realizou um curso de teologia e serviu como formação dos presbíteros no lugar de um seminário diocesano, que foi erguido apenas em 1829. Com dificuldades na segunda metade do século, ao seminário foi concedido o direito de conceder graus, até que em 1932 foi reduzida à categoria de mero seminário diocesano. Finalmente, em 1981, ele obteve o status do Instituto Seminário Teológico, associado à Universidade de Salamanca com direito de conceder o bacharelado em teologia.

Prelados[editar | editar código-fonte]

Séculos XX e XXI[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. território eclesiástico da Igreja católica regido por um bispo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arquidiocese de Santiago de Compostela