M3 Lee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde junho de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «M3 Lee» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (junho de 2014)
M3 Lee
M3grantmini.jpg
M3 Lee Fort Knox junho de 1942
Tipo Carro de combate Médio
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Utilizadores  Estados Unidos
 Austrália
 Brasil
 Canadá
 Reino Unido
 Nova Zelândia
 União Soviética
Guerras Segunda Guerra Mundial
Histórico de produção
Período de
produção
agosto de 1941 até dezembro de 1942
Quantidade
produzida
6,258
Especificações
Peso 27 t (59 500 lb)
Comprimento 5,64 m (19 ft)
Largura 2,72 m (8,9 ft)
Altura 3,12 m (10 ft)
Blindagem do veículo 51 mm (2,0 in)
Armamento
primário
Um M2/M3 de 75 mm no chassi de 46 tiros
Um canhão M3 de 37 mm na torre de 178 tiros
Armamento
secundário
Três a quatro metralhadoras Browning M1919A4 de cal. .30-60 com 9,200 tiros
Motor Motor Wright (Continental) R975 EC2
340 hp (254 000 W) - 400 hp (298 000 W)
Transmissão Synchromesh, 5 velocidades à frente e uma à ré
Suspensão Molas verticais
Passagem de
vau
1,02 m (3,35 ft)[nota 1]
Obstáculo vertical 0,61 m (2,00 ft)[nota 1]
Fosso 2,3 m (7,55 ft)[nota 1]
Capacidade de combustível 662 litros
Alcance
Operacional
193 km (120 mi)
Velocidade 42 km/h (26,1 mph) na estrada e
26 km/h (16,2 mph) fora de estrada

O tanque M3 Lee foi um tanque médio da Segunda Guerra Mundial de uso dos Estados Unidos da América, da Austrália, do Brasil, do Canadá, da Nova Zelândia, do Reino Unido e da União Soviética.

Foi vitoriosamente utilizado nas campanhas do norte da África, sua arma principal era um canhão de 57 mm, e a secundária um canhão de 37 mm, sua vantagem principal era a agilidade, sua carência era a blindagem ridícula e a ausência de uma arma de 75 mm, logo se tornou obsoleto em frente aos formidáveis tanques alemães.

Variantes[editar | editar código-fonte]

As variantes deste carro de combate estão divididas pela nomenclatura utilizada por seus utilizadores, pois os britânicos que foram os primeiros utilizadores, faziam confusão com os nomes dados pelos estadunidenses, por exemplo o M3 Stuart, o M3 Scout Car, a M3 37mm peça de artilharia e a M3 submetralhadora.

Variantes estadunidenses[editar | editar código-fonte]

  • M3 (Lee I/Grant I).
    • Blindagem rebitada, torre de perfil alto, motor a gasolina; 4.724 construídos.
  • M3A1 (Lee II).
    • Aspecto do casco superior arredondado; 300 construídos.
  • M3A2 (Lee III).
    • Soldado com bordas afiadas no casco; apenas 12 produzidos.
  • M3A3 (Lee IV/Lee V).
    • Motor duplo GM 6-71 a diesel, variante do casco soldado. Portas laterais soldadas ou eliminadas; 322 produzidos.
  • M3A4 (Lee VI).
    • Casco rebitado alongado, motor Chrysler A-57 Multibank de 470hp @ 2700rpm; 109 produzidos.
  • M3A5 (Grant II).
    • Motor duplo GM 6-71 a diesel, variante do casco soldado M3. Apesar de ter a torre original do Lee e não uma do Grant, foi enviado aos britânicos como Grant II; 591 produzidos.
  • M31 Veículo Recuperador de Tanques (Grant ARV I).
    • Baseado no chassis do M3, com torre principal e secundária de 75mm falsas, guinco instalado para 27 000 kg (60 000 lb).
  • M31B1 Veículo Recuperador de Tanque.
    • Baseado no M3A3.
  • M31B2 Veículo Recuperador de Tanque.
    • Baseado no M3A5.
  • M33 Prime Mover.
    • M31 veículo recuperador de tanque convertido em trator de artilharia, torre e guincho removidos; 109 produzidos entre 1943-44.
  • Canhão de 105mm autopropelido M7 (Priest)
    • Canhão 105mm M1/M2 instalado em uma superestrutura aberta.
    • Versão desarmada foi um POM (posto de observação móvel).
  • Canhão de 155mm autopropelido M12.
    • Designado como T-6. Um canhão de 155mm no chassis de um M3.

Variantes britânicas[editar | editar código-fonte]

  • Grant ARV.
    • Grant I e II com armas removidas e trocadas por equipamentos de recuperação de veículos.
  • Grant Comando.
    • Grant equipado com uma mesa de mapas e rádios extras, armas removidas ou trocadas por falsas.
  • Grant Scorpion III.
    • Grant com canhão de 75mm removido, e equipado com o sistema Scorpion III, uma especie de malho de correntes para desativação de minas, poucos feitos no início de 1943 para uso no norte da África.
  • Grant Scorpion IV.
    • Grant Scorpion III com incremento de motor para o malho de correntes do sistema Scorpion III.
  • Grant CDL (Canal Defense Light).
    • Grant com o canhão de 37mm substituído por uma torre contendo uma poderoso holofote e uma metralhadora; 355 produzidos pelos estadunidenses com melhorias, e designados Shop Tractor T10.

Variantes australianas[editar | editar código-fonte]

  • Grant BARV (Veículo Blindado de Recuperação de Praia).
    • Um simples Grant M3A5 convertido para BARV.
  • Yeramba Artilharia Autopropulsada.
    • Armamento australiano de 25 quilos (25pdr.) autopropelido; 13 produzidos em 1949 no chassis do M3A5 em uma conversão muito similar ao canadense Sexton.

Designs baseados no chassis[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. a b c Especificações do M3 Lee I (em ) wwiivehicles.com

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Veículos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.