Elmer Fudd

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Elmer Fudd PT / Hortelino Troca-Letras BR
Personagem de Looney Tunes
Elmer Fudd em 1943
Nome original Elmer Fudd
Nascimento 1940
Origem  Estados Unidos
Sexo Masculino
Espécie Humano
Cabelo Não tem
Olhos Negros
Características Costuma trocar o "R" pelo "L"; possui risada característica
Actividade(s) Caçador
Inimigo(s) Pernalonga
Patolino
Dubladores brasileiros Hortelino: Carlos Marques (anos 80-presente)
Marcelo Torreão Fernando Mendonça
Criado por Egghead: Tex Avery
Hortelino: Chuck Jones
Voz Egghead: Joe Penner
Hortelino: Arthur Q. Bryan (1940-1959)
Dave Barry (1958)
Hal Smith (1960–1961)
Mel Blanc (1972–1989)
Jeff Bergman (1990–1992)
Greg Burson em Tiny Toons (1990-1993)
Billy West (1996-presente)
Primeira aparição Egghead: Egghead Rides Again (1937)
Hortelino: Elmer's Candid Camera (1940)
IMDb IMDb
Projecto Banda desenhada  · Portal Cinema
Portal Televisão

Elmer Fudd (no Brasil, Hortelino Troca-Letras) é um dos personagens mais famosos dos desenhos animados Looney Tunes. A maioria das suas aparições é caçando o coelho Pernalonga e/ou o pato Patolino. Como é de costume nos desenhos animados, ele nunca consegue pegá-los.

Seu nome no Brasil se deve ao fato de trocar as letras quando fala, principalmente o R pelo L.

Um outro fato a ser observado é quando ele diz a palavra coelho. Dependendo do seu dublador, ele pode pronunciar de duas maneiras. Nos episódios em que Hortelino é dublado por Carlos Marques (o seu primeiro dublador na Herbert Richers), ele fala "coelo", mas, nos episódios em que Carlos Marques foi substituído por Marcelo Torreão, Hortelino fala "toelho" (o termo "toelho" também foi usado algumas vezes em dublagens da Cinecastro). Isso na verdade foi apenas uma adaptação da dublagem no Brasil, pois o Hortelino não tem razões para falar "coelho" errado, pelo fato de que ele só não consegue falar palavras com a letra R, diferente da versão em inglês em que coelho é escrito com R, e ele fala: "Wabbit" no lugar de: "Rabbit". Os termos: "coelo" e "toelho", foram criados apenas para manter o mesmo tom cômico que há na versão em inglês, quando Hortelino fala "Wabbit".

Elmer Fudd gordo[editar | editar código-fonte]

Durante um curto período, entre 1941 e 1942, o design de Elmer Fudd foi modificado para um homem bem gordo. Ele apareceu assim em cinco desenhos animados: "Wabbit Twouble", "The Wacky Wabbit", "The Wabbit Who Came to Supper", "Any Bonds Today?" e "Fresh Hare" Ele passou a ser desenhado assim, com a ideia de deixa-lo mais parecido com o seu dublador original Arthur Q. Bryan (que mais tarde seria substituído por Mel Blanc), acabaram transformando Hortelino em quase que uma caricatura de Arthur Q. Bryan. No entanto, as pessoas não aceitaram muito bem um Hortelino gordo, e nos próximos desenhos ele retornou a sua forma antiga: baixinho e de cabeça bem grande.

Neste período também houve uma mudança temporária no relacionamento de Elmer Fudd com Pernalonga. Em vez de ser o caçador, Hortelino passou a ser a vítima de Pernalonga, sempre sendo atormentado por ele sem nenhum motivo.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.