GRES Unidos de Vila Isabel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vila Isabel
Fundação 4 de abril de 1946 (68 anos)
Cores

Azul-claro

Branco
Símbolo Coroa
Bairro Vila Isabel
Presidente Elizabeth Aquino (Beta)
Presidente de honra Martinho da Vila
Carnavalesco Max Lopes
Intérprete oficial Gilsinho[1]
Diretor de carnaval Tavinho Novello
Diretor de harmonia Décio Bastos
Diretor de bateria Mestre Wallan
Rainha da bateria Sabrina Sato[2]
Mestre-sala e porta-bandeira Diego Machado e Natália
Coreógrafo Jaime Arôxa
Desfile de 2015
Enredo O maestro brasileiro está na terra de Noel, a partitura é azul e branco, da nossa Vila Isabel
Horário 15 de Fevereiro
Entre 23h10 e 23h44
www.gresunidosdevilaisabel.com.br

Grêmio Recreativo e Escola de Samba Unidos de Vila Isabel é uma escola de samba carioca. Atualmente está sediada no Boulevard 28 de setembro, em Vila Isabel.[3]

Foi campeã do Grupo Especial do Carnaval em 1988[4] , 2006[5] e 2013.

A Vila Isabel possui uma quadra moderna, sendo a segunda maior quadra entre todas as escolas de samba do Rio de Janeiro, só fica atrás apenas da quadra da Mocidade Independente que tem 33 mil metros quadrados. A quadra da Vila tem capacidade para 11.000 pessoas em 4.000 metros quadrados de área construída, seu palco tem 300 metros quadrados. Há camarotes luxuosos que são frequentados por ricos, famosos e diretores da escola. No local costumam ocorrer shows de grandes artistas e bandas pertencentes ao projeto "Casa de Bamba".

Em seu brasão há a coroa da Princesa Isabel, aonde figuram na parte de cima um resplendor com uma fita azul aonde se encontram as iniciais da agremiação (GRESUVI), e na parte de baixo, se vêem uma clave de sol, um pandeiro e a pena de Noel Rosa

História[editar | editar código-fonte]

O futebol está ligado à fundação da Unidos de Vila Isabel, pois existia no bairro, em 1945, um bloco conhecido como Vermelho e Branco. O afastamento de alguns componentes resultou na criação de um time de futebol com as cores azul e branco, posteriormente transformado em um novo bloco carnavalesco. Antônio Fernandes da Silveira, o "China", registrou a sociedade na União Geral das Escolas de Samba, fundando, assim, no dia 4 de abril de 1946, a escola.

A casa de "China", primeiro presidente da escola, serviu até 1958 como sede administrativa da agremiação. Os ensaios eram realizados no Campo do Andaraí. O primeiro enredo da Vila, De Escrava a Rainha, contou com apenas 100 componentes desfilando na Praça Onze: 27 ritmistas, 13 baianas e mais 50 pessoas. Paulo Brazão, um dos fundadores da escola, foi um dos maiores ganhadores de samba-enredo da Vila Isabel, em 1960, a escola ficou em primeiro lugar no Grupo 3, com o enredo Poeta dos Escravos.

Uma das figuras mais conhecidas da escola é, sem dúvida, Martinho da Vila. Sua entrada na agremiação aconteceu em 1965: ele fazia parte da Escola de Samba Aprendizes da Boca do Mato e já estava partindo para o Império Serrano, quando surgiu o convite para integrar a ala de compositores da Vila Isabel. Na nova escola, Martinho reestruturou a forma de compor samba-enredos, com a introdução de letras e melodias mais suaves, emplacando 4 sambas consecutivamente. No carnaval de 1967, Martinho da Vila compôs Carnaval de Ilusões, em 1968 Quatro Séculos de Modas e Costumes, em 1969, Iaiá do Cais Dourado e em 1970, Glórias Gaúchas.

Em 1979, a Vila saiu vitoriosa do Grupo 1B, com um enredo feito por Yêdda Pinheiro, falando sobre Os dourados anos de Carlos Machado. Foi a primeira vez que uma escola homenageou um vulto da cultura ainda vivo. Hoje é lugar comum, mas esta foi a primeira vez em que isto foi feito.

No grupo especial, a Vila Isabel conquistou apenas seu primeiro campeonato, em 1988,desfile do samba-enredo Kizomba, a festa da raça. O desfile marcou a passarela do samba, por abusar de materiais alternativos, como a palha e sisal, e pela garra dos componentes da escola. Para muitos que conhecem bem os desfiles de escolas, este talvez tenha sido o melhor desfile de que se há notícia. Infelizmente, devido a um grave temporal, que deixou a cidade do Rio de Janeiro em estado de calamidade pública, o Desfile das Campeãs não foi realizado.

Após a vitória de 1988, a escola ainda conseguiu uma boa colocação com Direito é Direito, em 1989 (4º lugar), nesse ano, foi marcante a comissão de frente formada por mulheres grávidas. Mas na década de 1990, a escola alternou entre a 7ª e a 12ª colocação. Em 2000, no entanto, a Vila Isabel ficou na 13ª colocação, descendo para o Grupo de Acesso A. Em 2002, com um enredo sobre Nilton Santos a Vila deixou de subir ao Grupo Especial por engano de um julgador, que trocou a nota 10 que seria dada à Vila por uma nota menor, que seria dada à União da Ilha. Com isso, a Acadêmicos de Santa Cruz, sagrou-se campeã.

Em 2004, com um enredo sobre a cidade de Paraty, a Vila retorna ao especial, sagrando-se campeã do Grupo de Acesso[6] . Em 2005 tendo Joãosinho Trinta à frente, que vítima de um derrame cerebral não pode continuar os trabalhos a Vila trouxe um enredo sobre navios[7] que lhe deu a 10ª colocação.

Depois de ficar anos sem quadra de ensaios, Ruça, presidenta da escola, conseguiu que a escola municipal Equador, que fica no Boulevard 28 de Setembro com a rua Rocha Fragoso, cedesse a sua quadra de esportes. Atualmente a escola possui uma quadra de ensaios localizada na Boulevard, na outrora estação final dos bondes, onde era o parque de estacionamento do Detran e garagem da antiga CTC.

Em 2006, a Vila Isabel levou para a avenida o enredo "Soy loco por ti América - A vila canta a latinidade", do carnavalesco Alexandre Louzada[8] e conseguiu seu segundo título, depois de muito sofrimento na apuração. Com um contagiante refrão, o samba-enredo da Vila Isabel foi um dos que mais fizeram as arquibancadas cantarem e, curiosamente, foi o que determinou o título[9] . A empresa PDVSA, estatal petrolífera da Venezuela, financiou o carnaval da Vila Isabel com uma doação de R$ 900 mil. Entretanto, segundo reportagem do "Jornal do Brasil" de 3 de março de 2006, autoridades venezuelanas estão investigando o patrocínio e seu verdadeiro valor, pois há versões de que o montante ficou entre US$ 450 mil e US$ 2 milhões. O matutino venezuelano Reporte noticiou em sua capa que mais de 500 pessoas viajaram ao Rio de Janeiro com todas as despesas pagas pela PDVSA para animar o desfile da Vila Isabel. Em 2007, com enredo falando sobre as Metamorfoses[10] , de Cid Carvalho, que estreava carreira-solo, termina na 6ª posição.

No carnaval de 2008, falando sobre os Trabalhadores do Brasil, a Vila vem com um desfile rico e visualmente perfeito. No entanto, um erro de manobra do 8º último carro prejudica a escola de Noel, mas não tiraram o brilho da nova rainha de bateria (Natália Guimarães) que arrasou na avenida[11] [12] [13]

No carnaval de 2009, a Vila falou sobre o centenário do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com o enredo "Neste Palco da Folia, Minha Vila Anuncia: Theatro Municipal, a Centenária Maravilha"[14] [15] , de autoria do carnavalesco Alex de Souza, que em parceria com o polêmico Paulo Barros[16] , terminou na 4º colocação.

No carnaval de 2010, a Vila falou sobre o centenário de Noel Rosa, com o enredo "Noel: a presença do poeta da Vila"[17] , do carnavalesco Alex de Souza. Para este carnaval, contou com um samba composto por Martinho da Vila, o que não acontecia desde 1993, além das estreias de Mestre Átila, como diretor de bateria e Gracyanne, como rainha[18] . No entanto, a escola que lutava por mais um título, terminou na mesma colocação do ano anterior.

Meses após o carnaval, seu presidente na época, Wilson Vieira Alves (mais conhecido como "Moisés"), foi preso durante a Operação Alvará, após ser acusado de liderar a máfia ligada a exploração de caça-níqueis em Niterói e São Gonçalo[19] . Com sua prisão, assumiu interinamente a direção da escola seu filho Wilsinho, que acumulava também o cargo de superintendente.

No Carnaval de 2011, a Vila fala sobre cabelo, desenvolvido pela carnavalesca Rosa Magalhães, alcançando apenas o quarto lugar. Nesse mesmo ano o presidente Wilsinho é reeleito para comandar a agremiação.

No Carnaval de 2012, Vila Isabel foi a última escola a desfilar no primeiro dia, com o sol bastante claro na Sapucaí levou o enredo "Você Sembo Lá... Que Eu Sambo Cá - O Canto Livre de Angola"[20] , sobre Angola[21] num desfile que marcou a escola e fazendo ela ficar em terceiro lugar.

No Carnaval de 2013, a escola homenageou o agricultor com o enredo "A Vila canta o Brasil, celeiro do mundo - Água no feijão que chegou mais um".

A Escola recebeu patrocínio de aproximadamente 10 milhões de reais da empresa alemã BASF, uma das maiores fabricantes de agrotóxicos do mundo.[22] [23]

O desfile da Vila Isabel foi o último do segundo dia de desfiles. A Vila Isabel era considerada por muitos, tanto público quanto especialistas, uma das favoritas, juntamente com a Beija-Flor, Unidos da Tijuca de Paulo Barros e Salgueiro. No dia da apuração, porém, a Vila se sobressaiu sobre as demais escolas e conseguiu seu terceiro título no Grupo Especial, consagrando assim o melhor samba de 2013 composto por André Diniz, Arlindo Cruz, Martinho da Vila, Tunico e Leonel[24]

A parceria de sucesso com a empresa BASF foi mantida para o carnaval de 2014, quando a agremiação falará novamente sobre o campo.[25] . depois do título, a escola perdeu o intérprete Tinga e o casal de mestre-sala e porta bandeira Julinho e Ruth. além da carnavalesca Rosa Magalhães[26] [27] . trazendo Gilsinho, como novo cantor[28] . o casal Marquinhos e Giovanna[29] além do retorno do carnavalesco Cid Carvalho[30] falando sobre os Biomas e Foclore brasileiro[31] .

Ainda meses depois, mais uma baixa. dessa vez foi Mestre Paulinho que após dois anos, deixou o comando de bateria, que passa a ser comandada por Wallan[32] . e na madrugada do dia 9 de dezembro, a escola escolheu seu samba para o carnaval de 2014, que mais uma vez deu a parceria de André Diniz, Evandro Bocão, Professor Wladimir, Arlindo Cruz e Artur das Ferragens[33] . que derrotou outro samba, visto como favorito na escola, de: Tunico da Vila, Pedro Luís, Suzana Pires e Thales Nunes[34] .

Em novembro, o carnavalesco responsável por assinar o desfile de 2014 da escola, Cid Carvalho, pediu demissão por falta de pagamento. A agremiação anunciou que uma comissão de carnaval com profissionais da casa irá tocar o carnaval de 2014.[35] [36] [37] . meses depois, Cid foi reintegrado novamente como carnavalesco da escola[38] . O que se refletiu em seu desfile, onde se faltou organização e problemas financeiros, com diversas alas sem fantasias. estando com cara de que brigaria pra não cair. o que na apuração, fez com que ficasse na 10º colocação[39] . gerando revolta no mundo do samba, devido se ter recebido notas diferentes de que se viu no desfile.

Meses depois, após a escola ter uma divida imensa, o então presidente Wilsinho assim como o seu pai, Moises que concorreria novamente a presidente não concorreram. fazendo assim que com o apoio de Capitão Guimarães Elizabeth Aquino seja aclamada como presidente[40] .

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Antonio Fernandes da Silveira "Seu China" 1946 a 1959 [41]
Rodolpho de Souza 1959 a 1961 [41]
José Lima Filho 1961 a 1963 [41]
David Corrêa 1963 a 1965 [41]
Cornélio Cappelletti 1965 a 1966 [41]
Waldemir Garcia "Miro" 1966 a 1968 [41]
Duclerc Dias 1968 a 1970 [41]
Djalma Pereira Victorio 1970 a 1972 [41]
Esclepildes Maria Cordeiro 1972 a 1974 [41]
Cornélio Cappelletti 1974 a 1976 [41]
Djalma Pereira Victorio 1976 a 1978 [41]
Paulo Gomes de Aquino 1978 a 1980 [41]
Orlando Alves Pereira 1980 a 1981 [41]
Dr. Waltencir Coelho 1981 a 1982 [41]
Ailton Guimarães Jorge "Capitão Guimarães" 1983 a 1987 [41]
Lícia Maria Maciel Caniné "Ruça" 1987 a 1990 [41]
Olício Alves dos Santos 1990 a 1993 [41]
Valter Lopes de Carvalho 1993 a 1996 [41]
Olício Alves dos Santos 1996 a 2002 [41]
Evandro Luiz do Nascimento "Bocão" 2002 a 2005 [41]
Wilson Vieira Alves "Moisés" 2006 a 2011 [41]
Wilson da Silva Alves (Wilsinho) 2012-maio de 2014 [41]
Elizabeth Aquino "Beta" maio de 2014-atualidade

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de Harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Comissão de Carnaval
(Wilsinho-Décio Bastos-Evandro Bocão
Júlio Cerqueira-Júnior Schall-Tavinho Novello)
Décio Bastos Mestre Wallan [42]
2015 Tavinho Novello Décio Bastos Mestre Wallan

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Jaime Arôxa
2015 Jaime Arôxa

Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Marquinhos e Giovanna [43]
2015 Diego Machado e Natália

Rainhas de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
20052007 Adriana Perett [44]
20082009 Natália Guimarães [45] [46]
2010 Gracyanne Barbosa [18]
2011 – Atualmente Sabrina Sato [2]

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Unidos de Vila Isabel
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref.
1947 12º lugar 1 Escrava rainha Miguel Moura [47] [48]
1948 Não desfilou [49] [48]
1949 8º lugar UGESB Iracema Miguel Moura [50] [48]
1950 9º lugar UGESB Baía da Guanabara Miguel Moura [51] [48]
1951 Não desfilou
1952 Julgamento anulado Fé, Esperança e Caridade Miguel Moura [48]
1953 e 1954 Não desfilou
1955 11ºlugar 2 Obras da natureza Comissão de Carnaval
(Antônio Fernandes, Seu China e Djalma Fernandes)
[48]
1956 Vice-campeã 2 Três épocas Gabriel Pena [48]
1957 16ºlugar 1 O grande baile da Ilha Fiscal Miguel Moura [48]
1958 5ºlugar 2 Riquezas do Brasil Gabriel do Nascimento [48]
1959 12ºlugar 2 Saldanha da Gama Gabriel do Nascimento [48]
1960 Campeã 3 Poeta dos Escravos Gabriel do Nascimento [48]
1961 4ºlugar 2 A imprensa através dos tempos Gabriel do Nascimento [48]
1962 8ºlugar 2 D. João VI Gabriel do Nascimento [48]
1963 4ºlugar 2 Três fatos históricos Gabriel do Nascimento [48]
1964 3ºlugar 2 Exaltação à Bahia Gabriel do Nascimento [48]
1965 Vice-campeã 2 Epopéia do Teatro Municipal Gabriel do Nascimento [48]
1966 4ºlugar 1 Três acontecimentos históricos Gabriel do Nascimento e Dario Trindade [48]
1967 4ºlugar 1 Carnaval das ilusões
Compositores:Martinho da Vila e Gemeu.
Gabriel do Nascimento e Dario Trindade [48]
1968 8ºlugar 1 Quatro séculos de modas e costumes
Compositores:Martinho da Vila.
Augusto Gonçalves e Walter Tomé [48]
1969 5ºlugar 1 Yá-Yá do Cais Dourado
Compositores:Martinho da Vila e Rodolpho.
Augusto Gonçalves e Walter Tomé [48]
1970 5ºlugar 1 Glórias Gaúchas
Compositores:Martinho da Vila.
Comissão de Carnaval
(Castelo Branco, José Ribamar, Iomar Soares)
[48]
1971 5ºlugar 1 Ouro mascavo
Compositores:Jonas, Arroz e Djalma.
Iomar Soares e a Turma da Praça Sete [48]
1972 6ºlugar 1 Onde o Brasil Aprendeu a Liberdade
Compositores:Martinho da Vila.
Djalma Victorio e Soares e Souza [48]
1973 8ºlugar 1 Zodíaco no samba
Compositores:Paulo Brazão e Irany S. Silva.
Gabriel do Nascimento e Dario Trindade [48]
1974 10ºlugar 1 Aruanã-Açu
Compositores:Paulinho da Vila, Rodolpho.
Yarema Ostrog [48]
1975 6ºlugar 1 Quatro séculos de paixão
Compositores:Tião Graúna e Arroz.
Flávio Rangel [48]
1976 6ºlugar 1 Invenção de Orfeu
Compositores:Rodolpho, Paulo Brazão e Irani.
Geraldo Sobreira e Flávio Rangel [48]
1977 5ºlugar 1 Ai que saudade que eu tenho
Compositores:Dida, Gemeu e Rodolpho.
Arlindo Rodrigues e Luiz da Silva Ferreira [48]
1978 8ºlugar 1 Dique, um mar de amor
Compositores:Jarbas, Garganta de Ferro, Boanezio e Augusto Messias.
Departamento Cultural [48]
1979 Campeã 1B Os dourados anos de Carlos Machado
Compositores:Autores: Jonas, Rodolpho, Tião Grande e Luiz Carlos
Comissão de Carnaval
(Yêdda Pinheiro, Fernando Costa e Syílvio Cunha)
[48]
1980 Vice-campeã 1A Sonho de um Sonho
Compositores:Martinho da Vila, Rodolpho e Graúna.
Fernando Costa e Syílvio Cunha [48]
1981 9ºlugar 1A Dos jardins do Éden, à era de Aquarius
Compositores:Jonas, Lino Roberto e Tião Grande.
Syílvio Cunha [48]
1982 10ºlugar 1A Noel Rosa e os poetas da Vila nas batalhas do Boulevard
Compositores:J. Albertino.
Viriato Ferreira [48]
1983 9ºlugar 1A Os imortais
Compositores:Rodolpho, David da Vila, Jonas e Jorge King.
Fernando Costa [48]
1984 5ºlugar 1A Para tudo se acabar na quarta-feira
Compositores:Martinho da Vila.
Fernando Costa Gera [48]
1985 3ºlugar 1A Parece que foi ontem Max Lopes Gera [48]
1986 11ºlugar 1A De alegria cantei, de alegria pulei, de três em três pelo mundo rodei
Compositores:David Corrêa, J. Macedo, Tião Grande.
Max Lopes Gera [48]
1987 5ºlugar 1 Raízes
Compositores:Martinho da Vila, Ovídio Bessa e Azo.
Max Lopes Gera [48]
1988 Campeã 1 Kizomba, a festa da raça
Compositores:Rodolpho, Jonas e Luiz Carlos da Vila.
Comissão de Carnaval
(Milton Siqueira, Paulo César Cardoso e Ilvamar Magalhães)
Gera [52] [53] [54] [55] [4]
1989 4ºlugar 1 Direito é Direito
Compositores:Jorge King, Serginho Tonelada, Fernando Partideiro, Zé Antonio e J.C. Couto.
Comissão de Carnaval
(Paulo César Cardoso, Orlando Pereira e Ilvamar Magalhães)
Gera [48]
1990 12ºlugar Especial Se esta terra, se esta terra fosse minha
Compositores:Jorge Tropical, Jorginho Pereira, Anninha Guedes, Antônio Grande e Vilani Silva "Bom Bril".
Ilvamar Magalhães Gera [56]
1991 11ºlugar Especial Luiz Peixoto: E tome polca!
Compositores:Adil, Celsinho, Jorge Secretário e Helinho.
Ilvamar Magalhães Gera [57]
1992 12ºlugar Especial A Vila vê o ovo e põe as claras
Compositores:Sidney Sã, Miro Jr, Carlinhos da Vila, Claudinho do Orvalho e Arturzinho Só.
Gil Ricon Gera [58]
1993 8ºlugar Especial Gbala - Viagem ao templo da criação
Compositores:Martinho da Vila.
Oswaldo Jardim Gera [48]
1994 9ºlugar Especial Muito prazer! Isabel de Bragança e Drummond Rosa da Silva, mas pode me chamar de Vila
Compositores:Vilani Silva "Bombril", Evandro Bocão, André Diniz.
Oswaldo Jardim Gera e Jorge Tropical [59]
1995 9ºlugar Especial Cara e coroa, as duas faces da moeda
Compositores:Evandro Bocão, André Diniz.
Max Lopes Gera e Jorge Tropical [60]
1996 7ºlugar Especial A heróica cavalgada de um povo
Compositores:Tião Grande e Cafu Ouro Preto.
Max Lopes Gera e Jorge Tropical [48]
1997 9ºlugar Especial Não deixe o samba morrer
Compositores:J. C. Couto.
Jorge Freitas Gera e Jorge Tropical [61]
1998 12ºlugar Especial Lágrimas, suor e conquistas no mundo em transformação
Compositores:David da Vila, Sérgio Freitas e Helinho, Mascote.
Jorge Freitas Gera e Jorge Tropical [62]
1999 11ºlugar Especial João Pessoa, onde o sol brilha mais cedo
Compositores:Evandro Bocão, Serginho "20" e Tito.
Jorge Freitas e João Luís de Moura Gera e Jorge Tropical [63]
2000 13ºlugar Especial Academia indígena de letras - Eu sou índio, eu também sou imortal
Compositores:Evandro Bocão, Serginho "20", Tito, Leonel e Ivan da Wandal.
Oswaldo Jardim Jorge Tropical [64]
2001 4ºlugar Acesso A Estado maravilhoso cheio de encantos mil
Compositores:Claudinho, Miguel Bedê, Jejê do Caminho e Haroldo Filho.
Comissão de Carnaval
(Ricardo Pavão, Rachid, Márcia Braga, Martinho da Vila e Jorge Caribé)
Jorge Tropical [65]
2002 2ºlugar Acesso A O glorioso Nilton Santos... Sua bola, sua vida, nossa Vila...
Compositores:Leonel, Serginho 20, Si, Leno Dias e Ivan da Wanda.
João Luís de Moura Jorge Tropical [66]
2003 3°lugar Acesso A Oscar Niemeyer, o arquiteto no recanto da princesa
Compositores:Jorge Tropical
Jorge Freitas Jorge Tropical e Tinga [67]
2004 Campeã Acesso A A Vila é Para Ti...
Compositores:Leonel, Serginho 20, Sidney Sã, Professor Niltão, André Diniz
João Luís de Moura Tinga [68] [6]
2005 10ºlugar Especial Singrando os mares e construindo o futuro
Compositores:André Diniz, Serginho 20, Prof. Newtão, Sidney Sã e Miguel BD
Joãosinho Trinta e Wany Araújo Tinga [69] [7] [70]
2006 Campeã Especial Soy loco por tí, América: A Vila canta a latinidade
Compositores:André Diniz, Serginho 20, Carlinhos do Peixe e Carlinhos Petisco
Alexandre Louzada Tinga [71] [9] [5]
2007 6ºlugar Especial Metamorfoses: do reino natural à corte popular do carnaval - as transformações da vida
Compositores:Evandro Bocão, André Diniz, Serginho 20, Carlinhos Petisco e Prof. Wladimir
Cid Carvalho Tinga [72] [73] [74]
2008 9ºlugar Especial Trabalhadores do Brasil
Compositores:André Diniz, Evandro Bocão, Carlinhos Petisco, Pinguim, Professor Vladimir, Dedé Aguiar, Eduardo Katata, Dinny, Miro Jr. e Carlinhos do Peixe
Alex de Souza Tinga [75] [11] [12]
2009 4ºlugar Especial Neste palco da folia, minha Vila anuncia: Theatro Municipal, a centenária maravilha
Compositores:André Diniz, Serginho 20, Artur das Ferragens e Leonel
Alex de Souza e Paulo Barros Tinga [76] [14] [15] [16]
2010 4ºlugar Especial Noel: a presença do poeta da Vila
Compositores:Martinho da Vila
Alex de Souza Tinga [77] [17]
2011 4ºlugar Especial Mitos e histórias entrelaçadas pelos fios de cabelo
Compositores:Andre Diniz, Leonel, Prof. Wladimir, Arthur das Ferragens e Pinguim
Rosa Magalhães Tinga [78]
2012 3º lugar Especial Você semba lá .... Que eu sambo cá! O canto livre de Angola Rosa Magalhães Tinga [79]
2013 Campeã Especial A Vila canta o Brasil, celeiro do mundo - Água no feijão que chegou mais um Rosa Magalhães Tinga [24] [23] [80]
2014 10ºlugar Especial Retratos de um Brasil plural Cid Carvalho Gilsinho [81]
2015 Especial O Maestro Brasileiro está na terra de Noel, a partitura é azul e branco, da nossa Vila Isabel Max Lopes Gilsinho [82] [83] [84]

Títulos e premiações[editar | editar código-fonte]

Estandartes de Ouro[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre GRES Unidos de Vila Isabel
Categoria Anos Ref.
Escola 1987, 1988 e 2012 [85]
Samba-enredo 1980, 1984, 1988, 1993, 1994 e 2013 [86] [87]
Bateria 1977, 1980 e 1988 [88]
Mestre-sala 1992, 1997, 2007, 2009, 2010, 2011 e 2012 [89]
Porta-bandeira 1997, 2010 e 2012 [90]
Comissão de frente 1989 e 2009 [91]
Destaque feminino
Esta categoria foi extinta em 1986
1972, 1974 e 1981 [92]
Destaque masculino
Esta categoria foi extinta em 1986
1980 [93]
Ala 1980, 1984, 1990 e 2001 [94]
Fantasia
Esta categoria foi extinta em 1975.
1972 e 1973 [95]
Personalidade 1978, 1980, 1998, 2000, 2009 e 2012 [96]
Revelação 1977 [97]
Passista feminino 1998, 2000, 2005 e 2013 [98] [87]
Passista masculino 1983, 1994 e 1999 [99]
Ala de baianas 1985 e 2012 [100]
Samba-Enredo: Série A 2003 [101]

S@mba-Net[editar | editar código-fonte]

Categoria Anos Ref.
Melhor Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira 2001 [102]
Melhor Conjunto Alegórico 2002 [103]
Melhor Samba Enredo 2003 [104]
Melhor Desfile 2004 [105]
Melhor Ala de Baianas 2004 [105]

Estrela do Carnaval[editar | editar código-fonte]

Categoria Anos Ref.
Melhor Carnavalesco 2008 [106]
Melhor Conjunto de Fantasias 2008 2011 [106] [107]
Melhor Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira 2009 2012 [108]
Melhor Comissão de Frente 2009 [108] [109]
Passista Feminino 2010 [110]
Desfile do Ano 2013 [111]
Ala de Baianas 2013 [111]

Estrela do Carnaval[editar | editar código-fonte]

Categoria Anos Ref.
Beleza de Mensagem 2010 [112]
Escola da Alegria 2009 2010 [113] [112]
Show de Abertura 2007 2009 2012 [114] [113] [115]
Musa 2008 [116]
Roda, Baiana 2011 [117]
Eu Sou o Samba 2010 2012 [118] [115]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SIMAS, Luiz Antônio; FABATO, Fábio; FARIAS, Julio Cesar; NATAL, Vinícius. As Titias da Folia: o Brilho Maduro das Escolas de Samba de Alta Idade. Rio de Janeiro: Editora Editora Nova Terra, 2014[119] .

Referências

  1. O Dia na Folia (29.03.2013). Gilsinho deve ser anunciado como novo intérprete da Vila, diz site. 17:09. Página visitada em 29.03.2013.
  2. a b Terra (14.10.2010). Sabrina Sato é coroada rainha de bateria da Vila Isabel. Página visitada em 21.11.2010.
  3. Samba Rio Carnaval. Vila Isabel. Página visitada em 28/10/2010.
  4. a b Academia do Samba. Grupo de acesso 1987. Página visitada em 31/10/2013.
  5. a b Academia do Samba. Grupo de acesso 1987. Página visitada em 31/10/2013.
  6. a b Folha Online (25/02/2004). Vila Isabel é a campeã do Grupo de Acesso do Carnaval do Rio. 19h25. Página visitada em 28/10/2013.
  7. a b UOL (07/02/2005). Vila Isabel encerra o primeiro dia de desfiles no Carnaval do Rio. 07h02. Página visitada em 28/10/2013.
  8. UOL (27/02/2006). Vila Isabel empolga ao exaltar latinidade em desfile no Rio. 6h40. Página visitada em 05/11/2013.
  9. a b UOL (01/03/2006). Vila Isabel é campeã do Carnaval do Rio de Janeiro. 17h13. Página visitada em 28/10/2013.
  10. Estadão (19/02/2007). Unidos de Vila Isabel encerra desfiles na Marquês de Sapucaí. 4:28. Página visitada em 28/10/2013.
  11. a b G1 (05/02/2008). Trabalhador brasileiro invade Sapucaí no desfile da Vila Isabel. 01h56. Página visitada em 28/10/2013.
  12. a b G1 (05/02/2008). Vila Isabel coloca seus integrantes para trabalhar na avenida. 02h32. Página visitada em 28/10/2013.
  13. Folha Online (05/02/2008). Trabalhadores invadem desfile da Vila Isabel na Sapucaí. 2h42. Página visitada em 28/10/2013.
  14. a b UOL (23/02/2009). Vila Isabel agrada com homenagem ao Theatro Municipal. 2h39. Página visitada em 28/10/2013.
  15. a b Folha (23/02/2009). Com muito luxo, Vila Isabel apresenta peças de teatro e ópera na Sapucaí. 1h35. Página visitada em 28/10/2013.
  16. a b Estadão (05/02/2009). 'Desfile virou uma mesmice', diz carnavalesco da Vila Isabel. 0:26. Página visitada em 28/10/2013.
  17. a b Vila Isabel relembra o poeta Noel Rosa em ano de centenário. 4h15 (06/02/2010). Página visitada em 28/10/2013.
  18. a b SRZD-Carnaval (29/08/2009). Gracyanne Barbosa é coroada rainha de bateria da Vila Isabel para o carnaval. 4h37. Página visitada em 28/10/2013.
  19. O Dia (06.05.10). MPF denuncia presidente da Vila Isabel e outros 43 investigados na Operação Alvará. Página visitada em 16.10.2010.
  20. G1 (20/02/2012). Vila Isabel faz tributo a Martinho e canta origens angolanas do samba. 7h09. Página visitada em 28/10/2013.
  21. Angola é tema da Vila Isabel. 8:30 (20/02/2012). Página visitada em 28/10/2013.
  22. BASF patrocina desfile da Unidos de Vila Isabel (em Português) (25.07.12). Página visitada em 13.02.2013.
  23. a b Rodrigo Coutinho (6 de julho de 2012). Vila faz festa para comemorar patrocínio 'saudável' de seu enredo. Terminal - Carnavalesco. Página visitada em 6 de julho de 2012.
  24. a b G1 (13.02.13). Vila Isabel samba o 'caminho da roça' e é campeã do carnaval do Rio (em Português). Página visitada em 13.02.2013.
  25. Extra (14.02.13). Vila Isabel renova patrocínio e já prepara enredo também ligado ao campo para tentar o bi (em Português). Página visitada em 14.02.2013.
  26. O Dia (26.03.2013). Vila Isabel sofre debandada com as saídas de Rute, Julinho, Rosa Magalhães e Tinga. 1h21. Página visitada em 05.11.2013.
  27. O Globo (27.03.2013). Saída de profissionais da Vila Isabel movimenta escolas do Grupo Especial. Página visitada em 05.11.2013.
  28. O Dia na Folia (02.04.2013). Gilsinho é a nova voz da Vila Isabel: 'Darei o meu melhor'. 13h09. Página visitada em 02.04.2013.
  29. SRZD-Carnaval (01/04/2013). Ex-Tijuca, Marquinhos e Giovanna são o novo casal da Vila Isabel. 21h04. Página visitada em 05/11/2013.
  30. Extra (29/03/2013). Cid Carvalho é o novo carnavalesco da Vila Isabel. 23:47. Página visitada em 05/11/2013.
  31. O Dia (12/06/2013). Cid Carvalho revela detalhes do enredo da Vila Isabel. 22:52:37. Página visitada em 05/11/2013.
  32. O Dia na Folia (28/09/2013). Vila confirma saída de Paulinho e oficializa Wallan no comando da bateria. 19:29:51. Página visitada em 28/09/2013.
  33. Carnavalesco (13/10/2013). Após ser tricampeã na disputa de samba na Vila, diz que parceria vai dar uma parada. 5:48. Página visitada em 15/10/2013.
  34. Rodney de Figueiredo (09/10/2013). Vila Isabel definiu a ordem das apresentações na final de samba-enredo. Página visitada em 05/11/2013.
  35. Leonardo bruno (14/11/2013). Vila terá Comissão de Carnaval em 2014; Cid Carvalho diz que escola tem dívidas. Página visitada em 14/11/2013.
  36. Galeria do Samba (14/11/2013). Sem carnavalesco, enredo da Vila Isabel será desenvolvido por uma comissão de carnaval. 17:09. Página visitada em 14/11/2013.
  37. Carnavalesco (14/11/2013). Vila Isabel perde carnavalesco Cid Carvalho por falta de pagamento. 10:38. Página visitada em 14/11/2013.
  38. Carnavalesco (07/01/2014). Cid Carvalho está de volta a Unidos de Vila Isabel. 15:32. Página visitada em 07/01/2014.
  39. EGO (05/03/2014). Sem Sabrina Sato, Vila Isabel é vaiada na apuração. Página visitada em 06/03/2014.
  40. Galeria do Samba. Wilsinho Alves renunciará hoje ao cargo de presidente da Unidos de Vila Isabel. Página visitada em 15/04/2014.
  41. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v Academia do Samba. Diretoria. Página visitada em 26/05/2013.
  42. Ex-Tijuca, Marquinhos e Giovanna são o novo casal da Vila Isabel. SRZD - Carnaval/RJ (1 de abril de 2013). Página visitada em 1 de abril de 2013.
  43. Ex-Tijuca, Marquinhos e Giovanna são o novo casal da Vila Isabel. SRZD - Carnaval/RJ (1 de abril de 2013). Página visitada em 1 de abril de 2013.
  44. Babado (01/03/2006). Arriba! Adriana Perret é a Rainha campeã do carnaval pela Vila Isabel. 18:10. Página visitada em 28/10/2013.
  45. Terra (27/10/2007). Miss Natália Guimarães é coroada rainha de bateria no Rio. 10h51. Página visitada em 28/10/2013.
  46. Miss Natália Guimarães samba à frente da bateria da Vila Isabel. Terra. Página visitada em 04/11/2013. Cópia arquivada em 10/01/2008.
  47. Academia do Samba. 1947 (em Português). Página visitada em 28/10/2010.
  48. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao Academia do Samba. Vila Isabel - Desfiles e Enredos. Página visitada em 28/10/2013.
  49. Academia do Samba. 1948 (em Português). Página visitada em 02/11/2010.
  50. Academia do Samba. 1949 (em Português). Página visitada em 02/11/2010.
  51. Academia do Samba. 1950 (em Português). Página visitada em 02/11/2010.
  52. Academia do Samba. Kizomba 1988 Quem viu, viu. Quem não viu não verá jamais!. Página visitada em 28/10/2013.
  53. Vila 1988. Página visitada em 28/10/2013.
  54. O Dia na Folia (22.01.2013). Vila Isabel: 'Kizomba' completa bodas de prata e será revivido. Página visitada em 28.10.2013.
  55. Louise Peres, para o VEJA Rio (19/02/2012). Dez sambas-enredo inesquecíveis. Página visitada em 29/10/2013.
  56. Vila 1990. Página visitada em 28/10/2013.
  57. Vila 1991. Página visitada em 28/10/2013.
  58. Vila 1992. Página visitada em 28/10/2013.
  59. Vila 1994. Página visitada em 28/10/2013.
  60. Vila 1995. Página visitada em 28/10/2013.
  61. Vila 1997. Página visitada em 28/10/2013.
  62. Vila 1998. Página visitada em 28/10/2013.
  63. Vila 1999. Página visitada em 28/10/2013.
  64. Vila 2000. Página visitada em 28/10/2013.
  65. Vila 2001. Página visitada em 28/10/2013.
  66. Vila 2002. Página visitada em 28/10/2013.
  67. Vila 2003. Página visitada em 28/10/2013.
  68. Vila 2004. Página visitada em 28/10/2013.
  69. Vila 2005. Página visitada em 28/10/2013.
  70. Terra. Sem Trinta, Vila Isabel falou da navegação. Página visitada em 04/11/2013. Cópia arquivada em 08/03/2005.
  71. Vila 2006. Página visitada em 28/10/2013.
  72. Vila 2007. Página visitada em 28/10/2013.
  73. Terra (19/02/2007). Vila Isabel busca bi e destaca transformações do planeta. Página visitada em 04/11/2013.
  74. G1 (12/01/2007). VILA ISABEL PROMETE METAMORFOSES NAS ALEGORIAS. 17h07. Página visitada em 05/11/2013.
  75. Vila 2008. Página visitada em 28/10/2013.
  76. Vila 2009. Página visitada em 28/10/2013.
  77. Vila 2010. Página visitada em 28/10/2013.
  78. Vila 2011. Página visitada em 28/10/2013.
  79. Vila 2012. Página visitada em 28/10/2013.
  80. Vila 2013. Página visitada em 28/10/2013.
  81. G1 (04/03/2014). Vila Isabel tenta bi com 'Brasil plural', mas desfila com fantasias inacabadas. 01h23.
  82. O Dia (25/05/2014). Em noite de gala, Vila apresenta nova equipe e enredo sobre Karabtchevsky. 16h47.
  83. SRZD-Carnaval (25/05/2014). Vídeo: na posse de Beta, Vila Isabel oficializa enredo para 2015. 04h31.
  84. Portal do Samba - RJ (24/05/2014). Em noite de festa vila faz anúncio de enredo. Clique e Conheça!.
  85. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Melhor Escola. Página visitada em 07/11/2013.
  86. Academia do Samba. título=Estandarte de Ouro - Melhor Samba Enredo. Página visitada em 07/11/2013.
  87. a b G1 (28/02/2013). O Globo entrega Estandarte de Ouro aos melhores do carnaval do Rio. 10h26. Página visitada em 14/11/2013.
  88. Academia do Samba. título=Estandarte de Ouro - Melhor Bateria. Página visitada em 07/11/2013.
  89. Academia do Samba. título=Estandarte de Ouro - Melhor Mestre Sala. Página visitada em 07/11/2013.
  90. Academia do Samba. título=Estandarte de Ouro - Melhor Porta Bandeira. Página visitada em 07/11/2013.
  91. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Melhor Comissão de Frente. Página visitada em 10/11/2013.
  92. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Destaque Feminino. Página visitada em 10/11/2013.
  93. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Destaque Masculino. Página visitada em 10/11/2013.
  94. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Melhor Ala. Página visitada em 10/11/2013.
  95. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Melhor Fantasia. Página visitada em 10/11/2013.
  96. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Personalidade. Página visitada em 10/11/2013.
  97. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Revelação. Página visitada em 10/11/2013.
  98. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Melhor Passista Feminino. Página visitada em 10/11/2013.
  99. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Melhor Passista Masculino. Página visitada em 10/11/2013.
  100. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Melhor Ala de Baianas. Página visitada em 10/11/2013.
  101. Academia do Samba. Estandarte de Ouro - Melhor Samba Enredo (Série A). Página visitada em 10/11/2013.
  102. Academia do Samba. S@mba-Net 2001. Página visitada em 14/11/2013.
  103. Academia do Samba. S@mba-Net 2002. Página visitada em 14/11/2013.
  104. Academia do Samba. S@mba-Net 2003. Página visitada em 14/11/2013.
  105. a b Academia do Samba. S@mba-Net 2004. Página visitada em 14/11/2013.
  106. a b Academia do Samba. Estrela do Carnaval 2008. Página visitada em 14/11/2013.
  107. Academia do Samba. Estrela do Carnaval 2011. Página visitada em 14/11/2013.
  108. a b Academia do Samba. Estrela do Carnaval 2012. Página visitada em 14/11/2013.
  109. Academia do Samba. Estrela do Carnaval 2009. Página visitada em 14/11/2013.
  110. Academia do Samba. Estrela do Carnaval 2010. Página visitada em 14/11/2013.
  111. a b Vila Isabel ganha ESTRELA DO CARNAVAL 2013 como Desfile do Ano do Grupo Especial. 17:17 (12/02/2013). Página visitada em 14/11/2013.
  112. a b Academia do Samba. Tamborim de Ouro 2010. Página visitada em 17/11/2013.
  113. a b Academia do Samba. Tamborim de Ouro 2009. Página visitada em 17/11/2013.
  114. Academia do Samba. Tamborim de Ouro 2007. Página visitada em 17/11/2013.
  115. a b Academia do Samba. Tamborim de Ouro 2012. Página visitada em 17/11/2013.
  116. Academia do Samba. Tamborim de Ouro 2008. Página visitada em 17/11/2013.
  117. Academia do Samba. Tamborim de Ouro 2011. Página visitada em 17/11/2013.
  118. Academia do Samba. Tamborim de Ouro 2010. Página visitada em 17/11/2013.
  119. Galeria do Samba (23/01/2014). "As Titias da Folia": livro com histórias de quatro escolas de samba será lançado em 4 de fevereiro. 17:51. Página visitada em 28/12/2013.