Biologia e orientação sexual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Biologia e orientação sexual é o tema da investigação sobre o papel da biologia no desenvolvimento da orientação sexual humana. Nenhuma causa simples e única para a orientação sexual tem sido demonstrado de forma conclusiva, mas algumas pesquisas sugerem que é por uma combinação de influências genéticas, hormonais e/ou ambientais,[1] com fatores biológicos que envolvem uma complexa interação de fatores genéticos e do ambiente uterino precoce.[2] Os fatores biológicos que podem estar relacionados ao desenvolvimento de uma orientação heterossexual, homossexual ou bissexual, incluem os genes, hormônios pré-natais, e a estrutura cerebral.

Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Frankowski BL. (June 2004). "Sexual orientation and adolescents". Pediatrics 113 (6): 1827–32 pp.. PMID 15173519.
  2. Royal College of Psychiatrists: Submission to the Church of England’s Listening Exercise on Human Sexuality.