B in the Mix: The Remixes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
B in the Mix: The Remixes
Álbum de remixes de Britney Spears
Lançamento 22 de Novembro de 2005
Gravação 1998 — 2005
Gênero(s) Dance, trance[1]
Duração 54:03
Gravadora(s) Jive
Produção Peter Rauhofer, Justice, Bill Hamel, Barry Jamieson, Stuart Price, Dave Audé, Junkie XL, Valentin, Jason Nevins, Hex Hector, Nick "Fierce" Fiorucci, Taras Harkavyi, Davidson Ospina
Cronologia de Britney Spears
Último
Último
Britney & Kevin: Chaotic
(2005)
Blackout
(2007)
Próximo
Próximo
Singles de B In The Mix: The Remixes
  1. "And Then We Kiss"
    Lançamento: 31 de outubro de 2005


B In The Mix: The Remixes é o primeiro álbum de remixes da cantora pop estado-unidense Britney Spears, lançado no dia 22 de Novembro de 2005 pela gravadora Jive Records. O álbum consiste em 11 faixas remixadas de álbuns anteriores da cantora, sendo sete destas singles e três do álbum In the Zone, por DJ's como Peter Rauhofer e Stuart Price. Os remixes têm influência em vários gêneros de música eletrônica, como trance e techno. B in the Mix: The Remixes também inclui uma canção nova, "And Then We Kiss".

O álbum recebeu críticas variadas. Alguns críticos consideraram B in the Mix: The Remixes como um bom álbum de remixes, enquanto outros consideraram o álbum fraco, assim como os vocais de Spears. B in the Mix: The Remixes teve ótimas vendas boas, entrando apenas na #19 posição nas paradas musicais da Bélgica, e em #34 nos Estados Unidos. "And Then We Kiss" foi lançada como o único single promocional do álbum.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Em 28 de Setembro de 2004, a Jive Records anunciou que Spears lançaria seu primeiro álbum de remixes, e que este se chamaria Remixed.[2] Entretanto, no dia 8 de Novembro de 2005, a repórter Jennifer Vineyard da MTV anunciou que o álbum na verdade se chamaria B in the Mix: The Remixes, e que seria lançado em 22 de Novembro de 2005. O álbum inclui canções de seus outros álbuns remixadas por DJ's como Peter Rauhofer e Stuart Price. Price havia remixado "Breathe on Me" do álbum In the Zone anteriormente para a edição limitada da coletânea Greatest Hits: My Prerogative. B in the Mix: The Remixes também inclui uma canção inédita, chamada "And Then We Kiss";[1] a canção seria lançada anteriormente como parte do CD bônus do DVD do reality show Britney & Kevin: Chaotic, mas foi removida por motivos desconhecidos.[3] B in the Mix: The Remixes possui duas capas diferentes. Na edição norte-americana, Spears não aparece na capa; foi utilizada uma borboleta ao invés da cantora. Na edição internacional, Spears aparece atrás da mesma borboleta.[1]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 2.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svg link
Rolling Stone 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg link

Kurt Kirton do site About.com deu destaque aos remixes de "Everytime" e "Don't Let Me Be the Last to Know", dizendo que o álbum seria melhor se tivesse mais faixas. Ele resumiu sua crítica dizendo que foi um álbum "decente que deve agradar todo fã de Britney e a maiora dos fanáticos por música de boates".[4] Barry Walters da revista Rolling Stone era "mais redundante" do que Greatest Hits: My Prerogative, mas acrescentou que o remix de "Toxic" era a grande exceção do álbum, e disse que "praticamente todas as faixas deste álbum estão melhores do que as originais".[5] Stephen Thomas Erlewine do Allmusic comentou que "B in the Mix não elimina o fato de que Spears não está de acordo com o que foi feito em sua carreira", e ainda acrescentou que o álbum é apenas um "pedaço de produto".[6] Gregg Shapiro do Bay Area Reporter deu uma crítica extremamente negativa ao álbum, chamando-o de "desperdício". Também comentou que a voz de Spears parecia "forçada, fria e mecânica" quando removidos os instrumentais originais. Entretanto, ele deu destaque a duas faixas, dizendo que "Spears chegou perto de conseguir o status de diva do dance com o remix de Valentin da faixa 'Everytime', enquanto que o remix de Davidson Ospina da faixa '...Baby One More Time' transforma-a em um clássico".[7]

Performance nos charts[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, B in the Mix: The Remixes estreou na #34 posição da Billboard 200, vendendo 14 mil cópias na semana de lançamento.[8] O álbum estreou também na quarta posição da parada Dance/Electronic Albums, também da Billboard, permanecendo um total de vinte e uma semanas nesta. [9] Desde Fevereiro de 2010, B in the Mix: The Remixes vendeu cerca de 500 mil cópias nos Estados Unidos, de acordo com a Nielsen SoundScan.[10] O álbum estreou na #9 posição nas paradas musicais da Bélgica. Sua compilação B In The Mix: The Remixes (2005) é o 7º álbum de remixes mais vendido da história com 1.7 milhão do cópias.[11]

Promoção[editar | editar código-fonte]

B in the Mix: The Remixes não foi tão promovido quanto os álbuns anteriores de Spears. Um disco de vinyl promocional intitulado Key Cuts from Remixed com cinco remixes do álbum foi lançado mais de duas semanas antes do lançamento oficial do álbum.[1] [12] Um concurso promovido pelo website oficial de Spears para os que comprassem o álbum com antecedência premiava o vencedor com uma cópia do DVD Britney & Kevin: Chaotic, um frasco de sua fragrância Fantasy, com um creme e um kit de maquiagem promocionais, e uma foto personalizada da cantora e autografada.[13] Em 22 de Novembro de 2005, uma festa de lançamento do álbum realizada em Los Angeles, California, foi orgazinada pela equipe de Spears e o webmaster do fã-site WorldOfBritney.com. A festa foi um evento limitado a 500 pessoas, incluindo membros do fã-clube oficial da cantora. Spears comentou, "Eu só queria dizer que eu adoro a ideia de reunir todos os meus fãs para celebrar o lançamento de meu novo álbum. Eu fiquei muito feliz em ajudar! Espero que todos vocês tenham uma ótima noite e que dancem muito!".[14] "And Then We Kiss" foi lançada como single promocional em CD e vinyl.[15] [16] Jennifer Vineyard da MTV comentou que a canção teria "o potencial para ser um grande hit - se a Jive estivesse promovendo o álbum ativamente".[1] "And Then We Kiss" falhou ao entrar em grandes paradas musicais como Hot 100.

Faixas[editar | editar código-fonte]

B in the Mix: The Remixes
# Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Toxic" (Peter Rauhofer Reconstruction Mix Edit) Christian Karlsson, Pontus Winnberg, Cathy Dennis, Henrik Jonback Peter Rauhofer 6:46
2. "Me Against the Music (Justice Remix)" (feat. Madonna) Britney Spears, Madonna, Christopher "Tricky" Stewart, Penelope Magnet, Thabiso Nikhereanye, Terius "The-Dream" Nash, Gary O'Brien Dave Audé 4:01
3. "Touch of My Hand" (Bill Hamel Remix) Britney Spears, Jimmy Harry, Bahewa Muhammad, Shep Solomon Bill Hamel 5:19
4. "Breathe On Me" (Jacques Lu Cont Thin White Duke Mix) Steve Anderson, Lisa Greene, Stephen Lee Stuart Price 3:55
5. "I'm a Slave 4 U" (Dave Audé Slave Driver Mix) Pharrell Williams, Chad Hugo   5:51
6. "And Then We Kiss" (Junkie XL Remix) Britney Spears, Mark Taylor, Paul Barry Junkie XL 4:27
7. "Everytime" (Valentin Remix) Britney Spears, Anette Statelatos Valentin 3:24
8. "Early Mornin'" (Jason Nevins Remix) Britney Spears, Richard "Moby" Melville Hall, Christopher "Tricky" Stewart, Penelope Magnet Jason Nevins 3:38
9. "Someday (I Will Understand)" (Hi-Bias Singlature Radio Remix) Britney Spears Nick "Fierce" Fiorucci 3:46
10. "... Baby One More Time" (Davidson Ospina 2005 Remix) Max Martin Davidson Ospina 4:37
11. "Don't Let Me Be The Last To Know" (Hex Hector Club Mix Edit) Robert Lange, Keith Scott, Shania Twain Hex Hector 8:15
Duração total:
54:03

Charts[editar | editar código-fonte]

Chart (2006) Posição
Belgium Albums Chart[11] 9
U.S. Billboard 200[9] 34
U.S. Billboard Dance/Electronic Albums[9] 4

Créditos do álbum[editar | editar código-fonte]

  • Masterização: Chaz Harper
  • Gerenciamento: Dan Dymtrow
  • Design: Jackie Murphy
  • Fotografia: Anthony Carlucci

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e Vineyard, Jennifer. "Surprise: Britney's Releasing An Album In Just Two Weeks", MTV, MTV Networks, 2010-04-17. Página visitada em 2005-11-08.
  2. Reporter, Billboard. "Britney, Junkie XL Team Up On Remix Disc", Billboard, Nielsen Company, 2005-09-28. Página visitada em 2010-01-04.
  3. Staff, RCA. "Britney Spears. Chaotic - DVD out October 31st", RCA/Jive Label Group, Sony Music Entertainment, 2005-10-18. Página visitada em 2010-01-04.
  4. Kirton, Kurt. "Britney Spears - B In the Mix (The Remixes)", About.com, The New York Times Company, 2010-04-17. Página visitada em 2005.
  5. Walters, Barry. (2005-11-28). "Rolling Stone : B In The Mix, The Remixes [Deluxe Version] : Review". Jann Wenner. ISSN 0035-791X.
  6. Erlewine, Stephen Thomas. "allmusic ((( B in the Mix: The Remixes > Overview )))", Allmusic, Rovi Corporation, 2010-04-17. Página visitada em 2005.
  7. Shapiro, Gregg. "Movers and shakers", Bay Area Reporter, Benro Enterprises, Inc., 2010-04-17. Página visitada em 2006-02-02.
  8. Jenison, David (2005-11-30). System "Hypnotizes" Charts. Yahoo! Music. Yahoo!. Página visitada em 2010-05-09.
  9. a b c B in the Mix: The Remixes - Britney Spears. Billboard. Nielsen Company (2005). Página visitada em 2010-05-01.
  10. Trust, Gary (2010-02-26). Ask Billboard: Alternative's Slow Rides. Billboard. Nielsen Company. Página visitada em 2010-05-01.
  11. a b Britney Spears - B in the Mix: The Remixes (album). Ultratop. Hung Medien. Página visitada em 2010-05-01.
  12. Britney Spears - Key Cuts from Remixed (song). Ultratop. Hung Medien (2005). Página visitada em 2010-04-17.
  13. Staff report, MTV News. "For The Record: Quick News On Britney Spears, Christina Aguilera, Young Buck, Lindsay Lohan, 50 Cent & More", MTV, MTV Networks, 2005-11-10. Página visitada em 2005-11-08.
  14. Staff report, MTV News. "For The Record: Quick News On Christina Aguilera, Britney Spears, John Legend, 50 Cent, Harry Potter, Korn & More", MTV, MTV Networks, 2005-11-14. Página visitada em 2005-11-08.
  15. Britney Spears - And Then We Kiss (Junkie XL Remix). Discogs. Página visitada em 2010-01-04.
  16. Britney Spears - And Then We Kiss (Junkie XL Remixes). Discogs. Página visitada em 2010-01-04.
  17. United States iTunes bonus. iTunes. Página visitada em 18 de Abril de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]