Dream Within a Dream Tour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde março de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Dream Within a Dream Tour
Turnê Mundial de Britney Spears
Álbum(ns) associado(s) Britney
Data de início 1 de novembro de 2001
Data de fim 28 de julho de 2002
Partes 2
Número de
apresentações
66 na América do Norte
1 na Ásia
67 no total
Cronologia de turnês de Britney Spears
Último
Último
Oops!... I Did It Again World Tour
(2000)
The Onyx Hotel Tour
(2004)
Próximo
Próximo

A Dream Within a Dream Tour foi a quarta turnê em ordem cronológica, e a terceira turnê mundial da cantora Britney Spears. A turnê teve início em Columbus, Ohio, 1 de novembro de 2001 e encerrado em 28 de julho de 2002, em um polêmico show na Cidade do México. Segundo a Billboard, a Dream Within a Dream Tour gerou elevados lucros de US$43,7 milhões[1] O nome da turnê é baseado em um poema de Edgar Allan Poe chamado A Dream Within A Dream.

Os shows foram mais elaborados e dramáticos do que os show de suas turnês anteriores. Foi incluída como um passo fundamental que permitiu fácil visualização do público, incluindo uma variedade de plataformas que Spears ficava em torno do público, e uma enorme tela da chuva que derramou mais de 500 galões de água. O último show na Cidade do México foi cancelada devido às fortes chuvas e trovoadas.

O show de Las Vegas foi gravado para um especial exibido na HBO, e em um DVD intitulado Live From Las Vegas, foi mais tarde lançado. O show realizado em Albany também foi gravado e reproduzido em um programa de televisão alemã. Em Abril de 2002 também foi gravado o show do Japão, apresentado no mesmo país. Em Junho de 2002 também foi gravado o show, na cidade de Fort Lauderdale na Flórida, sendo exibido na rede de supermercados Walmart do País.

A Dream Within a Dream Tour é considerada pela crítica especializada, bem como pela maioria de seus fãs, a melhor turnê de Spears até hoje, e o show de Las Vegas para a mesma, é considerado por muitos o melhor show já feito por Britney, junto com o especial de promoção do seu quarto disco de estúdio, In The Zone, na ABC.

Shows de Abertura[editar | editar código-fonte]

Setlist[editar | editar código-fonte]

  1. "Dream Within a Dream" (Video Introduction)
  2. "Oops!... I Did It Again"
  3. "(You Drive Me) Crazy"
  4. "It Was All In Your Mind" (Dance Interlude)
  5. "Overprotected"
  6. "Storytime" (Video Interlude) (contains elements from "From the Bottom of My Broken Heart" and "Born to Make You Happy")
  7. "Born to Make You Happy" / "Lucky" / "Sometimes"
  8. "Storytime" (Reprise) (Video Interlude)
  9. "Boys"
  10. "Stronger"
  11. "I'm Not a Girl, Not Yet a Woman"
  12. "Making The Band" (Video Interlude)(contains excerpts from "Who Let the Dogs Out?", "Music" and "I Love Rock and Roll")
  13. "I Love Rock and Roll"
  14. "What It's Like To Be Me"
  15. "Lonely"
  16. "Breakdown" (Dance Interlude)
  17. "Don't Let Me Be the Last to Know"
  18. "Crayola World" (Video Interlude)
  19. "Anticipating"
  20. "I'm a Slave 4 U"
  21. "...Baby One More Time"

Cancelamento do segundo show no México[editar | editar código-fonte]

Em 28 de julho de 2002, um domingo, um segundo show da cantora na Cidade do México seria realizado no Foro Sol para 15 mil fãs. De fato, o show foi iniciado como programado inicialmente, entretanto, com quase uma hora de show, pouco depois de apresentar a oitava canção, "Stronger", Spears deixou o palco, dizendo apenas: "Me desculpe, México. Eu amo vocês, tchau". Poucos minutos depois, foi anunciado através dos auto-falantes do estádio para o confuso público que o "restante do show estaria sendo cancelado" devido às más condições climáticas, uma vez que chovia forte durante o ocorrido, e uma tempestade de raios se formava sobre a cidade.

No dia seguinte, de acordo com os dois dos principais jornais da cidade, Milenio e El Universal, fãs incrédulos e revoltados vaiaram a cantora, xingando-a e acusando-a de "trapaçeira" logo após serem informados do cancelamento do show. Ainda de acordo com esses jornais, alguns fãs mais exaltados arrancaram cadeiras da arquibancada e atirara-as contra o palco, sendo preciso chamar a polícia local para controlar a multidão.

Dois dias depois do ocorrido, em 31 de julho, um comunicado da cantora para "seus fãs mexicanos" foi divulgado na imprensa mexicana: "Eu realmente sinto muito por não ter conseguido finalizar meu show para os meus fãs mexicanos. Vocês mexicanos, formam algumas das melhores platéias do mundo! Eu e minha equipe decidimos cancelar o restante do show pois não tínhamos escolha, uma vez que uma forte chuva estava se formando, bem como uma tesmpestade de raios" (a cantora deixou o México logo após a interrumpção do show, seguindo do Foro Sol direto para o aeroporto, temendo represárias). O presidente da Osesa Presenta, produtora mexicana responsável pelos shows, Guillermo Parra, em entrevista ao jornal El Universal, disse: "as condições climáticas não podem ser controladas por nós, e por isso o show foi cancelado"[2] .

Foi anunciado aos fãs que eles seriam reembolsados pela Osesa Presenta a partir de 1 de agosto. A Jive Records, gravadora da cantora, em um comunicado nesse mesmo dia, disse: "A tempestade de raios e a forte chuva do dia fizeram essencial para a segurança de Britney, bem como de sua equipe e dos próprios expectadores, que o show fosse interrompido. Spears começou o show durante o intervalo entre duas grandes tempestades, mas o risco de vida gerado pela segunda tempestade (que começou pouco depois do inicio do show), uma tempestade de raios, fez com que fosse impossível (e irresponsável) continuar o show".

Uma semana depois do ocorrido, a Osesa Presenta informou que iria processar Britney Spears e sua equipe, bem como a gravadora Jive Records e a produtora Live Nation, pelo prejuízo de cerca de MX$14 milhões (cerca de US$2 milhões) devido ao cancelamento do show. O processo só foi resolvido em 2005.

Gravações e Transmissões[editar | editar código-fonte]

Em 18 de novembro de 2001, o concerto no MGM Grand Arena em Las Vegas, foi televisionada ao vivo em no canal pago HBO, e depois foi lançado em DVD em 22 de janeiro de 2002, intitulado Britney Spears: Live From Las Vegas.

Datas[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local
América do Norte[3]
1 de Novembro, 2001 Columbus  Estados Unidos Nationwide Arena
2 de Novembro, 2001 Pittsburgh Mellon Arena
5 de Novembro, 2001 Toronto  Canadá Air Canada Centre
7 de Novembro, 2001 Uniondale  Estados Unidos Nassau Coliseum
8 de Novembro, 2001 University Park Bryce Jordan Center
9 de Novembro, 2001 Cleveland Gund Arena
10 de Novembro, 2001 Cincinnati FirStar Center
12 de Novembro, 2001 Denver Pepsi Center
13 de Novembro, 2001 Salt Lake City Delta Center
17 de Novembro, 2001 Las Vegas MGM Grand Garden Arena
18 de Novembro, 2001
20 de Novembro, 2001 Anaheim Arrowhead Pond Pavilion
21 de Novembro, 2001 Los Angeles Staples Center
26 de Novembro, 2001 Auburn Hills The Palace of Auburn Hills
27 de Novembro, 2001 Milwaukee Bradley Center
28 de Novembro, 2001 Rosemont Allstate Arena
28 de Novembro, 2001 Minneapolis Target Center
1 de Dezembro, 2001 Atlantic City Boardwalk Hall
2 de Dezembro, 2001 East Rutherford Continental Airlines Arena
3 de Dezembro, 2001 Albany Pepsi Arena
5 de Dezembro, 2001 Nova York Madison Square Garden
8 de Dezembro, 2001 Hartford Hartford Civic Center
9 de Dezembro, 2001 Boston Fleet Center
10 de Dezembro, 2001 Philadelphia First Union Center
11 de Dezembro, 2001 Boston Fleet Center
14 de Dezembro, 2001 Raleigh RBC Center
15 de Dezembro, 2001 Atlanta Philips Arena
16 de Dezembro, 2001 Nova Orleans New Orleans Arena
18 de Dezembro, 2001 Tampa St. Pete Time's Forum
19 de Dezembro, 2001 Miami American Airlines Arena
21 de Dezembro, 2001 Washington, D.C. MCI Center
Ásia
25 de Abril, 2002 Tóquio  Japão Tokyo Dome
América do Norte
24 de Maio, 2002 Las Vegas  Estados Unidos Mandalay Bay Events Center
25 de Maio, 2002
28 de Maio, 2002 Vancouver  Canadá Pacific Coliseum
29 de Maio, 2002 Tacoma  Estados Unidos Tacoma Dome
30 de Maio, 2002 Portland Rose Garden Arena
1 de Junho, 2002 Oakland Oakland Arena
2 de Junho, 2002 San Jose Compaq Center
4 de Junho, 2002 Los Angeles Staples Center
5 de Junho, 2002 San Diego Cox Arena
6 de Junho, 2002 Los Angeles Staples Center
10 de Junho, 2002 Sacramento ARCO Arena
12 de Junho, 2002 Phoenix America West Arena
14 de Junho, 2002 Lubbock United Spirit Arena
15 de Junho, 2002 San Antonio Alamodome
16 de Junho, 2002 Houston Summit Forum
20 de Junho, 2002 Chicago United Center
21 de Junho, 2002 Indianapolis Conseco Fieldhouse
22 de Junho, 2002 St. Louis Savvis Center
24 de Junho, 2002 Auburn Hills The Palace of Auburn Hills
25 de Junho, 2002 Hamilton  Canadá Copps Coliseum
26 de Junho, 2002 Buffalo  Estados Unidos HSBC Arena
28 de Junho, 2002 Philadelphia Wachovia Center
29 de Junho, 2002 Boston Fleet Center
30 de Junho, 2002 Worcester Forum Worcester
5 de Julho, 2002 Atlantic City Boardwalk Hall
6 de Julho, 2002 East Rutherford Continental Airlines Arena
9 de Julho, 2002 Uniondale Nassau Coliseum
10 de Julho, 2002 Washington, D.C. Verizon Center
11 de Julho, 2002 Charlotte Charlotte Coliseum
13 de Julho, 2002 Fort Laudardale National Car Rental Center
14 de Julho, 2002 Orlando TD Waterhouse Centre
18 de Julho, 2002 Bossier City CenturyTel Center
19 de Julho, 2002 Oklahoma City City Center
20 de Julho, 2002 North Little Rock Alltel Arena
22 de Julho, 2002 Dallas American Airlines Center
27 de Julho, 2002 Cidade do México  México Foro Sol

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]