Quipá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Torah2.jpg
Este artigo é parte da série sobre
religiosidade judaica
Nascimento

Brit milá | Zeved habat
Nome hebraico | Pidyon Haben

Maturidade

Upsherin | B'nai Mitzvá
Bençãos | 613 Mitzvot

Casamento

Shiduch | Nidá | Mikvá
Ketubá | Chupá
Tzeniut | Guet

Itens religiosos

Tzitzit | Talit | Tefilin | Quipá
Menorá | Peiot | Sidur
Mezuzá | Shofar

Morte

Chevra kadisha | Shivá
Kadish | Yizkor

Ver também
Série Judaísmo

O quipá1 (em hebraico כיפה, kipá, "cobertura") são os chapéus utilizado pelos judeus tanto como símbolo da religião como símbolo de "temor a Deus".

Quipá de crochet, o símbolo da ortodoxia moderna e do sionismo religioso
Rabino Sabbetai Djaen com cartola como quipá
Rabino David de sola Pool com capelo
Grão-rabino Shlomo Amar com turbante

Justificação ideológica[editar | editar código-fonte]

O Talmude enfatiza a necessidade de se ter sempre o temor a Deus sobre a cabeça[carece de fontes?]. A maioria dos judeus utiliza o quipá apenas em ocasiões solenes e de devoção, enquanto alguns utilizam-no o dia inteiro, ilustrando a necessidade de se temer a Deus em todos os momentos da vida. Seu uso é usualmente associado ao reconhecimento da superioridade divina sobre o ser humano, sendo o símbolo de humildade perante o criador e de submissão à sua vontade.2

Nos ramos ortodoxos somente homens usam chapéus como o solidéu, ainda que nos tempos modernos ramificações não-ortodoxas do judaísmo permitam que as mulheres também o utilizem. Mulheres geralmente usam véus e alguns ramos hassídicos requer que as mulheres raspem a cabeça e usem perucas.3

O uso de coberturas para a cabeça não era visto como obrigação religiosa (haláquica) até o século XVI. 4

Variedades[editar | editar código-fonte]

O uso de xales (Talit) nos serviços é antigo, utilizado para cobrir a cabeça em determinados momentos litúrgicos. Há variedades de estilos de chapéus masculinos para o uso religioso, embora no século XX o uso de solidéu tornou-se popular como quipá.


Referências

  1. Substantivo de dois gêneros, podendo portanto ser também a quipá. Ver Dicionário Houaiss, verbete "quipá".
  2. Sara E. Karesh, Mitchell M. Hurvitz, ed. Encyclopedia of Judaism, p. 273
  3. Bonnie G. Smith(2008)The Oxford encyclopedia of women in world historyVolume 1, p. 245. Oxford.
  4. Bonnie G. Smith(2008)The Oxford encyclopedia of women in world historyVolume 1, p. 245. Oxford.